Início » Computador » Os planos da Compaq para voltar a crescer no Brasil

Os planos da Compaq para voltar a crescer no Brasil

A Compaq está de volta ao Brasil pelas mãos da GlobalK. Mas não é como antes: o foco agora são computadores de baixo custo.

Emerson Alecrim Por

Se você for comprar um notebook hoje, talvez encontre um modelo da Compaq pelo caminho. Sim, estou falando daquela marca de computadores que outrora ocupava lugar de destaque nas prateleiras e anúncios de jornais. A Compaq voltou ao Brasil em 2015 e tem planos ambiciosos para a região, mas é bom saber desde já: não é nada como antes. O foco da marca está em equipamentos de baixo custo.

A Compaq foi fundada nos anos 1980 para fazer frente à IBM no então promissor segmento de PCs. Deu certo. Ao longo dos anos seguintes, a companhia conquistou outros mercados além dos Estados Unidos e lançou alguns equipamentos memoráveis.

Compaq Armada 13

Compaq Armada 13

No Brasil, lembro bem que, no final dos anos 1990 e início dos anos 2000, os PCs "monobloco" da Compaq eram objetos de desejo. Muita gente — inclusive este que vos escreve — recorria a computadores montados em lojas porque desktops "de marca" costumavam ser caros e eram equipados com componentes proprietários, dificultando upgrades ou reparos. Mesmo assim a Compaq vendia bem.

Em 2002, a HP incorporou a Compaq. O negócio foi um tanto conturbado, com autoridades reguladoras questionando alguns aspectos do acordo e acionistas temendo prejuízos por conta da forma confusa com a qual o processo conduzido.

De fato, parece não ter sido mesmo um grande negócio. Ainda que a HP tenha conseguido ampliar a sua participação no segmento de PCs com a compra, a marca Compaq foi aos poucos perdendo força. Em 2013, a produção de computadores com o selo Compaq foi descontinuada nos Estados Unidos e em vários outros países.

Presario 4410, um dos monoblocos da Compaq

Presario 4410, um dos monoblocos da Compaq

Como marca, a Compaq só não morreu de vez porque a HP passou a licenciá-la. É neste ponto que chegamos ao retorno da Compaq ao Brasil: em 2014, uma empresa de nome GlobalK (fundada no mesmo ano) fechou um acordo com a HP para comercializar computadores com a marca por aqui.

Em 2015, já era possível encontrar laptops Compaq no varejo brasileiro, com destaque para o Presario CQ-23, modelo de 14 polegadas que é comercializado até hoje com preço inicial na casa dos R$ 1.300. Trata-se de um equipamento de entrada, baseado em um processador Intel Celeron.

Há modelos com mais recursos, como o CQ-21, que oferece processador Intel Core i3 e tela de 14 polegadas por cerca de R$ 1.600. Mas a gente não deve esperar nada muito avançado: a GlobalK faz questão de deixar claro que a sua principal estratégia é apostar em computadores de baixo custo. Talvez a empresa mude de planos algum dia, mas, por ora, não vamos encontrar um notebook Compaq com processador Core i7, por exemplo.

Compaq Armada 13

Compaq Armada 13

Eu disse a Camilo Stefanelli, CEO da GlobalK, que achei essa estratégia estranha. Mas ele me explicou que colocar computadores parrudos no mercado é fácil. Difícil é conseguir bons volumes de vendas com esses equipamentos. A intenção da companhia é obter receita com máquinas que custam pouco, mas vendem muito.

Não é preciso ser analista de mercado para encontrar lógica aí: computadores poderosos enchem os olhos, mas o que sustenta mesmo esse mercado no Brasil são máquinas de custo baixo ou intermediário.

