Início » Brasil Legislação » Senado aprova criação de documento que unifica RG, CPF e título de eleitor

Senado aprova criação de documento que unifica RG, CPF e título de eleitor

Por
23 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Senado aprovou na noite desta terça-feira (11) o projeto de lei que cria um documento para unificar os números de RG, CPF e título de eleitor. O Documento de Identificação Nacional (DIN), como será chamado, vem sendo considerado há pelo menos 20 anos. Agora, para que a proposta finalmente seja aprovada, basta a sanção do presidente Michel Temer.

O projeto de lei da Câmara 19/2017 não define o formato do DIN, mas estabelece que ele conterá dados biométricos, foto do cidadão, RG, CPF, título de eleitor e um novo número, a Identificação Civil Nacional (ICN). Esse também é o nome da base que reúne as informações do cidadão e que será armazenada e gerida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Como o DIN vai reunir as informações de identificação do cidadão, não será mais preciso apresentar outros documentos para votar, por exemplo. No entanto, o texto do projeto de lei não prevê a inclusão e nem a substituição do número da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Registro de Identidade Civil (RIC), o documento unificado que ficou só na promessa

O documento será emitido pela Casa da Moeda e a primeira via será gratuita. Pelo texto, o DIN terá validade em todo o território nacional, eliminando um dos problemas do RG, que é gerenciado pelas unidades da federação. O TSE, responsável por administrar a ICN, também dará acesso à base de informações aos governos municipal, estadual e federal.

Com a proposta aprovada pelo Senado, o projeto de lei seguirá para sanção pelo presidente Michel Temer. Depois, será criado um comitê com integrantes do Executivo, Legislativo, Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e TSE para estabelecer os padrões de identificação biométrica, bem como as regras de formação do número da ICN. Agora vai?

Com informações: G1, O Globo.

  • Daniel Drumond

    “será criado um comitê (…) para estabelecer os padrões de
    identificação biométrica”

    O TSE já está coletando os dados, então parece que já definiu o padrão previamente. Todos que vão a cartórios eleitorais agora já precisam atualizar os dados com as informações que serão necessárias para o novo documento (ao menos na minha Zona Eleitoral está assim, e o servidor me disse que era por causa dessa implantação).

    A coleta dos dados fica a cargo dos TREs/cartórios eleitorais podendo em algumas regiões ser feita pelo Detran, segundo ele.

  • Henrique Queirós

    Finalmente. Agora faltam criam um tipo de assinatura digital.
    Amei a ideia, anos e anos mas finalmente conseguiram…

    • Daniel Drumond

      Pena não terem incluído a possibilidade de certificado digital no chip. Agora pra mudar, sabe se lá quando (ou nunca).

      • Concordo com você, mas por conter o chip, acredito ser mais fácil.

        Porém falando em Brasil, levamos 20 anos para chegar a este ponto, imagine quantos mais será necessário para integrar o certificado digital.

        • Daniel Drumond

          Bastaria estar na lei.

          Como falei na outra notícia, tecnologia para isso a Casa da Moeda tem. A pouco tempo atrás ela estava começando o projeto de uma Autoridade Certificadora lá dentro (não sei como está o projeto agora). Os certificados poderiam não só serem inseridos nos chips por ela, como também emitidos.

          O documento poderia ser gratuito mas para quem desejasse o certificado poderia ser feito o pagamento de uma taxa para tal.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Se for só uma possibilidade OK, mas não dá pra emitir certificado digital pra todo mundo, além disso o certificado tem dados que precisam ser atualizados às vezes, como endereço… por exemplo

      • Felipe Silva

        Se tem chip tem certificado digital, só se retirarem o chip da proposta.

        • Daniel Drumond

          Não necessariamente mano. O chip pode não conter certificado.

          • Felipe Silva

            O hardware tá ali, colocar um certificado é simples, mesmo que não venha por padrão no inicio, é simples solicitar um e colocar no chip.

  • Finalmente estão fazendo algo de útil.

    A numeração da CNH poderia estar ali tb e como parte disto será digital, a informação sobre validade poderia estar somente no sistema para consulta em caso de blitz e etc.

    Assim com um único cartão teria todas as informações e dispensaria diversos papeis na carteira.

    • Anti feminazi

      Mas ai toda blitz/carro de polícia teria que ter um equipamento para verificação, o que dificultaria.

      • gicapp

        ao menos na minha cidade (Porto Alegre) hoje já fazem validação ou por tablet/celular ou passam as informações por rádio e são validados na hora. Acho que isso não dificultaria.

        • Anti feminazi

          Está falando de Porto Alegre. Capital com infraestrutura. Dê uma olhada fora de sua cidade, onde nem existe carros de polícia por precariedade.

          • gicapp

            Se visse o sucateamento que tá isso aqui, o novo prefeito tá conseguindo dar um jeito, mas a gestão anterior quase faliu tudo. Pensa numa cidade do tamanho de Porto Alegre com menos de 20 viaturas e com 40 minutos de timing pra atendimento de ocorrências graves.

            O novo prefeito, com parcerias com a iniciativa privada, vai recuperar outros 90~100 carros (parece que 30 já foram entregues) que estavam parados por falta de manutenção.

