Início » Telecom » SBT, Record e RedeTV também ficarão de fora da Vivo

SBT, Record e RedeTV também ficarão de fora da Vivo

Vivo era a única grande empresa de TV por assinatura que ainda transmitia os três canais

Por
15/05/2017 às 09h16
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

As emissoras SBT, Record e RedeTV também deixarão de ser transmitidas pelo serviço de TV por assinatura da Vivo. Segundo o Convergência Digital, a operadora enviou um comunicado aos assinantes informando que não conseguiu chegar a um acordo com as emissoras e, portanto, vai interromper a distribuição dos canais de TV no dia 10 de junho.

Imagem: Divulgação/Simba Content

A Vivo era a única das grandes operadoras que ainda mantinha negociações e transmitia os três canais. Com o fim do sinal analógico, os serviços de TV por assinatura não têm mais a obrigatoriedade da distribuição gratuita dos canais abertos. Por isso, SBT, Record e RedeTV formaram uma joint-venture, a Simba, para cobrar pelo sinal que distribuem às operadoras. Mas ninguém topou a ideia.

Com o fim da distribuição pela Vivo, os canais da Simba deixam de ser transmitidos pelas quatro maiores empresas de TV por assinatura, que juntas detém mais de 97% do mercado de 18,9 milhões de clientes. No primeiro trimestre de 2017, a Claro/NET tinha, sozinha, fatia de 51,6%, seguida por Sky (29,6%), Vivo (8,8%) e Oi (7,2%), de acordo com os dados do Teleco.

Enquanto isso, SBT, Record e RedeTV estudam alternativas para depender cada vez menos das empresas de TV por assinatura. Elas já planejam fornecer conteúdo na Netflix e no Amazon Prime Video, além de criar um serviço de streaming próprio com formatos de conteúdo exclusivos.

Mais sobre: , , , , ,
  • Renato Santos

    Alguém assiste esses canais ainda? Kkkk

    • Weuller Faria

      Jornais locais e só. Chaves às vezes.

      • Jefferson Rodrigues

        Chaves tem no YouTube. Kkk

    • Isaias Freitas

      So coloco no SBT pra ver se ta passando o chaves mas nao to mais conseguindo achar o horario, ate pq eles mudam de horario todo dia, muito desorganizado.

  • Vitor Luis

    E no final das contas, o quanto as operadoras foram afetadas? E estes canais?
    Me parece que a estratégia foi bem errada e os canais acabaram se ferrando, só que não vão voltar atrás por orgulho.

    • “o quanto as operadoras foram afetadas”

      Nada.

      As operadoras continuaram perdendo assinantes (desde 2014), mas nada fora da curva depois da remoção desses canais.

      • Vitor Luis

        É aquela famosa frase:
        Seria a hora da Simba “pedir para hagar e sair fora”!

        • Diego

          Seria a hora do Simba falar com o Rafiki e esquecer essa de Hakuna Matata… não, perai.

  • Matheus Fernal

    Ansioso por Donas de Casa Desesperadas na Netflix. xD

    • Gustave Dupré

      Se você está falando de Desperate Housewives já tem no Netflix. hahah

      • Matheus Fernal

        Estou falando da versão da Rede TV com atores brasileiros e argentinos.

  • tuts

    É só oferecer o conteúdo 18:9, subir um pouco a imagem e preencher a barra preta que fica em baixo com propaganda 24h por dia e pras operadoras vender o canal sem a propaganda na parte de baixo, já justificava cobrar pra não ter propaganda, ao mesmo tempo que lucra com mais propaganda aparecendo pras pessoas na tv aberta.

  • Fernando

    Segundo o dono da RedeTV, boa parte de quem tinha tv a cabo só tinha pra ter uma recepção melhor dos canais abertos.. urhsurhushruhsurhu

  • Weuller Faria

    Única perda pra mim, serão os jornais locais, que assisto de manhã. Não assisto nada além disso em canais abertos

  • Jefferson Rodrigues

    Ter TV por assinatura é jogar dinheiro no lixo. Cancelei a minha assinatura dá Sky há mais de um ano. Não sinto falta!!

    • Isaias Freitas

      O pacote basico eh uma bosta e caro. Por isso o povo parte pra pirataria, se fosse mais barato ou tivesse mais canais bons no basico ate que compensava assinar.

      • Jefferson Rodrigues

        Tanto o básico como o caro. Eu pagava R$ 80. Logo nos primeiros meses, a programação era muito boa. Depois, não tinha mais nada para assistir.

        • Isaias Freitas

          Ah. Não sei então, pra mim o básico não vale nada. Mas… o resto também repete todo dia os mesmos filmes antigos, eu gosto mais de documentário H2 é muito bom. Discovery Turbo também.

          • Jefferson Rodrigues

            Eu também gosto de documentário. Quando eu tinha a Sky, o Discovery só exibia programas de carro, de pessoas que compravam coisas que estavam guardadas em uma garagem e tantas outras porcarias.

          • Naum Tenho

            Agora o discovery inovou.. só passa Bear Grylls

          • Jefferson Rodrigues

            Kkkk

    • Luiz Vitor Monteiro

      Temos aqui em casa por causa do meu pai que assinou a Claro TV por causa de futebol (assiste todo dia, pelamorde). Só tô usando nas quintas feiras pra assistir The 100, pois tive a brilhante ideia de assistir as outras temporadas dublado e não consigo me acostumar com as legendas. :/

      Fora isso eu nem uso.

      • Jefferson Rodrigues

        Você não gosta de futebol?

        • Luiz Vitor Monteiro

          eu deveria?

          • Jefferson Rodrigues

            Eu não gosto nem de assistir e nem de jogar. Só gosto dos jogadores. Kkkkkk

  • Mago Erudito®

    Só esqueceram de avisar que o conteúdo para distribuição por streaming precisa ter qualidade.

    Quero acreditar que as pessoas só assistem esses programas toscos e novelas devido a lei do mínimo esforço, isto é, não precisar nem trocar de canal.

    Agora, quando você coloca lado a lado numa plataforma de terceiro como a Netflix uma série como House of Cards e Maria do Bairro, qual terá maior número de espectadores?

    • Alberto Prado

      Para o brasileiro médio (que é maioria) Maria do Bairro.
      Os pais da minha namorada são um exemplo disso. Tem disponível mais de 150 canais, mas passa o fds na Record, SBT, Globo, Band e PFC.

      • Mago Erudito®

        Concordo, mas isso não deixa de ser algo a se lamentar.

    • Gustavo

      Não sei os outros, mas eu pagaria 3 vezes mais na Netflix só pra ter João Kleber e Luciana Gimenez.

      • Mago Erudito®

        Teste de fidelidade >>>>> vida

    • GuilhermeSMello

      Olha, essas emissoras tem um certo público fiel. Boa parte da audiência da Record vêm das suas séries bíblicas e o SBT tem boa parcela do público infantil, com novelinhas como Carrossel, Chiquititas e vários desenhos animados.

      Se um “Simbaflix”chegaria aos pés da Netflix? Duvido muito, mas eu acredito que possa vir a ter mais público que a GloboPlay e as suas “super séries”, por exemplo.

      E principalmente, se elas se aproveitarem que o formato da sua programação original foi feita para ter intervalos comerciais, podem inclusive usar essa monetização com publicidade para que o app fosse gratuito e livre de assinaturas (ou se houvesse uma assinatura para quem quiser ver sem propagandas).

      • Mago Erudito®

        Concordo que tem um público fiel, mas eles precisam resolver alguns pontos:

        – Hoje o conteúdo é distribuído de graça, por isso tem tantos telespectadores.
        – Se for conteúdo pago quantos % desse público vai aderir?
        – Quantos consumidores teriam velocidade de internet e aparelhos adequados para receber esse conteúdo?
        – Qual a proporção de telespectadores que sabem usar internet minimamente?
        – É necessário inovar em algum aspecto para ter adesão dos jovens ou o projeto já nasce um morto-vivo.

        Ou seja, existem vários limitadores nesse novo modelo que precisa ser planejado para não virar um tiro no pé e concentrar mais ainda o IBOPE na Rede Globo.

      • Meninão Bobo

        SBT com a novelas infantis tem um público fiel mas esse público já usa internet para assistir, minha sobrinha por exemplo só usa YouTube e Chromecast. Record tem público fiel das igrejas esses nem tv a cabo tem, só assistem Record.
        Redetv não sei nem o que comentar.

    • Marsupial radical

      Só tem que lembrar que nós aqui, que discutimos esse tipo de coisa e buscamos sempre o melhor somos nem bem 5% da população. O povão mesmo que mantém esses canais terríveis vivos, e eles são muitos.

      Nós assistiríamos House of Cards, mas te garanto que a “audiência” de Maria do Bairro seria igual ou até maior.

      • Mago Erudito®

        5% você é um otimista,

        Eu diria que menos de 1%

  • Veritas

    Para mim, tanto faz. Não assisto os canais de TV aberta há anos.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Os canais da Simba têm que ter uma estatística perfeita de quantos são seus telespectadores para estar tentando essa pra cima das operadoras. Não é só com MegaSenha e Jequiti que se paga as contas.
    Não podemos jogar essa de que “ninguém assiste”: tem gente pra dedéu assistindo por diversas razões: preguiça, comodismo, hábito, não ser afeito a novas techs, gosta mesmo e daí etc, mas concordo que esse número está diminuindo. Acho a turma abaixo dos 30 nem sabe quem é João Kléber e seu programinha acéfalo para acéfalos.
    Vai ter gente sim pressionando pra ver Chaves na Net/Sky/Vivo só não acredito que vai fazer essa diferença toda.

    • Tiago Celestino

      Grande parte do público dessas emissoras possuem “gato net” ou não assinam tv a cabo, logo, tanto faz. Ficam usando o sinal entregue via antena predial, por exemplo.

  • Marcos Stangret

    Na boa…quem pagaria pra assistir esses canais??? tem muita propaganda e conteúdo ruim…os caras estão de brincadeira nisso.

    • Wololo ✔

      Os canais fechado ou aberto? Se bem que da no mesmo.

  • EU GOSTEI EM!

    Que merda em! Não faço questão, nem tenho mais TV por Assinatura, pra mim, TV ”Assinada” tá ficando enjoativa também, menos os filmes, tem filmes bons, fora isso… tiraram até o Kenan e Kel da Nick, fiquei bolado, só assisto TV pra acompanhar as séries bíblicas da Record por que eu gosto e quero e foda-se se vocês não gostam, fora isso, não vejo mais nada….

  • BloucV

    Estou exagerando um pouco, mas acredito que a grande maioria das pessoas que assinam a TV por assinatura, não vão assinar só pra ficar vendo canal aberto né.. O foco deles deveria ser a tv aberta transmitida por sinal digital, analógico e por satélite aberto já que as pessoas não têm opções e não nas TVs por assinatura. Se querem forçar as operadoras a pagarem, simples, cortem o sinal e deixem os assinantes ficar reclamando pras operadoras, ficar fazendo todo esse mimimi e falando que vai por conteúdo no Netflix, é perca de tempo. Também pro conteúdo render no Netflix, ele tem de ser de qualidade, se não ninguém assiste.

  • Tom

    Milagre o texto não ser interrompido por mensagem subliminar da Jequiti.

  • Marcogro®

    O Simba atravessou… [horrível eu sei]

  • André Noia

    O conteúdo dos canais que assisto na tv por assinatura não está no YouTube, Netflix, Amazon prime e afins. Pra mim ainda faz sentido ver TV linear. Se nem nos Estados Unidos essa onda de “viver apenas de YouTube e Netflix” engrenou ainda, imagina aqui, que só recentemente as pessoas passaram a ter acesso à TV paga? É preciso entender que o mercado brasileiro não é a nossa casa.

    • Tiago Celestino

      Fale isso para a Netflix, que ganha mais do a Band. Culturalmente, acredite ou não, estamos mais conectados do que os norte-americanos.

  • Rodrigo Sampaio

    Chaves passa no TBS, assim como “Todo mundo odeia Cris” (Record). Até “Eu, a patroa e as crianças” vai estrear no Comedy Central. Maior parte da programação infantil do SBT é da Disney… Novelas da Record passam no Fox Life (como “A escrava Isaura”). A estratégia foi péssima, deveriam ter partido para a mesma da Globo e Band em vez de ficar de mimimi, as operadoras pagam por essas porque se associaram a outros canais ou produziram outrrs canais fechados para vender (Globo no sistema Globosat que até inclui o canal Universal, além do pacote de filmes, futebol, canais esportivos e de notícias; Band tem canal de notícias, canais de esportes, Arte 1 e conteúdo adulto das Brasileirinhas. O que Record, SBT e Rede TV tem a oferecer além de seus canais abertos e a Record News? Nada…

  • Molinex

    Como vai ser a vida sem Geraldo Luis, Sonia Abraão e Ratinho?

    • EU GOSTEI EM!

      Porra! Sonia Abrão? Até entendo o Ratinho, mas que merda em….

      • Molinex

        Ce fala isso porque não viu ela passando hoje, um tutorial de banho de sal grosso… kkkkkk

  • Diogo Belart

    É só comprar uma antena HD no camelô, aqui pega muito bem todos os canais abertos.

  • KLEBER DE PAULA TEIXEIRA

    Eu sou totalmente contrário as TV’s a cabo no que diz respeito aos preços, realmente concordo que são absurdos, mas desta vez fico ao lado das operadoras, primeiramente por que cobrar algo que já é gratuito? Ninguém compra tv a cabo para assistir Globo, Sbt ou Rede Tv, até porque não necessitaria, são canais abertos, você compra a televisão e já vem os mesmos, é ridículo que estas emissoras agora queiram cobrar algo que foi gratuito há muito tempo, e outra o valor cobrado pelo grupo SImba até onde li é equivalente a canais como Warner e HBO. Se a ideia vem por causa dos direitos autorais, bom então porque não cobraram também das fabricantes de televisão (Phillips, LG, Samsung) uma vez que as mesmas já vem a transmissão destes canais, sério Simba, vocês foram totalmente equivocados em vender algo aberto.

  • Helio Castro

    Quem necessitar de sistema coletivo de antena para seus condomínio poderá contar com a PLUS VOLT em São Paulo. 3297 6102, comercial@plusvolt.com

  • Helio Castro

    Quem necessitar de sistema coletivo de antena em condomínio poderá contar com os serviços da PLUS VOLT em São Paulo. fone 32976102 email: comercial@plusvolt.com

  • Helio Castro

    Quem necessitar de sistema coletivo de antena em condomínio poderá contar com os serviços da PLUS VOLT em São Paulo. fone 32976102 email: comercial@plusvolt.com