Compaq CQ-21

Compaq CQ-21

Todos os modelos da Compaq são produzidos na unidade da Flextronics em Sorocaba, interior de São Paulo. Tudo é feito com base nos critérios estabelecidos pela HP, segundo Stefanelli. Por mês, saem 10 mil computadores da marca de lá. A ideia é dobrar esse número até o final do ano. Para isso, a GlobalK pretende lançar dois novos notebooks a partir de julho.

O primeiro é o Compaq Armada 13, que terá tela de 13 polegadas, processador Core i5 de sétima geração, 4 GB de RAM, HD de 500 GB e, opcionalmente, SSD de 32 GB. O modelo deve ter preço inicial de R$ 1.999. Já o segundo será o Compaq Presario CQ-17, que terá especificações parecidas, mas trabalhará com processador Celeron e preços a partir de R$ 1.299.

Tem um desktop compacto na jogada também, o Compaq Presario CQ-14. O equipamento pode ser equipado com chip Celeron, Core i3 ou Core i5, e tem preço inicial de R$ 1.299. Mas, a princípio, esse modelo será vendido apenas a empresas e organizações governamentais.

A GlobalK também inaugurou a SincPlace, outlet sustentável localizado em Sorocaba. A loja deve ganhar uma versão online até agosto.

A GlobalK também inaugurou a SincPlace, outlet sustentável localizado em Sorocaba. A loja deve ganhar uma versão online até agosto.

É interessante como a GlobalK buscou uma estratégia pé no chão: além de se focar no segmento de computadores básicos e intermediários, a companhia decidiu não oferecer uma quantidade muito grande de modelos, o que a permite otimizar os custos de desenvolvimento e produção.

Considerando a realidade do nosso mercado, é uma abordagem que pode mesmo dar certo. Eu só torço para que os preços convidativos dos computadores Compaq não se traduzam em produtos de má qualidade ou serviços de pós-venda ruins, problemas que, como você sabe, são crônicos no Brasil.

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hexa Campeão
Essa empresa GlobalK foi criada para vender Compaq só no Brasil ou em outros países também?
João Silva
Essa foi a minha primeira e única experiência com a COMPAQ/GlobalK, aliás meu erro foi confiar numa marca que era excelente e achei que estava realmente comprando um COMPAQ VERDADEIRO, depois dessa decepção fui pesquisar e vi que os computadores COMPAQ não existem mais. Essa GlobalK conseguiu a licença para produzir computadores de baixo custo com a marca COMPAQ em 2015. Ou seja, a qualidade é péssima, o produto não dura nem uma ano. Para quem não sabe eis aqui a história dessa empresa https://tecnoblog.net/21194...No final da matéria o autor conclui : Considerando a realidade do nosso mercado, é uma abordagem que pode mesmo dar certo. Eu só torço para que os preços convidativos dos computadores Compaq não se traduzam em produtos de má qualidade ou serviços de pós-venda ruins, problemas que, como você sabe, são crônicos no Brasil.Parabéns GlobalK !!! Desse jeito vocês iram longe !!!
Luis Felipe
Estou para comprar esse note cq21 ele é bom mano?
Américo
Meu primeiro computador foi um Compaq Presario modelo 5000, comprado em 2001 (o da foto). Era um Celeron (mas foi o que deu pra comprar na época) e tenho ele até hoje funcionando. Uso para alguns jogos antigos e backup de coisas importantes. Tento deixar ele original, mas não dá.É triste ver o que aconteceu com a Compaq após 2002 com essa fusão bizarra. A HP estava realmente decidida a "matar" a marca mais cedo ou mais tarde, vendo isso já nos modelos 6000 e 8000 que, mesmo com logotipo Compaq, já traziam a "estética" HP. No final, mesmo com a HP ganhando espaço no mercado de computadores, não atingiu o objetivo que definiu após a fusão, que era ultrapassar a Dell e se transformar a "primeira" - coisa que nunca foi, se compararmos HP com Compaq.Tento imaginar como seria se a Compaq ainda disputasse com as gigantes do mercado como antigamente. Resta só saudosismo e boas máquinas que fizeram parte do passado.https://uploads.disquscdn.c...
Américo Dos Santos Oliveira
Meu primeiro computador foi um Compaq Presario modelo 5000, comprado em 2001 (o da foto). Era um Celeron (mas foi o que deu pra comprar na época) e tenho ele até hoje funcionando. Uso para alguns jogos antigos e backup de coisas importantes. Tento deixar ele original, mas não dá.