            Acho que não é questão de infra só, é questão dos governantes quererem fazer da segurança pública algo efetivo. No caso citado, uma blitz, não consigo imaginar uma blitz de 1 policial só e sem backend, vai pedir reforço pra quem? É aí que me refiro…

          • Diego F. Duarte

            Caraio, Porto Alegre so tem 120 viaturas? C tem ctz?

            BH q e uma capital grande, mas nao mto maior q POA tem quase mil

          • gicapp

            Maioria tava parada, algumas há anos por falta de manutenção. Daí com a parceria com iniciativa privada, estão dando um jeito. Até as concessionárias aqui entraram no apoio.

            Achei essa reportagem que dá uns valores parecidos com os que eu passei anteriormente: http://zh.clicrbs.com.br/rs/opiniao/colunistas/rosane-de-oliveira/noticia/2017/02/iniciativa-privada-consertara-mais-de-100-viaturas-da-bm-estragadas-em-porto-alegre-9727812.html

            Pra tu ter ideia do caos que tá, depois das 22h tá liberado passar sinal vermelho (desde que com responsabilidade) que ninguém será autuado.

            http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/noticia-aberta/eptc-diz-que-nao-multa-quem-cruza-com-cuidado-sinal-vermelho-a-noite-169154.html

          • Marcio Vianna

            No interior do Brasil, TODAS as cidades possuem viatura policial. Pode não ter corpo de bombeiros, mas viatura policial todas têm – falo com conhecimento prático. Então onde que não se pode modernizar a atuação policial? No Brasil que não é!

        • Diego F. Duarte

          Isso tb e feito em Belo Horizonte, so q t onde sei, nem todas as viaturas ainda tem computador de bordo, entao em alguns casos especificos eles usam o bom e velho celular tambem.

          Mas no fim, eles sao capazes de achar qqr info sua, mesmo q vc n esteja com sua CNH ou RG por ex

      • Hoje em quase todas (se não todas) as viaturas de blitz já tem ferramentas de consulta (pelo menos aqui em Filanópolis) se não, eles também telefone para ligar e consultar, visto que as ligações entre os policiais e centrais não é tarifada não custa nada.

        Falta apenas vontade em fazer acontecer, pq é muito mais cômodo o cidadão ter de carregar zilhões de equipamentos do que evoluir em tecnologia.

        • tuneman

          sim, mas e se for em alguma rodovia no interior do Tocantins…, onde não há sinal de telefone….?

          • Felipe Silva

            Ai tu deixa passar, como deixaria passar um carro roubado, pq não tem como verificar a placa.

          • Marcio Vianna

            Ou conduza o cidadão educadamente ao local mais próximo onde possa realizar a consulta.

          • Ligeiro

            1) Há cidades distantes acima de 50 km. Vide norte do país por exemplo.

            2) Se fosse fácil assim, a lei permitiria isso. Quem está errado, que arque com o erro. A polícia é civilizada e segue a lei conforme tal. Se a lei diz “apreenda o carro caso suspeito de problemas”, que se apreenda. Se a lei está errada, mude-se ela.

          • Marcio Vianna

            Aí o agente público deve conduzir o cidadão ao local mais próximo onde possa realizar a consulta. É impossível ser civilizado?

          • tuneman

            “o senhor me acompanha até a cidade mais proxima. Apenas 150km….”

            Você se arrependeria disso no primeiro momento que tivesse que passar por tal situação.

          • Marcio Vianna

            Nossa que belo conhecimento geográfico!
            Não há cidade distando mais de 50 km.
            Aliás acompanhar o agente público educadamente ao local onde ele possa realizar seu ofício é dever de todo ser civilizado.

          • tuneman

            ok, vai lá com sua familia (e sua sogra) acompanhar o policial até a cidade mais proxima.
            Márcio, eu tambem penso que há formas melhores de controlar quem é habilitado. Nem precisaria mais imprimir a CNH em papel moeda, bastaria informar o CPF e puxaria os dados.
            Imagino a possibilidade com o DIN: o policial pega o cartão, insere numa máquina. Em menos de 10 segundos ele está com os dados necessários, inclusive foto e histórico do motorista.

            Mas (hoje) ainda enfrentaríamos alguns problemas com isso. Quem sabe daqui uns anos teremos capacidades técnicas de implementar tais facilidades.

      • Marcio Vianna

        Já possui. Todo carro de polícia já possui um computador no painel para consulta imediata de veículos. Basta o programador incluir a consulta dos dados de cidadania. É tão impossível providenciar essa inclusão?

        • Ligeiro

          Nem todas as polícias. São Paulo tem, mas nem todas estão 100% parece.

          • Marcio Vianna

            Um talonário é o suficiente.

        • Anti feminazi

          Na sua cidade né?! Na minha os carros de polícia não tem nem pneu direito. Problema é esse povo achar que todas as cidades tem a mesma infraestrutura e suporte aos orgãos públicos.

          • Marcio Vianna

            Um talonário basta.

    • Não foi incluído a CNH acredito eu por causa da possibilidade de punição que o cidadão tem, ou seja, existem regras hoje que apreende a CNH em casos onde o motorista cometeu uma série de infrações, se ela estivesse junto com o restante dos documentos, seria extremamente difícil realizar essa apreensão sem fazer com que o cidadão ficasse sem qualquer documento que prove quem ele é.

