Há duas semanas, o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS) proibiu eletrônicos maiores que um smartphone na bagagem de mão para voos chegando de determinados países do Oriente Médio. Ou seja, leitores de ebooks, câmeras e principalmente notebooks precisam ser despachados porque o DHS entende que eles podem ser modificados para explodirem durante o voo.

No entanto, a Qatar Airways, companhia aérea estatal do Qatar, achou um jeito de conquistar os clientes com a proibição: passageiros de classe executiva em qualquer voo da Qatar partindo para os Estados Unidos poderão pegar emprestado um laptop da empresa para usar em todo o trajeto.

Antes de entrar no voo, a companhia aérea vai oferecer um pen drive para os consumidores transferirem os arquivos que precisam para trabalhar. Depois, os eletrônicos afetados pela proibição serão coletados, empacotados, etiquetados e despachados separadamente para o passageiro identificá-los de forma fácil ao pousar nos Estados Unidos.

Dentro da aeronave, os passageiros vão receber o laptop da Qatar e poderão usá-lo durante todo o voo, que em alguns trechos pode ter duração de 15 horas sem conexão ― imagina o tédio de ficar preso ao sistema de entretenimento a bordo ou à telinha do smartphone por todo esse tempo.

A Qatar também vai oferecer uma hora de Wi-Fi grátis para todos os passageiros e um pacote especial de US$ 5 para os viajantes usarem a rede sem fio durante todo o voo. Essas novidades já estão disponíveis em todos os voos da empresa para os EUA a partir desta semana.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Manoel Guedes
Existe tecnologia para o "bagageiro" do avião que lhe permite suporte pequenas explosões, infelizmente não é utlizado.
Flavionylsoon
Eles tem argumentos para fazerem isso, segurança é inteiramente pautada em probabilidades, então se existe 0,01% de chances de acontecer, o melhor é evitar em 100%.
NoobIsrael
Allahu Akbar
Caleb Enyawbruce

Não é a toa que é uma das melhores cias aéreas do mundo... Quem quer, oferece um bom serviço (ao invés de dar desculpas).

Ramon Gonzalez
Não é a toa que é uma das melhores cias aéreas do mundo... Quem quer, oferece um bom serviço (ao invés de dar desculpas).
Danilio Costa Silva
Oxi, aqui no Brasil o que mais se vê é decisão burra do governo, principalmente o quesito "vai o mais fácil".
David Diniz
EUA sempre resolvendo da maneira mais burra... Fodendo a vida de quem não tem nada com a História.
Baidu feat MC Brinquedo
Não li no texto que era obrigado. Usa quem quiser! E outra... Todas as empresas que levam a segurança da informação a sério nem usam porta USB, são todas bloqueadas.
Ricardo - Vaz Lobo
Legal, um executivo da empresa TopFuckerdasGaláxias Co. vai espetar um pendrive de trabalho num computador que pertence a uma empresa do governo? No thanks.
Henrique Queirós
Mesma coisa o argumento de quererem descriptografar Whats e outros mensageiros, como se isso fosse resolver. "Aaaa mas dificulta para ao terrorista..." Não amigo. facilita para o governo coletar informações do usuário.
Anayran Pinheiro
Ótimo, ao invés de explodir a cabine agora explodem o bagageiro. Plot twist: continuará sendo uma baita tragédia... Americanos...