É triste ver o que aconteceu com a Compaq após 2002 com essa fusão bizarra. A HP estava realmente decidida a "matar" a marca mais cedo ou mais tarde, vendo isso já nos modelos 6000 e 8000 que, mesmo com logotipo Compaq, já traziam a "estética" HP. No final, mesmo com a HP ganhando espaço no mercado de computadores, não atingiu o objetivo que definiu após a fusão, que era ultrapassar a Dell e se transformar a "primeira" - coisa que nunca foi, se compararmos HP com Compaq.

Tento imaginar como seria se a Compaq ainda disputasse com as gigantes do mercado como antigamente. Resta só saudosismo e boas máquinas que fizeram parte do passado.



https://uploads.disquscdn.com/images/2d2592fd49562e280f2e1c982b111c6cb526f73424fbb88d34dfed9968020895.jpg
Patrick Adriano
Oi, tudo bom? Estou querendo comprar esse Notebook, o que você achou? Atende às suas espectativas?
Antonio Junior
Comprei um CQ21 por 1399. Preciso só pra uns filmes e uns trabalhos da faculdade. Nada mt exigente. Vcs acham que foi uma boa? Foi o que pude pagar. Não quis um positivo ou samsung celeron dual core q eram os unicos deste preço.
Rafael Pecd
A quem interessar, hoje 05/06/17 começou uma promo no site da HP. Note Compaq I3 5 geração, 4GB, HD 500 por R$ 1300,00
Zé Wanderer
k6 2 hehehehe. meu primeiro pc tinha esse processador. sdds
Andre Guilhon
Você não ganhou o dedão Bottini de qualidade!
Esse já é mais recente... Depois da Vivi sair do casa e conforto, o Takeshi do programa de informática e ter ficado o assistente dele que eu não lembro o nome, ter acabado os programas de férias nos Club Med da vida...
Sim, eu era viciado em Shoptime! hahahah
Andre Guilhon
Eu tive um MSX. Lá em 198e guaraná com rolha.
:O
Felipe Silva
Essa coisa de dizer que Celeron é ruim é relativo, se pegar um Celeron de ultima geração ele vai ganhar de um i3 de primeira geração (ainda uso um notebook com i3 de primeira geração e ele me atende).
Claro que ele vai ficar defasado bem mais rápido que um i3, mas a questão é saber por quanto tempo tu quer que esse PC dure e quanto está afim de investir nele, muitas vezes trocar de computador em 2-3 anos vale mais a pena do que comprar um parrudo agora e usar por muito tempo.

Só acho um defeito grave dessa geração de notebooks é não substituírem esse HD de 500GB por um SSD de 120GB, incrível a diferença que um SSD faz até em maquinas fracas.
Diogo Mendes
onde que essa configuração por 2mil vai vender como água? pq n vendem com linux para baratear ainda mais o note?
Abra
saudosistas... rsrsTive um, que não me recordo o nome, que só rodava o .dos eu ficava todo felizão só digitando e aparecia no monitor acoplado...
Abraão Pereira de Sousa
saudosistas... rsrs