      • tuneman

        eu não entendo esse negócio de apreensão de CNH. digo isso pois aparece muito cliente aqui com o seguinte caso:
        tinha xenon instalado no carro….a polícia para o cidadão, manda remover as lampadas, recolhe a CNH e instrui ele a ir colocar lampadas originais.
        só que ele aparece de carro aqui na oficina! não é obrigatório o estar com a CNH para dirigir? como a policia permite isso?!?!

        • Felipe Silva

          Teoricamente ele deveria pedir para outra pessoa dirigir o carro, mas como aqui é o Brasil, não da nada.

          Acho que só deveriam notificar e anotar no sistema, se pegarem ele de novo depois de uma semana e estiver irregular, guincha o carro.

        • Ligeiro

          Existe um documento que qualquer fiscal (policial ou “amarelinho”) pode emitir que você pode apresentar em caso de blitz quando o documento é apreendido, nisso a pessoa com a habilitação apreendida e sem alguém que possa buscar o veículo fica com a habilitação nas mãos do fiscal até a posterior resolução (como o caso do Xenon). Já vi casos assim.

          Edit: a apreensão geralmente é mais do documento do carro. Da CNH, o caso é parecido, mas a pessoa tem que ficar com o carro em casa se apreendido e vai pessoalmente retirar a hablitação antiga (ou nova) apenas com a resolução do problema (multa paga ou remoção de item não permitido).

      • Marcio Vianna

        Isso é uma das maiores imbecilidades possíveis. Se todos os sistemas forem eletrônicos não é preciso recolher sua carteira, basta lançar a restrição no sistema. Aliás, como já é utilizado pelo Judiciário: ninguém “recolhe” certidão de imóvel para impedir a transferência, tampouco apreende o automóvel para impedir sua venda. O agente público apenas lança a restrição no sistema. Simples assim.

        • Ligeiro

          O recolhimento é para impedir o uso da CNH posteriormente até a resolução do problema constatado. Não é imbecilidade, imbecilidade é quem não respeita a lei, anda acima do limite de velocidade, reclama da indústria das multas…

          • Marcio Vianna

            Qual a diferença prática entre retirar o porte do documento e lançar a restrição de impedimento?
            Em ambos os casos, o sujeito estará dirigindo de forma irregular.

          • Ligeiro

            Não. Você recolher a CNH no caso obrigaria quem o teve a ir sem conduzir veículo até a regularização. Geralmente com um documento na mão, policiais vão deixar passar se “não verem nada de errado” (e nisso significa “ir com a cara do amigo”).

            Sem documento, a pessoa é obrigada a parar e deixar o carro lá na blitz. É uma punição justa. E impede corrupções.

      • Valter Almeida

        Pô meu! Usa um pouco mais a cabeça, ou melhor, o cérebro e raciocina. Seria muito mais fácil qualquer alteração através do banco de dados… Não me leves a mal, mas a cabeça não foi feita para separar as orelhas. Raciocina!…

        • Não te entendi… Você está me criticando por qual motivo? O nosso amigo aí ficou com dúvida sobre o motivo de não estar incluso a CNH e eu dei uma opinião… Até mesmo porque, pra mudar de apreensão da CNH para alteração no banco de dados, a lei de trânsito precisa ser alterada, visto que hoje, em vários pontos do Código Nacional de Trânsito, está escrito apreensão da CNH e não lançar informação sobre o condutor… Quem está precisando usar o cérebro e raciocinar, parece ser você

  • costacafj

    Foi quase bom. Como tiraram a CNH do conjunto, no fim pra mta gente não vai adiantar mto: teremos que andar com a CNH aqui e com 2 documentos dependendo dos lugares.

    • Henrique Queirós

      melhor pouca melhora que nenhuma melhora

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Mas não melhorou nada, hj só ando com CNH, terei que andar com esse tb, ou então lembrar de pegá-lo para votar.

        • Marcelo

          Mas pq precisará andar com esse tbm?

          Entendo que isso é só um RG remodelado e unificado com outros documentos…
          Eu tbm só ando com CNH hoje em dia…mesmo meu RG já contendo cpf e pis impressos.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Pensei se não será exigido andar com ele… mas se a CNH continuar servindo… tá ok

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Se bem que a CNH não vai ter esse número né… deviam usar a porcaria do CPF que todo mundo já tem que ter… e o número é único no país

          • Marcelo

            Ahh sim… acredito que no processo de transição, talvez precise andar com ambos, já que o numero do RG não terá mais “validade” na CNH antiga… apesar de continuar valendo o CPF

            Mas conforme renovar a CNH, já deva vir atualizada…

          • Felipe Silva

            A questão da CNH é que seria um documento a menos para termos de andar com ele e um numero a menos para nos identificar, nada impediria tu ter um DIN sem dados da CNH.

        • Anti feminazi

          Muita gente não tem CNH. Não pense somente em vc. Se for parar pra pensar, população entre 0 a 18 anos + as pessoas que não dirigem, é maior de quem tem CNH.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            É verdade, tens razão.

