Início » Jogos » Nintendo diz que não tinha “recursos ilimitados” para continuar fabricando NES Classic Edition

Nintendo diz que não tinha “recursos ilimitados” para continuar fabricando NES Classic Edition

Por
2 anos atrás

A Nintendo pegou todo mundo de surpresa ao anunciar que não iria mais produzir o NES Classic Edition, versão em miniatura do primeiro console da empresa, lançado no ano passado e que foi um enorme sucesso de vendas.

Apesar de não ter dado muitas explicações na época, Reggie Fils-Aimé, CEO da Nintendo of America, resolveu contar, em entrevista à Time, o verdadeiro motivo da polêmica decisão: a Nintendo realmente não esperava que o console fosse vender tanto.

Reggie contou à Time que o plano original era vender o NES Classic apenas como uma edição especial para o Natal de 2016. Lançado em novembro daquele ano por US$ 60, a demanda superou as expectativas, fazendo com que o mini-console ficasse constantemente esgotado nas lojas, mesmo após o término da época de festas.

Por conta da alta procura, a companhia decidiu estender o período de vendas por mais alguns meses em 2017, até encerrar de vez a fabricação em abril, devido a “falta de recursos”.

“De nossa perspectiva, é importante reconhecer onde está o nosso futuro e as áreas chaves que precisamos melhorar. Temos muitas coisas acontecendo agora e não temos recursos ilimitados”, disse Fils-Aimé.

Ainda segundo o CEO da Nintendo of America, o NES Classic vendeu 2,3 milhões de unidades no mundo todo. Apesar dos pedidos de desculpas, muitos consumidores ficaram decepcionados por não conseguirem comprar o console.

Porém, se os rumores estiverem corretos, pode ser que a Nintendo ainda não tenha desistido completamente de relançar versões menores de seus consoles clássicos e, em breve, poderemos ter uma versão do SNES Classic. Mas enquanto esse dia não chega, a companhia continua focada no Nintendo Switch, que vendeu mais de 2,7 milhões de unidades no mês de lançamento.

Mais sobre: ,