Tive um, que não me recordo o nome, que só rodava o .dos eu ficava todo felizão só digitando e aparecia no monitor acoplado...
Tiago Celestino
Pois é. Inclusive, as pessoas estão mais ligadas nisso, não faz sentido fazer um computador de entrada, entregando tão pouco.
Racer
Win 3.11....aquele monte de disquetes para instalar...isto em 1995. Depois eu comprei um Pentium e nesta já usei o Win95.
Racer
O mesmo que eu tive: 486 DX4-100, mas comprei novo.
Hugo Vinícius
E o IBM Aptiva que o Carlos Takeshi vendia? Aquilo era outro sonho!
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Hahaha 😆 😂 antes fosse! Minhas fotos de perfil no Face podem mostrar que não sou tão mais novo assim https://facebook.com/jack.s...
Jack Silsan
Hahaha ? ? antes fosse! Minhas fotos de perfil no Face podem mostrar que não sou tão mais novo assim https://facebook.com/jack.silsan
Hugo Vinícius
Caraca, toda vez que via seu avatar eu pensava que vc era adolescente.
Hugo Vinícius
Aposto que fez curso na Data Control!

Eu fiz um curso de DOS, Windows, Animator e Aldus (!) PageMaker. Com 9 anos de idade, imagine a bosta de nota que tirei no PageMaker, hehe.

Mudando de assunto, eu ainda me lembro de uma briga homérica que eu tive com o meu irmão por causa de uma Sound Blaster 8 bits...
angourakis
hahah deve ter sido uma época bem bacana =P

Me lembro que alguém me disse que tinha um monte de arquivos na pasta windows que não serviam para nada (icones brancos com a bandeirinha do windows no meio).
Eu acreditei e comecei a apagar todos eles, principalmente porque o espaço que dispunha era bem reservado (o HD era um Caviar de 853 mb).

Em resumo: o Windows 95 não bootou mais. Precisou reinstalar tudo!

Depois de um tempo, quando aumentei a ram pra 32 mb, instalei o Windows 98 e assim foi por um bom tempo. Devo confessar que foi uma das melhores épocas =)

Mesmo com um PC velho (na época já tinha coisa bem melhor), nunca vi meu 486 travar! Já o Celeron que veio após...
CtbaBr©
É incrível a Intel ainda manter o Celeron!Ele foi criado como uma segunda linha, para competir com o K6, e depois com o Duron, que eram bem mais baratos!Numa linha de produção, a diferença no custo de fabricação de um Pentium e um Celeron deve ser minima!
Henrique Queirós
Nova pra mim, ja que desconhecia
CtbaBr
É incrível a Intel ainda manter o Celeron!
Ele foi criado como uma segunda linha, para competir com o K6, e depois com o Duron, que eram bem mais baratos!
Numa linha de produção, a diferença no custo de fabricação de um Pentium e um Celeron deve ser minima!
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Já imaginei círculos com rostinhos no topo do site do Tecnoblog
Jack Silsan
Já imaginei círculos com rostinhos no topo do site do Tecnoblog
Fabio Alvez
Do meu primeiro computador, um Compaq Presario tirado em consórcio no Ponto Frio, só restaram as maravilhosas caixas de som da JBL, que funcionam perfeitamente até hoje!
Lucas Soares Silva
Não consigo aceitar que um Notebook de Entrada com um processador CELERON hoje ta custando 1300 reais. NUNCA na minha vida eu pago isso!
Ligeiro
A primeira vez que mexi em um computador, que eu me lembre, foi em um 286 de um colega de escola. A primeira vez que tive um PC foi um 386 que era do trabalho do meu pai, que depois dei um jeito e transformei em 486 (e queimou o HD). :p

