Início » Jogos » Alienware 15 e 17 ganham novas versões no Brasil

Alienware 15 e 17 ganham novas versões no Brasil

Emerson Alecrim Por

Uma semana depois de lançar o novo Inspiron 15 Gaming no Brasil, a Dell atualizou os notebooks Alienware disponíveis por aqui: as novas versões de 15 e 17 polegadas da linha trazem processadores Intel Core de sétima geração e GPUs da série GTX 10, da Nvidia.

Alienware 15

As novidades chegam com algumas mudanças no design externo, mas seguem tendo visual com traços agressivos e iluminação LED, como é de se esperar para a linha. As principais alterações estão mesmo no interior.

O Alienware 15 agora pode ser equipado com processador Intel Core i5-7300HQ, Core i7-7700HQ ou Core i7-7820HK. As opções de GPU são as seguintes: Nvidia GeForce GTX 1050 Ti (com 2 GB de memória GDDR5), GTX 1060 (6 GB), GTX 1070 (8 GB) ou GTX 1080 (8 GB). A tela, de 15,6 polegadas, pode ser full HD ou ter resolução de 3840×2160 pixels.

Alienware 15

Entre as demais especificações do modelo estão opções de 8 GB a 32 GB de RAM, HD de 1 TB que pode ser complementado com SSD (de 128 GB a 1 TB), bateria de 68 Wh ou 99 Wh, teclado com retroiluminação LED colorida, WiFi 802.11ac, Bluetooth 4.1, HDMI 2.0 e porta USB-C compatível com Thunderbolt 3.

Outro detalhe que a Dell faz questão de frisar é a diminuição do peso. o novo Alienware 15 está 25% mais leve, embora continue pesando bem mais que notebooks convencionais: 3,76 quilos.

Já o Alienware 17 é, como o nome indica, maior: a tela tem 17,3 polegadas. O componente pode contar com resolução de 1920×1080, 2560×1440 ou 3840×2160 pixels, além da tecnologia de rastreamento ocular Tobii. As dimensões mais generosas também permitem que o modelo tenha teclado numérico.

Alienware 17

É possível equipar o Alienware 17 com processador Intel Core i7-7700HQ ou Core i7-7820HK. As demais opções de hardware são praticamente as mesmas que estão disponíveis para o Alienware 15. O peso, porém, é de 4,5 quilos, aproximadamente — não é mesmo um laptop para ser transportado a todo momento.

Veja também: Alienware 15, laptop gamer com preço de outro planeta

Notebooks para gamers são caros e não é agora que vai ser diferente. Apesar disso, as novidades estão com preços iniciais mais acessíveis (ou “menos ruins”, se você preferir): o novo Alienware 15 custa a partir de R$ 7.700; o Alienware 17, a partir de R$ 8.299 (as versões anteriores chegaram por aqui custando a partir de R$ 9.999 e R$ 13.299, respectivamente).

Alienware 17

Vale lembrar que a Acer também atualizou a sua linha gamer no Brasil: no mês passado, a companhia lançou o Aspire VX 15 por aqui, além de ter trazido o gigantesco Predator 21 (modelo disponível apenas sob encomenda).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rennan Lemos da Vinci
Esse Alienware 17, pelo preço que tá, deve ser o notebook do Vegeta: "É de mais de 8 mil"
Rod
Tá doido. Um Samsung Expert X51 de 3 pila já serve pra maioria das pessoas jogarem casualmente.
Jonas Schumacher
Alguém conhece algum notebook full hd, sem placa de vídeo dedicada e que seja barato? Ainda não consigo entender porque os celulares já estão com telas 4k e a maioria dos notebooks "não gamers" ainda mantém os 1366 x 768
Gabriel RB
Um detalhe que muitos não se dão conta, é que notebooks gamers são muito usados por profissionais de áudio/vídeo/imagem. Trabalho com programação, e só compro notebooks gamers, ou semelhantes com processadores quad-core.
bomber jox
Tenho o modelo do ano passado, ainda tá mandando muito, só vou trocar daqui uns 2 a 3 anos
Igor
E esse argumento do desktop nem tá mais valendo tanto, esse alienware é realmente caro mas aqueles de 5 ou 6 mil lançados recentemente custam quase o mesmo que um desktop qdo inclui a tela na conta.
Islan Oliveira
A questão não é nem o hardware e sim o espaço e a portabilidade. É óbvio que um notebook gamer é mais caro do que um desktop gamer, é o que se paga pela miniaturização. Agora imagine que você mora em um local com 50 metros quadrados, é um tanto inviável você ter um desktop nessas condições. Fora que por mais pesado que seja um note gamer, ainda assim é mais portátil do que um desktop. Logo, um notebook gamer é um nicho diferente do desktop gamer, fazer comparações entre um e outro no quesito preço é sem sentido. P.S. Quanto a notebooks baratos, pesquisando você consegue encontrar, mas não dá pra esperar que seja um dispositivo "pica das galáxias".
Helmut
Exatamente. Não é pra quem QUER, é pra quem PODE.
Fabio Silva
Quem define a demanda do produto é o mercado. Pela quantidade de laptops gamers lançados recentemente acredito que a demanda esta em alta. Claro é um produto de nicho e não é para todos. Eu mesmo sou adepto, possuo um Avell que já está com quatro anos, não roda mais os AAA desta geração, mas ainda tira de letra programas de CAD, edição de vídeo, imagens e áudio. É para aquele profissional que viaja, mas não abre mão da jogatina, para aquele cara que não tem muito espaço em casa, para quem não quer investir em um desktop só pra jogar e um Notebook porquê permite mobilidade. É pra quem quer tudo: diversão, mobilidade e poder de processamento em um único produto. O argumento " com esse dinheiro monto um desktop melhor" não faz sentido no contexto desse nicho.
Flávio
Já existem: http://www.pcmag.com/review/350011/razer-blade-late-2016
Henrique Queirós
é isso, de repente todas as empresas focaram em notebook Gamer... me pergunto se esse mercado é tão bom assim, sendo que por esse preço eu monto um PC bem melhor
Diogo

Notebook gamer barato não existe... Se quiser um barato, vai ter que ser um dos "normais"...

Diogo Nóbrega
Notebook gamer barato não existe... Se quiser um barato, vai ter que ser um dos "normais"...
Alisson Santos

Os notebooks de alto desempenho estão quase da mesma espessura dos notebooks "normais". Em poucos anos teremos ultrabooks gamers.

Alisson Silva
Os notebooks de alto desempenho estão quase da mesma espessura dos notebooks "normais". Em poucos anos teremos ultrabooks gamers.
Exibir mais comentários