        • Henrique Queirós

          Você sim, mas grande parcela da população não usa CNH, tipo grande maioria dos estudantes.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Tem razão.

          • Diego F. Duarte

            Sem contar q em qqr lugar do mundo, a CNH e um documento separado da identidade original. Ela e valida como uma identidade, mas e um documento meio q opcional. Seria legal vc ter a OPCAO de por a CNH no RIC, contanto q vc pagasse a 2 via por exemplo, tipo a inclusao do CPF no RG, mas enfim…

            Serio meu povo, menos…

    • abraaocaldas

      CNH não é um documento obrigatório como os outros.

      • costacafj

        Eu sei, mas quem possui não anda com outro. Aí quando precisa viajar, anda com vários

    • R0gério

      Pois é, perderam essa oportunidade. Também só uso a CNH.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Quanto vai custar para nós pobres mortais não envolvidos em corrupção?

    • Henrique Queirós

      “O documento será emitido pela Casa da Moeda e a primeira via será gratuita.”

    • Victor Danner

      O documento será emitido pela Casa da Moeda e a primeira via será gratuita.

    • Anti feminazi

      Deixa eu repetir o que disseram, pq parece que não leu:

      O documento será emitido pela Casa da Moeda e a primeira via será gratuita.

      • Ricardo – Vaz Lobo

        Valeu gente, burrice minha.

  • John Maverick

    Se não tem a CNH inclusa então de nada serve. Na CNH já tem tudo, e serve pra tudo.

    • Henrique Queirós

      Até porque todos os estudantes do brasil, (fora outra porcentagem) tem CNH.

      • John Maverick

        O único objetivo disso aí é algum político pra lucrar ilicitamente.

        • Anti feminazi

          Se for assim, imagina o tanto que estão lucrando ilicitamente com a emissão de todos os outros documentos… Cara, para de ser pessimista e neurótico.

          • John Maverick

            Não é pessimismo, é realismo

          • Henrique Queirós

            Bom, lucram de qualquer forma. Isso aí facilita a vida da grande maioria da população

          • Joaomanoel

            É pessimismo, puro e simples.

    • Daniel Drumond

      CNH não serve pra viajar sem passaporte e não tem alguns dados (NIS, dados eleitorais, data de expedição do RG…)

      Poderiam ao menos incluir esses dados na CNH então : )

      • John Maverick

        Sim, então é praticamente 6 por meia dúzia. Estão trocando um documento de papel por um de plástico.

        • Daniel Drumond

          O cadastro é único agora, e o DIN provavelmente será mais difícil de ser falsificado.

          • John Maverick

            Pra mim continua sendo inútil, fora que vai encarecer o processo de emissão, sem contar que com toda certeza vai ter alguém lucrando ilicitamente com isso, mesmo que seja a casa da moeda emitindo. Qualquer coisa que venha desse país aqui eu já fico com as duas pernas e os dois braços atrás.

          • Felipe Xavier

            Pode encarecer num primeiro momento, mas a longo prazo a tendência é diminuir custos (ao menos em tese, deveria ser), pois não será necessária tanta mão de obra pra emitir cada um dos documentos.
            Se funcionar direito, eu imagino que este documento seria emitido em apenas um órgão público.

          • John Maverick

            A questão é que tudo que contém nesse cartão ai, já poderia estar contido no RG há muito tempo. (menos o tal do chip, se houver) Vindo agora esse projeito dá muito espaço para interpretações dúbias

          • Felipe Xavier

            RG é emitido por órgão estadual e sequer é válido de um estado para o outro. Definitivamente não é o melhor documento para conter todos os dados.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Que essa iniciativa acabe com ele então…

          • Sander Sabino

            Desde quando RG não tem validade em outro estado, está louco?

            Apesar da emissão descentralizada, que torna válido voce terum RG por estado (por isso é sempre necessário incluir quem e onde foi expedido), ele é valido nacionalmente, se alguém um dia te impediu de fazer algo por seu RG ser de outro estado essa pessoa estava absurdamente errada.

          • Anti feminazi

            Existe fatores por trás. Algo não dito nesta notícia, é que foi aprovado um sistema de base de dados por identificação biométrica que será recolhido no cadastro deste novo documento; o que permitirá o governo (e outros orgãos como a polícia) ter acesso a banco de dados com digitais.
            E não! Não acho inútil igual vc disse, já que um só documento irá substituir tantos.

          • Bruno Ribeiro da Silva

            FATO!

    • Anti feminazi

      Vou comentar o que disse acima:
      Muita gente não tem CNH. Se for parar pra pensar, população entre 0 a 18 anos + as pessoas que não dirigem, é maior de quem tem CNH.

      E CNH não serve pra tudo, como disse, para alguns concursos públicos permitem somente ID ou passaporte.

    • Yago Oliveira

      Mas cara, tem muitas pessoas que não tem CNH, para elas é muito melhor um documento só do que trocentos na carteira. Além do mais por ter chip e um novo número nacional, pode ser possível incluir futuramente.

    • Guaip

      CNH é opcional e pode ser apreendida.

  • Tom

    Finalmente

  • Estranho ele ter validade e não ser igual ao CPF, que basta fazer uma única vez e usá-lo para sempre.