Invejo-lhe
💀GHOC💀
Celeron pra vender por 2k nas casas Bahia
GHOC
Celeron pra vender por 2k nas casas Bahia
John F. K. Holmes
Marca nova mano?
John F. K. Holmes
Noss... K6-2... Já tive essa bos%!, meu Pentium 200Mhz era muito melhor que essa tranqueira da AMD. Um K6-2 500Mhz com uma Riva TNT2, e ainda assim, uma bucha. Como passei raiva com o meu K6-2... Ai ai ai, AMD.
Ligeiro
Só queria entender o porque disto com as máquinas de processadores mais simples. E o porque das empresas insistirem em vender processadores assim, sendo que talvez sairia mais em conta produzir mais processadores bons para ganhar no volume
Ligeiro
A volta da compaq... perae, deixe-me ver o dia do calendário... err.. 1º de Abril... perae, deixe-me ler a matéria de novo... eita, é sério cara!
Gabriel Antonio
tecnostories KKKKKKKKKK
Flavio Toledo
Meu primeiro notebook foi Compaq com Linux Mandriva la em 2007 parcelado 12 suaves prestaçoes quebrava um galho para uso geral porem esquenta muito aposto dava ate frita ovo e pesado com quase 2kg.
Trovalds
Povo querendo falar sobre dinossauros... que ilusão. Meu primeiro computador foi esse da foto.

