A OnePlus é conhecida por seus smartphones potentes e relativamente baratos. Ela continua na ativa, mas curiosamente vai pular um número ao lançar seu próximo flagship. O OnePlus 4 não existirá por causa de um motivo cultural: a tetrafobia.

Foto por Răzvan Băltărețu/Flickr

O medo do número 4 é algo bastante comum na Ásia, especialmente na China, onde fica a sede da OnePlus. Em mandarim, japonês, coreano e vietnamita, a pronúncia do número 4 é igual ou semelhante à palavra “morte”.

Por isso, em alguns países do Sudeste Asiático, as pessoas evitam números de telefone com o algarismo 4; e vários edifícios não têm quarto andar, pulando do 3º direto para o 5º.

A OnePlus decidiu fazer o mesmo: ela vai pular do OnePlus 3/3T direto para o 5. Sim, este será o quinto flagship da empresa (após o One, 2, 3 e 3T), mas ela diz ao The Verge que isso não foi levado em conta. Além da tetrafobia, a OnePlus menciona outro motivo: vários funcionários da empresa são fãs de Robert Horry, ex-jogador da NBA, e ele usava a camisa número 5.

Foto por Răzvan Băltărețu/Flickr

OnePlus 3T

O OnePlus 3 possui tela AMOLED de 5,5 polegadas com resolução Full-HD, processador Snapdragon 820, 6 GB de RAM e câmera de 16 megapixels; ele foi lançado por US$ 399.

Enquanto isso, o OnePlus 3T tem processador Snapdragon 821, bateria maior de 3.400 mAh (contra 3.000 mAh do antecessor) e versões de 64 GB ou 128 GB, que custam US$ 439 e US$ 479.

E o OnePlus 5? Rumores dizem que ele terá uma tela de 5,5 polegadas, processador Snapdragon 835, pelo menos 6 GB de RAM e câmera dupla. Além disso, ele sairá da caixa rodando OxygenOS 4.0, baseado no Android 7 Nougat (OnePlus 3 e 3T já foram atualizados).

O OnePlus 5 será lançado no terceiro trimestre, ainda sem preço definido. Só não espere vê-lo oficialmente no Brasil: o CEO Peter Lau disse que não planeja levar seus produtos à América Latina.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta