Início » Computador » Lenovo traz linha ThinkPad X1 ao Brasil com laptops e tablets a partir de R$ 8.499

Lenovo traz linha ThinkPad X1 ao Brasil com laptops e tablets a partir de R$ 8.499

Por
35 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Lenovo anunciou em janeiro, durante a feira CES, a nova geração da linha ThinkPad X1 com processadores Intel Kaby Lake e suporte a 4G. Ela está chegando ao Brasil com preços a partir de R$ 8.499.

Comecemos pelo ThinkPad X1 Yoga. Ele une o design clássico do ThinkPad a uma tela que gira em 360 graus; isto é, você tem aqui quatro modos de uso — notebook, tablet, apresentação e tenda.

Um dos destaques é a touchscreen de 14 polegadas com resolução 2560×1440 e painel OLED, que oferece cores mais vívidas e contraste mais intenso. Há uma caneta embutida que tira proveito do Windows Ink, lançado na atualização de aniversário do Windows 10.

O X1 Yoga possui um trackpad Microsoft Precision, e roda o Windows 10 Pro Signature Edition, uma versão do sistema praticamente sem bloatware (vêm inclusos apenas o Lenovo Companion e uma cópia de testes do Office 2016). A bateria do laptop possui carregamento rápido — ela chega a 80% em apenas uma hora — e a Lenovo promete até 11 horas de autonomia.

Você encontrará um leitor de impressões digitais compatível com Windows Hello, e um mecanismo curioso no teclado: as teclas se retraem para dentro quando você gira a tela em 360 graus, e até mesmo quando você fecha o laptop – isso permite deixá-lo mais fino. São 17,4 mm de espessura e 1,36 kg.

O X1 Yoga custa R$ 9.499 na configuração básica (Core i5, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB) e chega a até R$ 14.999 (Core i7, 16 GB de RAM e SSD de 1TB). Todos possuem entrada para chip 4G e portas Thunderbolt 3.

Enquanto isso, o ThinkPad X1 Tablet possui tela IPS de 12 polegadas e proporção 3:2 (2160 x 1440 pixels), processador da linha Core M (que a Intel infelizmente renomeou para Core i5/i7) e um kickstand embutido na traseira.

A base do tablet é destacável e permite encaixar módulos para expandir sua funcionalidade. São três opções: o módulo de teclado possui um leitor de impressões digitais e o clássico trackpoint vermelho; o módulo de produtividade acrescenta portas HDMI, OneLink+ e USB adicional e aumenta a autonomia em 5h; e o módulo de projetor exibe uma imagem de 60 polegadas a dois metros de distância.

Base destacável e módulo de projetor.

Módulo de teclado com touchpad e trackpoint vermelho.

O ThinkPad X1 Tablet roda Windows 10 e possui diversas portas (USB-C, USB 3.0, Mini-DisplayPort, microSD e chip 4G), além de câmeras de 8 MP e 2 MP. A bateria dura até 10 horas (15 h com o módulo de produtividade). São 8,45 mm de espessura e 767 g.

Ele é vendido por R$ 8.499 na configuração básica (Core i5, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB) e chega a até R$ 13.999 (Core i7, 16 GB de RAM e SSD de 1 TB). Os módulos são vendidos separadamente.

ThinkPad X1 Carbon de quinta geração.

Temos também o ThinkPad X1 Carbon, cuja geração mais recente foi lançada no Brasil em fevereiro.

A tela IPS de 14 polegadas tem bordas menores e ocupa o mesmo espaço que um laptop tradicional de 13″. A bateria tem carregamento rápido (80% em uma hora) e a Lenovo promete autonomia de até 15,5 horas. São 16 mm de espessura e 1,14 kg.

O ThinkPad X1 Carbon tem processador Core i5 ou i7 da geração Kaby Lake, até 16 GB de RAM, portas USB-C Thunderbolt 3, suporte a 4G, e opções de tela Full-HD ou WQHD (2560×1440). Ele custa a partir de R$ 9.999.

  • leoleonardo85

    Fazer muito Yoga pra ter a calma necessária pra pagar 8400 em um Notebook.

    • Cortana

      Pessoas pagam R$ 9.000 por um iPad,

  • Artur Domingues

    Que tecladinho horrível

    • Cortana

      Nada, é muito bom.
      A linha Thinkpad existe desde o tempo da IBM, e sempre custou mais pela robustez e durabilidade.

      • Artur Domingues

        Digo em relação ao design, feio. Nunca entendi o botão vermelho no meio. Também nunca usei pra saber se é melhor

        • Cortana

          Aquele botãozinho fazia a função de mouse antes do surgimento dos trackpads.

        • Bruno Correia

          O “botão” no meio do teclado se chama trackpoint, depois que você se acostuma com ele, é difícil voltar pro touchpad. O teclado é um dos melhores do mercado, só perde para os irmãos maiores por causa do maior curso da tecla, o feedback tátil é melhor que o dessa versão ultrafina.

  • Lucas Carvalho

    80% em 15 SEGUNDOS? Tá certo isso?

    • Lucas Carvalho

      No site da Lenovo diz: “De 0 a 80 Em 1 Minuto”.
      O X1 Yoga te entrega até 15.5 horas de bateria. E mesmo quando você está ficando sem carga, seu carregamento rápido proporciona 80% de bateria em apenas uma hora. Dessa forma, uma pausa rápida pode facilmente carregar sua bateria para aguentar mais 12 horas de trabalho.”

    • Felipe Ventura

      É a bateria da caneta que vem embutida (chega a 80% em quinze segundos), não a bateria do laptop (chega a 80% em uma hora).

      • Lucas Carvalho

        A notícia tá bem clara. Eu que me confundi, mesmo relendo o parágrafo.

    • John Maverick

      Se a bateria carregasse 80% em 15 segundos eu entrava no cheque especial mas comprava um desses

  • Lenovo tá mandando bem. Pra profissionais, ele me passa uma imagem de robusto, e durável.

  • Jhon

    Como será que são as vendas de notebooks assim? Ao menos que a pessoa precise realmente do Windows vale muito mais a pena comprar um MacBook.

  • Jack Silsan

    “(…) e chega a até R$ 14.999” HAHAHA 🤣

  • Jack Silsan

    “Enquanto isso, o ThinkPad X1 Tablet possui (…) processador da linha Core M (que a Intel infelizmente renomeou para Core i5/i7)”
    A Intel quer falir

  • Jack Silsan

    Em termos de design de produto, tô pra ver um laptop que chegue perto do Porsche Design BookOne