    • Marcelo

      Mas o RG meio que tem data de validade… não está escrito, mas consideram/aceitam de forma geral, RG com no máximo 10 anos de validade a a partir da data de emissão…

      • Márcio Oliveira

        O PLC 188/10 tentou determinar 10 anos pro RG facultativo (antes dos 18 anos) e 20 anos pro obrigatório (a partir dos 18 anos), mas foi vetado.
        Vigora, então, o bom senso. Se não da pra identificar o cidadão pelo documento, então ele já não serve ao seu propósito e deve ser substituído.

        • SiouxBR

          Meu RG é de 1992 e ainda o utilizo ocasionalmente (quando exigido, pois no dia a dia carrego só a CNH).

          A única vez que não aceitaram foi no cadastramento do certificado digital, que exige um documento com menos de 5 anos OU o RG + foto atualizada.

          Em cartórios, por exemplo, continuo apresentando esse RG de 25 anos atrás…

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Deve ser por causa da foto, CPF não tem foto…

      • Felipe Marques

        Na verdade, acredito que seja por conta do chip no cartão. Quem usa cartão de banco com chip, sabe que dificilmente este tem vida útil acima de 5 anos.

        • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          Não sei da vida útil do chip… até porque o cartão quebra antes…rsrs

    • Felipe Silva

      Acredito que o principal motivo da validade seja o certificado digital.

  • Quando o país começa a querer se modernizar aí vem ‘os do contra’ falar mal… Por isso que vivemos nesse Brasil analógico!

    • Anti feminazi

      Exato.

    • gicapp

      Na real acaba com o cabideiro de emprego de vários setores que lidam com documentação né, aí tem griteiro.

      Além do “troca cor da grama”. Trocou? Os “burros” morrem de fome.

      • Diego F. Duarte

        Agora e moda falar q tudo e cabideiro de emprego? Depois q eu li no artigo sobre os bancos falando q o Itau era cabide de emprego estatal, eu quase tive um troco de tanto rir…

        • gicapp

          Não é “moda” mas é uma constatação.

          Quanto ao Itaú, se tiveres o link da matéria, pra eu rir também 🙂

          • Cássio Francisco

            sacanagem não colocar a CNH

        • Márcio Oliveira

          Hehehe… Itaú e Bradesco têm rotatividade altíssima… Cabide louco esse. Manda o link aí que eu também quero rir.

      • Julio Riva

        Preocupa não.

        Assim como o e-social prometia unificar as coisas, deve dar no mesmo aqui, infelizmente.

        Provavelmente tu ainda vai precisar ter RG, CPF, certificado de reservista, CNH entre outros.

        Uma pena, pois a ideia é boa. Isso é inegável.

    • John Maverick

      Isso não é modernização, isso é o fundo do poço na burocratização. Sempre atrasado estaremos.

      • Mikhael Narduci

        Obrigado, Yoda, pela opinião.

      • Maxnoob

        E o que você como cidadão está fazendo pra melhorar a situação de nosso país?

    • tuneman

      sabe que eu nem me importo mais, pois não importa o que ocorre, sempre tem alguem que vai reclamar.

    • Gustavo Michels

      Adorei o Brasil analógico..

  • gicapp

    Na real devia ser tudo centralizado no CPF e vai só habilitando funções, tipo, o cara tem direito a meia entrada estudantil, habilita uma flag, habilitação pra dirigir? habilita a flag. CREA/CRM ou qualquer coisa do gênero, habilita, tudo em cima do CPF.

    Fez 16 anos? Então libera pra votar, PRA QUE pedir o amém do TRE se o voto à partir dos 18 é obrigatório?

    Carteira de trabalho, o cidadão já deveria ter habilitado desde sempre, a primeira vez que for usar já tá pronto, não importa se for menor aprendiz ou já é maior de 18, deveria já associar tudo aos dados de INSS e tudo mais.

    SUS? PRA QUE OUTRO NÚMERO? CPF, histórico de consultas, exames. Não sei se tem BI/estudo de nada, onde focar pra tratamentos ou mesmo em que regiões há maior incidência de certas doenças e como isso pode ser focado à prevenção, é tudo feito muito regionalmente e isso gasta muito mais $. Aahhh mas o cara tem plano de saúde… beleza, se sofre um acidente e fica inconsciente vai ser atendido pelo SAMU, sem histórico nenhum (aliás, o SUS já têm um sistema que posso informar doenças pré-existentes, mas é um drama de améns no posto de saúde pra colocar (sem contar as filas, o que, desmotiva o cara que já paga plano a fazer).

    • Henrique Queirós

      teriam que remodelar o CPF.
      Mais fácil fazer um novo documento, com Biometria, foto, RG e etc, e um novo número que represente tudo isso de uma vez só

      • gicapp

        Poderia ser. Ou transformar o CPF nisso. É muito número pra identificar o mesmo indivíduo.

        • Felipe Silva

          Cria-se um novo sistema, implementa, depois vai removendo os antigos.

          Mas já começaram mal por não incluírem a CNH nesse sistema, que seria a primeira a poder ser removida o modelo atual, pela sua validade máxima de 5 anos.

