A Lenovo anunciou em janeiro, durante a feira CES, a nova geração da linha ThinkPad X1 com processadores Intel Kaby Lake e suporte a 4G. Ela está chegando ao Brasil com preços a partir de R$ 8.499.

Comecemos pelo ThinkPad X1 Yoga. Ele une o design clássico do ThinkPad a uma tela que gira em 360 graus; isto é, você tem aqui quatro modos de uso — notebook, tablet, apresentação e tenda.

Um dos destaques é a touchscreen de 14 polegadas com resolução 2560×1440 e painel OLED, que oferece cores mais vívidas e contraste mais intenso. Há uma caneta embutida que tira proveito do Windows Ink, lançado na atualização de aniversário do Windows 10.

O X1 Yoga possui um trackpad Microsoft Precision, e roda o Windows 10 Pro Signature Edition, uma versão do sistema praticamente sem bloatware (vêm inclusos apenas o Lenovo Companion e uma cópia de testes do Office 2016). A bateria do laptop possui carregamento rápido — ela chega a 80% em apenas uma hora — e a Lenovo promete até 11 horas de autonomia.

Você encontrará um leitor de impressões digitais compatível com Windows Hello, e um mecanismo curioso no teclado: as teclas se retraem para dentro quando você gira a tela em 360 graus, e até mesmo quando você fecha o laptop – isso permite deixá-lo mais fino. São 17,4 mm de espessura e 1,36 kg.

O X1 Yoga custa R$ 9.499 na configuração básica (Core i5, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB) e chega a até R$ 14.999 (Core i7, 16 GB de RAM e SSD de 1TB). Todos possuem entrada para chip 4G e portas Thunderbolt 3.

Enquanto isso, o ThinkPad X1 Tablet possui tela IPS de 12 polegadas e proporção 3:2 (2160 x 1440 pixels), processador da linha Core M (que a Intel infelizmente renomeou para Core i5/i7) e um kickstand embutido na traseira.

A base do tablet é destacável e permite encaixar módulos para expandir sua funcionalidade. São três opções: o módulo de teclado possui um leitor de impressões digitais e o clássico trackpoint vermelho; o módulo de produtividade acrescenta portas HDMI, OneLink+ e USB adicional e aumenta a autonomia em 5h; e o módulo de projetor exibe uma imagem de 60 polegadas a dois metros de distância.

Base destacável e módulo de projetor.

Módulo de teclado com touchpad e trackpoint vermelho.

O ThinkPad X1 Tablet roda Windows 10 e possui diversas portas (USB-C, USB 3.0, Mini-DisplayPort, microSD e chip 4G), além de câmeras de 8 MP e 2 MP. A bateria dura até 10 horas (15 h com o módulo de produtividade). São 8,45 mm de espessura e 767 g.

Ele é vendido por R$ 8.499 na configuração básica (Core i5, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB) e chega a até R$ 13.999 (Core i7, 16 GB de RAM e SSD de 1 TB). Os módulos são vendidos separadamente.

ThinkPad X1 Carbon de quinta geração.

Temos também o ThinkPad X1 Carbon, cuja geração mais recente foi lançada no Brasil em fevereiro.

A tela IPS de 14 polegadas tem bordas menores e ocupa o mesmo espaço que um laptop tradicional de 13″. A bateria tem carregamento rápido (80% em uma hora) e a Lenovo promete autonomia de até 15,5 horas. São 16 mm de espessura e 1,14 kg.

O ThinkPad X1 Carbon tem processador Core i5 ou i7 da geração Kaby Lake, até 16 GB de RAM, portas USB-C Thunderbolt 3, suporte a 4G, e opções de tela Full-HD ou WQHD (2560×1440). Ele custa a partir de R$ 9.999.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Correia
O "botão" no meio do teclado se chama trackpoint, depois que você se acostuma com ele, é difícil voltar pro touchpad. O teclado é um dos melhores do mercado, só perde para os irmãos maiores por causa do maior curso da tecla, o feedback tátil é melhor que o dessa versão ultrafina.
Cortana ✔

Aquele botãozinho fazia a função de mouse antes do surgimento dos trackpads.

Cortana
Aquele botãozinho fazia a função de mouse antes do surgimento dos trackpads.
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

Em termos de design de produto, tô pra ver um laptop que chegue perto do Porsche Design BookOne

Jack Silsan
Em termos de design de produto, tô pra ver um laptop que chegue perto do Porsche Design BookOne
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

"Enquanto isso, o ThinkPad X1 Tablet possui (...) processador da linha Core M (que a Intel infelizmente renomeou para Core i5/i7)"
A Intel quer falir

Jack Silsan
"Enquanto isso, o ThinkPad X1 Tablet possui (...) processador da linha Core M (que a Intel infelizmente renomeou para Core i5/i7)" A Intel quer falir
Artur Domingues
Digo em relação ao design, feio. Nunca entendi o botão vermelho no meio. Também nunca usei pra saber se é melhor
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

"(...) e chega a até R$ 14.999" HAHAHA 🤣

Jack Silsan
"(...) e chega a até R$ 14.999" HAHAHA ?
Jhon
Como será que são as vendas de notebooks assim? Ao menos que a pessoa precise realmente do Windows vale muito mais a pena comprar um MacBook.
Cortana ✔

Nada, é muito bom.
A linha Thinkpad existe desde o tempo da IBM, e sempre custou mais pela robustez e durabilidade.

Cortana
Nada, é muito bom. A linha Thinkpad existe desde o tempo da IBM, e sempre custou mais pela robustez e durabilidade.
Cortana ✔

Pessoas pagam R$ 9.000 por um iPad,

Cortana
Pessoas pagam R$ 9.000 por um iPad,
Exibir mais comentários