https://uploads.disquscdn.com/images/641cbad82b3afd308a50d94cb5de48a98ee5b1d1ced895809f1d52d25561ae72.jpg
Caleb Enyawbruce
Simples e objetivo: QUERO! Só pela nostalgia! :D
Ramon Gonzalez
Simples e objetivo: QUERO! Só pela nostalgia! :D
F. S.
Naquela época as pessoas eram separadas entre aquelas que sabiam executar o scandisk pelo DOS e as que não sabiam. Eu sabia e me achava expert mesmo não sabendo quase nada de informática. rs
Leon
Celeron em notebook é sacanagem pura. Os caras não sabem nem disfarçar.
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Ganhou 10 na prova de matemática lol
Jack Silsan
Ganhou 10 na prova de matemática lol
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Minha foto é bem atual e com zero tratamento. Não dá pra ver, mas eu tô cheio de cabelo branco. Logo logo farei cosplay de Mobilon lolImagino as brigas. Computador naquela época era o smartphone com joguinhos de hoje - meus filhos vivem se matando pelos aparelhos aqui em casa
Jack Silsan
Minha foto é bem atual e com zero tratamento. Não dá pra ver, mas eu tô cheio de cabelo branco. Logo logo farei cosplay de Mobilon lol
Imagino as brigas. Computador naquela época era o smartphone com joguinhos de hoje - meus filhos vivem se matando pelos aparelhos aqui em casa
Alberto Prado
Eu cheguei a ter um desses também, hahaha. Foi antes do Compaq. Isso já lá pelos idos de 1996/97. Mas ele só dava boot no DOS e lá só tinha um antivírus e um editor de texto. Tudo sem gráfico. O técnico que foi lá em casa disse que não tinha como coloca Windows nele por só ter 12MB de RAM e como eu não sabia nada x nada de computadores com 12 anos, a única coisa que eu ficava fazendo era fica scaneando o HD. Sad, sad... =/
angourakis
Vocês são novinhos hahha. Meu primeiro PC foi um 486DX4, comprado em leilão de banco.
PS: tenho 27 anos =P
Natthan Fruche Terzi
Na boa, Celeron não rola, se fosse pelo menos um pentium...
Emerson Alecrim
Pô, essa foto aí engana, haha. Eu comecei com cursinho de informática. Só depois disso é que a minha mãe comprou um PC para eu dividir com meus irmãos. As brigas não eram poucas.
emersonalecrim
Pô, essa foto aí engana, haha. Eu comecei com cursinho de informática. Só depois disso é que a minha mãe comprou um PC para eu dividir com meus irmãos. As brigas não eram poucas.
Emerson Alecrim
Ruim para eles não é, porque vende. Mas para o usuário...
emersonalecrim
Ruim para eles não é, porque vende. Mas para o usuário...
Henrique Queirós
Faz aniversário dia 7?
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Sou mais velho que você lol tenho 34 anos e 358 dias rsrsEu também comecei a mexer muito cedo em computadores, ainda na escola, mas tive zero apoio de familiares ao contrário de você (aparentemente). Minha mãe achava que era coisa de louco
Henrique Queirós
Então foi uma ideia ruim venderem com esse processador. Enfim, matéria genial, cara, amo quando me apresentam uma marca anova. Já vou cogitar compras, só não sei onde
Jack Silsan
Sou mais velho que você lol tenho 34 anos e 358 dias rsrs
Eu também comecei a mexer muito cedo em computadores, ainda na escola, mas tive zero apoio de familiares ao contrário de você (aparentemente). Minha mãe achava que era coisa de louco
Emerson Alecrim
Sinceramente, eu acho que não, mesmo para quem precisa do básico. Em questão de meses a máquina fica se arrastando.
emersonalecrim
Sinceramente, eu acho que não, mesmo para quem precisa do básico. Em questão de meses a máquina fica se arrastando.
Emerson Alecrim
Tenho 33 anos, cara.
emersonalecrim
Tenho 33 anos, cara.
Henrique Queirós
asuahsu olha a empolgação dele, aposto que ficou todo feliz. Podia ter pedido um modelo dos antigos de presente
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Caramba Emerson, cê é velho hein cara hahaha
Alberto Prado
Mas falando da Compaq de hoje. Eu gostaria que ela fosse mais do que ela foi no passado. Trazer coisa de qualidade com um preço justo. Não precisa realmente ter uma config ultra foda. Pq ela não faz parceria com a Edifier por exemplo, que tem um bom CxB, pra produzir falantes bons. Plásticos bons no produto, teclado que não vai solta as teclas quando for preciso limpa. Telas que não dão dead pixel, com represente corretamente as cores. Pode ser em resolução HD mesmo.
Jack Silsan
Caramba Emerson, cê é velho hein cara hahaha
Henrique Queirós
Vale a pena um processador Celeron?
Emerson Alecrim
Meodeos, as caixinhas penduradas, hahaha...
emersonalecrim
Meodeos, as caixinhas penduradas, hahaha...
Alberto Prado
Eu cheguei a ter um Compaq. Meu pai pegou de dívida, já usado. Eu adorava aquele computador. Era um pc muito competente.
Vinha com caixas de som da JBL e o desktop tinha saída de som pré amplificadas. Era um absurdo de som. O gráfico era integrado, mas já fazia minha felicidade. Modem 56K torando no 12 conectado a 51.2K no IG e baixando mp3 no Napster com Windows 98.
https://uploads.disquscdn.com/images/8557ee1e63a7b1c25929a2138c7ee6bfaed83155b32e59297c4dd168d2b893af.jpg
Roberto
Tinha um desses com duas caixas de som JBL ao lado do monitor. Essas caixas eram sensacionais!!! Até hoje são!!!
Alberto Prado
Exato. Eu que escrevi errado. hahaha.
Emerson Alecrim
Não, peraí. É Ciro Bottini, haha.
Emerson Alecrim
Sim! Eu tava tentando lembrar o nome desse cara, Ciro Boniti.
emersonalecrim
Não, peraí. É Ciro Bottini, haha.
emersonalecrim
Sim! Eu tava tentando lembrar o nome desse cara, Ciro Boniti.
Alberto Prado
Ei tb!!! Quem não se lembra do Ciro Boniti que ficava até ponta cabeça se fosse preciso pra vender!? Depois foi substituído pelo Takeshi (?!?).

Corrigindo: Bottini.
Emerson Alecrim
Eu lembro que vendiam um Presario no canal do Shoptime. Eu ficava babando, haha.
emersonalecrim
Eu lembro que vendiam um Presario no canal do Shoptime. Eu ficava babando, haha.
X-Tudãoᴳᴼᵀ
A primeira vez que mexi em um computador foi um conpaq presario com Windows 95, tinha até esquecido dessa marca.
Tom
A primeira vez que mexi em um computador foi um conpaq presario com Windows 95, tinha até esquecido dessa marca.