  • Igor Beleza

    A razão de não terem incluído a CNH nessa nova identidade é só uma: arrecadação. Os estados faturam bastante emitindo essa carteira e choraram bastante por já estarem perdendo a identidade comum. No Brasil tudo é assim, a grana fala mais alto do que a comodidade da população.

    • Guaip

      Não tem nada a ver. CNH precisa ser renovada, pode ser apreendida, confiscada, cancelada… Se botar só um número no cartão, qualquer lugar sem infraestrutura de internet não poderá consultar ela para ver se é válida.

      • Igor Beleza

        Sabe de nada inocente. Justamente pelo fato de a cnh ser renovada é que se arrecada muito. Além do mais, o número ficaria inserido dentro do cartão, então não faria diferença. Só quem tivesse a tecnologia necessária leria o cartão.

        • Sander Sabino

          Mas querido, a “renovação” poderia continuar a ser cobrada, pelos estados, e a informação validada no banco de dados… então não seria essa a questão principal.
          Acredito mais no aspecto da infraestrutura, já que já viagei pra muitos lugares que não possuiam internet ou policia com equipamento digital a mão.

          • Igor Beleza

            Em tese sim. Mas os estados querem manter o seu monopólio na emissão dessas carteiras. E quanto ao querido, não te dei intimidade de me chamar assim.

          • Sander Sabino

            Nossa, que frágil…

      • Guaip

        E tu fez as contas para ver o custo que o estado teria (e certamente repassaria) para equipar toda Poliícia Rodoviária, Civil, Federal, e cada entidade municipal de trânsito com algum dispositivo/sistema que verifique a validade de uma CNH só pelo número? E numa estrada no interior do piauí, onde nem 1G pega, comofaz?
        Tu fala em monopólio do estado em emitir carteiras… quem diabos mais vai emitir? E elas expiram, sim, no mundo todo. Precisam ser renovadas.

        Não faz sentido colocar a CNH, um documento (permissão, na verdade) totalmente independente e “perecível” num documento de identidade. Na verdade, é a CNH que nos dá o “bônus” de poder utilizá-la para levar junto alguns dados de documentos, e nós ficamos mal-acostumados com isso.

  • Guaip

    Todo mundo preocupado com a falta da CNH. Eu to pensando é em quem vai fazer essa transparência e blur na foto de mais de 200 milhões de pessoas 🙂

    • Joaomanoel

      Essa imagem é ilustrativa. Por questões práticas tenho certeza q vão fazer bem mais simples.

    • Márcio Oliveira

      Acho que esse da foto é o RIC, ideia anterior que não foi pra frente. O atual, DIN, de acordo com a matéria, ainda não tem nem o padrão numérico definido, então também não deve ter leiaute.

    • Leandro

      vai chumbar a sua foto de balada na carteira de qualquer jeito, cê acha que vai ser bonita assim?

      • Guaip

        Tem dias que dá preguiça de fazer piada na internet…

        • Adriano Malta

          Verdade!

    • Adriano Malta

      Booa! Rsrsrs

    • Marcel Rodrigo

      Vão abrir uma licitação só pra fazer o photoshop nas fotos..

      • iMessage

        Bem isso hahah e será de bilhoes

  • Tomara que finalmente isso seja aprovado!

    • Thiago Ribeiro

      Já foi, só falta o Temereso sancionar !

  • Wellington Gabriel de Borba

    Ai o sindicato das copiadoras e dos cartórios vão recorrer no STF porque vai acabar com o mercado do CPF, RG e Comprovante de Endereço em 3 vias autentificado em cartório.

  • “Será armazenada e gerida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).”
    Vish, já vai nascer corrupta.

    • Henrique Queirós

      Estamos no brasil, isso é o de menos

  • Thiago Ribeiro

    Eu venho acompanhando e estava bem ancioso com isso. Mas meu Deus estava muito feliz até a parte que a cnh não é citada ! Esses políticos não fazem nada direito mesmo pqp ! No final pra mim vai ser a mesma coisa, vou continuar andando com a CNH.
    Bando de político pqp

    • Henrique Queirós

      Pra você. mas pra maioria da população, isso é ótimo. Afinal, menores de 18, e todas as pessoas que nem CNH tem, vai ser perfeito. Povo só pensa no próprio bolso PQp…
      Tudo bem, poderiam ter inserido CNH, mas não inseriram, de qualquer forma, não deixa de ser um bom documento

      • Thiago Ribeiro

        Falando besteira!! Em algum momento disse que o documento e ruim ? Em algum momento disse que vai ser ruim pra todos ? Disse pra MIM sera a mesma coisa. Se vc tivesse lido direito teria entendido.
        Mal de gente como vc é se achar no direito de chamar a atenção do outro ao invés de cuidar da própria vida.

        • Henrique Queirós

          ” Esses políticos não fazem nada direito mesmo pqp !”

          Fizeram algo direito. Logo, ta reclamando porque não foi totalmente útil pra você, mas pro resto foi.

          • Thiago Ribeiro

            Viu como tá faltando ler direito ?! Continua na leitura que vc um dia consegue entender.
            Abç tenho mais o que fazer.

