Inúmeros rumores vêm circulando sobre os smartphones da Apple para este ano. Mark Gurman, que costuma adiantar de forma confiável os detalhes de produtos da empresa, diz na Bloomberg que teremos três modelos nesta geração de iPhones.

Isso inclui versões atualizadas dos dois modelos atuais do iPhone, mais um novo aparelho top de linha com um visual diferente, que parece lembrar o Galaxy S8: tela OLED, vidro curvo e estrutura de aço inoxidável.

O modelo premium teria uma tela “que cobre quase toda a frente do dispositivo”; ela seria um pouco maior que a do iPhone 7 Plus, mas o aparelho teria o tamanho do iPhone 7. Além disso, o botão Home seria integrado na própria tela.

Segundo a Bloomberg, a Apple vem testando vários protótipos de iPhone que usam vidro curvo na frente e na traseira, mais uma estrutura de aço inoxidável. A tela em si deve ser plana, e o painel AMOLED seria da Samsung, “já que outros fornecedores inicialmente não estarão prontos para fornecer quantidades em massa”.

A Apple também estaria tentando integrar o leitor de digitais na tela OLED, mas “não está claro se esse recurso chegará ao produto final”. A Samsung cogitou fazer isso no Galaxy S8, mas dificuldades técnicas impediram isso, e o leitor de digitais ficou na traseira, enquanto a parte frontal possui um scanner de íris.

Enquanto isso, os modelos tradicionais manteriam suas telas LCD de 4,7 e 5,5 polegadas. Os três modelos compartilhariam o mesmo processador mais rápido, baseado em um processo de 10 nanômetros.

Fontes dizem a Mark Gurman que as câmeras também receberão melhorias. Na traseira, a Apple estaria experimentando câmeras duplas posicionadas verticalmente, em vez de horizontalmente como no iPhone 7 Plus. Elas teriam recursos de realidade aumentada e profundidade de campo. Enquanto isso, a câmera frontal teria duas lentes.

O iPhone premium deve chegar ao mercado somente no quarto trimestre, “um ou dois meses depois” dos modelos tradicionais, segundo a Bloomberg. A Apple quebrou um recorde de vendas de iPhone no final do ano passado; ela conseguirá repetir o feito mais uma vez?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Lemes
Acabou o tempo da grande inovação, onde o modelo seguinte realmente incluía novas tecnologias, mas digo realmente novas. A verdade é que agora o que acontece são grandes refinamentos, como aconteceu na linha S da Samsung desde o S6. Hoje podemos dizer que o S8 é o que o S6 deveria ser. A Apple vai mudar o desenho do iPhone e provavelmente incluir coisas que já deveria ter incluído, como carregamento sem fio, nfc para dados... diminuir o tamanho das bordas, eliminar o botão home na frente... mas isso será o suficiente para fazê-lo inovador novamente? O próprio Force Touch (que não apareceu primeiro no iPhone) é uma tecnologia que surgiu como algo que poderia ser inovador, mas não tem lá muita utilidade, tanto que a Samsung nem tentou copiar nos seus smartphones... Acho que o jogo virou, agora a Apple que está correndo atrás da Samsung... Ah, e antes que venham com aquele papo de que os fãs da Apple não largam a empresa, isso já não é mais verdade: Vários amigos meus que diziam não largar a marca pois o iPhone era o melhor que existia no mundo dos smarts, hoje estão navegando alegremente em um S7 Edge... lógico que muita gente não saiu e nem deve sair, mas até quando a Apple vai conseguir manter uma base enorme de clientes fieis apenas pelo amor à marca?
Anayran Pinheiro
De fato, a Apple não seria ninguém sem a Samsung por trás, hahahaha
Henrique Queirós
ata
Bruno
iphone, o melhor smartphone de todos os tempos do último ano.
Felipe Ventura
Sim, é o aniversário de dez anos do iPhone, mas teremos a décima primeira geração. Atualizamos o texto para refletir isso.
Gustavo
Não seria décima primeira geração? Os iPhone 7 e 7 Plus são os de décima geração.
Henrique Queirós
Ourophone ta precisando inovar..