          • Henrique Queirós

            Eu apenas colei o que disse cara kkk

      • Felipe Silva

        Agora me explica qual a vantagem de não terem incluído a CNH?

        • Henrique Queirós

          Nenhuma. Mas pra maioria das pessoas, não fez diferença alguma incluir ou não o CNH

          • Felipe Silva

            Se não tem nenhuma vantagem para quem não tem CNH o fato de não incluir ela no documento, e é uma grande desvantagem para quem tem CNH, então na média é ruim para todo mundo, já que a pessoa pode algum dia tirar a CNH.

            Agora me explica pq da tua posição contra incluírem a CNH no DIN:
            “Pra você. mas pra maioria da população, isso é ótimo. Afinal, menores de 18, e todas as pessoas que nem CNH tem, vai ser perfeito. Povo só pensa no próprio bolso PQp…”

          • Henrique Queirós

            O documento é ótimo pra maioria, independente de ter ou não a inclusão do CNH.

    • gicapp

      CNH devia ser só uma permissão em cima do CPF e não um documento à parte. Mas como tudo tem que manter uma infra exclusiva e o cabideiro de emprego pros amiguinhos…

      • Thiago Ribeiro

        Nem cheguei a pensar dessa forma. Mas tem razão, colocar a cnh deixa de arrecadar dinheiro já que ela é paga.
        Bem pensado !

  • Felipe Silva

    Serio, não podiam ter incluído a CNH nisso e começado por ela eliminado os 10 mil números de identificação que temos? (já que ela tem validade de no máximo 5 anos, seria uma transição “rápida”)

    E quem nascer depois da implementação do DIN, vai ter 1 numero pra cada coisa ou vai ser só o DIN?

  • Felipe Fernandes Horn

    Governo incompetente. Isso era pra estar implantado, em funcionamento já a muito tempo. Se fala isso desde 2013, 2014, e até agora estão pensando ainda como isso vai funcionar. Em outros países isso já é realidade a muito tempo. E pra completar, a CNH não está incluída nesse pacote…

  • Trovalds

    DIZEM que esse documento poderá no futuro substituir o passaporte tradicional em alguns países. Existe um estudo em andamento a respeito (não no BR). Não me apressarei porque o documento não vai substituir (ou englobar) a CNH e a CTPS. Podia também englobar a reservista das forças armadas, pra

    De qualquer forma, até começarem a emitir esse novo documento vai tempo ainda.

    • Diego F. Duarte

      Provavelmente deve ser relacionado aos vistos eletronicos. Faz sentido

    • Gaius Baltar

      Aqui em Portugal é possível passar pelo controle automático de entrada usando o Cartão do Cidadão ao invés do passaporte

      • Trovalds

        Bom, estamos falando de Europa. Claro que a desburocratização é bem vinda, mas do lado de cá do Atlântico isso é um sonho quase utópico.

        • SiouxBR

          Se o DIN for aprovado e efetivamente implantado (não fique resumido a um grupo de testes, como foi o caso do RIC), será o primeiro passo para a desburocratização e centralização de outros documentos, como a CTPS, CNH, passaporte, etc.

          E quem sabe em um futuro não precisemos mais ir no cartório para reconhecer firmas: assinaríamos tudo com nosso certificado digital…

          • Trovalds

            Sim, a ideia a princípio é justamente essa. O problema é o entrave burocrático disso tudo. Na verdade é uma burocracia pra desburocratizar. Coloca o e-CPF no documento e já elvis, nada mais de papel e caneta.

  • O Papa

    Ê paiszinho de m$##$ esse nosso.
    Me digam uma coisa: quando você for parado por um policial rodoviário federal ou por uma blitz na cidade, você vai sacar o DIN ou a CNH?

    O DIN só vai servir de 2 em 2 anos pra você votar.

    Sabem porque? Por que a CNH, embora seja um documento federal, é emitida pelo DETRAN do seu estado, e o dinheiro dessa emissão fica quase todo nos cofres da unidade federativa.
    Ou vocês achavam que eles iam abrir mão das taxas cobradas localmente para futurar um retorno pelo FPM, se as taxas fossem enviadas para a União, que era o certo a fazer, de modo a incluir a CNH no DIN.

    A gente só passa vergonha, nã.

  • Diego F. Duarte

    Isso na vdd vai resolver um problema antigo, q e a falta de centralizacao das bases de RGs, alem de resolver os bilhoes de docs q vc carrega por ae. (isso permite umas fraudes brabas, como gente tendo mais de 1 RG e CPF).

    Se tu tem a CNH, continue usando ela, dado q ela e um documento valido nacional de qqr forma. Issae nao vai substituir a CNH como documento oficial

    Calma meu povo, essas coisas levam tempo p resolver.

    • Sander Sabino

      Ter mais de um RG não é fraude 🙂

      • Ligeiro

        Mas usa-lo de forma criminosa, é.

  • John Smith

    “…mas estabelece que ele conterá dados biométricos, foto do cidadão, RG, CPF, título de eleitor e um novo número, a Identificação Civil Nacional (ICN)”.

    Vai continuar então tendo essa cara***** de número pra tudo e mais um ainda?

    Não entendo porquê não param com essa putaria de um número pra identificar todo santo cadastro/documento e unificam tudo de vez. O camarada deveria ter o CPF feito assim que nascesse e pronto. Nº de identidade? CPF. Nº da habilitação? CPF. Nº do título de Eleitor? CPF.

    • Márcio Oliveira

      Compartilho com você esse pensamento utópico. Quem sabe um dia…

    • Ligeiro

      Explico o porque destes números usando analogia a quem programa:

      – Cria-se um banco de dados.
      – Há o número índice padrão.
      – Você não pode usar neste número índice padrão quaisquer outro número existente.
      – Você então cadastra um documento e ele fica naquele índice, em sequencia, senão o BD sofre uma pane e aí já era.

      Cada serviço público tem seus “bancos de dados” para identificar cidadãos pois nunca trabalharam em conjunto. Pode ser que daqui a um futuro próximo você use uma ID só para tudo, mas para isso, precisaria unificar todas as entidades governamentais que usam IDs. E assim, a partir do nascimento de alguém, o ID criado ficaria até o fim de sua vida e por pós mortem, não poderá ser renovado, sendo único.

  • Matheus Sartoretto

    Só tô preocupado se vai ser ou não do tamanho de um cartão de crédito.

  • Marcos

    Não tem CNH, logo não vou usar essa tralha.

  • Alecsander Coelho

    Esse projeto é antigo… o Ary Toledo foi o criador.
    https://www.youtube.com/watch?v=0XDtoQ32L4w

    • Hehehehehehehehehehehehe !!!

    • Marcel Rodrigo

      hahahaha

  • Bruno Lucena

    Mais burocratização. Tudo que precisamos. E ainda será de “graça”, olha que beleza. Certamente o sistema que terão que desenvolver pra fazer esse controle será de graça; as pessoas necessárias pra mantê-lo funcionando também trabalharão de graça; as máquinas para imprimir esse novo modelo serão todas de graça; o material será de graça; os funcionários serão… nada virá dos nossos impostos.

  • Geovani Araújo

    pais de merda e sempre vai ser

  • Guilherme Cintra

    Pra que inventar mais um número de identidade? Será que a nova identidade única não poderia ser o mesmo número do CPF?

  • Rosana F.

    Pra q inventar um novo número? Pq não mantém um dos que já existem, RG ou CPF…já que são únicos? Talvez inserindo uma letra, pra identificar q é o modelo novo! caso não esteja com o doc em mãos e precise apenas falar o número ou digitar em algum lugar!

    • Felipe Silva

      RG não é único, cada estado mantem a sua numeração, então pode haver conflitos.

  • Gilvan Do Amaral Ferreira

    É sempre bom saber! A meu ver todos os números de documentos devem constar neste novo documento, como por exemplo PIS, CPF, Título Passaporte, RG, etc.

  • Eduardo Kaname Snider Bastos

    validade ate 2030? antes disso o plastico ja vai esta quebrado e o chip que vai está funcionando kkkkk espero que não tenha que pagar como na CNH que tem que pagar quase todas as renovações né isso?

  • Gaius Baltar

    No texto não fala nada acerca do uso do cartão como um smart card de autenticação online. Isto está previsto no projeto?

    • Eduardo Kaname Snider Bastos

      o RIC ou o DIN??? suspeito isso ai ……

      • Gaius Baltar

        Não entendi.

        • SiouxBR

          Uns 3 anos atrás fizeram o RIC que é igual ao projeto do DIN, mas que por algum motivo misterioso não foi pra frente. Aqui em Brasília até emitiram o RIC para um grupo de pessoas mas depois o projeto foi cancelado.

          Agora recriaram o projeto com outro nome (DIN) e se ninguém cancelar novamente, deve ir para frente.

          Apesar de ter um chip de smart card no DIN, não encontrei em nenhum lugar algo que indicasse que ele possa ser usado como e-CPF.

          O e-CPF no Brasil tem validade máxima de 3 anos quando armazenado em um smartcard e de 1 ano se for no formato de arquivo (.CER). Então, se o DIN tiver uma validade maior que 3 anos, precisarão resolver esse problema antes de colocarem o e-CPF dentro dele…

      • Willian Tetsuo Shiratori

        O RIC não existe mais, é só o DIN.

  • Othon

    O Documento de identificação nacional será um cartão que unifica outros documentos em um Cartão Único ou C.U. Quando isso estiver sancionado pelo “Michelzinho” (o Temeroso golpista) e valendo, todo cidadão quando abordado poderá mostrar o C.U. para ser identificado. Mais, o (des)governo Temer agora nos vão enfiar ao C.U. toda merda de impostos, ehehe

  • Thiago Nunes

    Nem no CPF, nem no RG e nem no TE tem o gênero (sexo) pra q esse exemplo do RIC tem isso?

  • Cas

    Essa coisa tem chip….? pra que…? BNDES? Já sei, crédito, substituindo cartões de crédito da caixa! Não, an… talvez rastreador?

  • PrValdonerio Junior

    Como elogiar se ainda vou ter que andar com minha CNH, desculpem mas é só mais uma forma de gastar nosso suado dinheiro.

  • Francisco Aloisio

    INÚTIL pra quem tem carteira de motorista.