Início » Celular » O Moto X está voltando

O Moto X está voltando

Felipe Ventura Por

A Motorola acabou de anunciar a nova linha Moto C, e rumores dizem que a família de smartphones da empresa vai crescer ainda mais. Teremos em breve o retorno do Moto X, agora em sua quarta geração.

O vazamento vem, mais uma vez, por meio da conta @evleaks, conhecida por vazar detalhes confiáveis sobre smartphones. Segundo ela, o Moto X4 terá tela Full-HD de 5,2 polegadas, traseira de vidro 3D, e um misterioso recurso chamado SmartCam. Ele não será compatível com os módulos da linha Z.

Um vídeo vazado menciona as especificações do Moto X4: o recém-anunciado processador Snapdragon 660, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e bateria de 3.800 mAh.

Pelo visto, haverá um leitor de impressão digital na frente, e a câmera terá foco por laser. A traseira é de vidro, mas a moldura é de metal, e o aparelho tem proteção IP68 contra água e poeira.

O Moto X foi o primeiro celular da Motorola desenvolvido após a aquisição do Google. A segunda geração do aparelho foi um “divisor de águas” para os tops de linha na época. E a terceira geração, já sob a tutela da Lenovo, se dividiu em três: Play, Style e Force. Será que o Moto X4 terá o mesmo apelo de antes?

A imagem vazada também menciona vários outros aparelhos que a Motorola ainda está para lançar. Isso inclui o Moto Z2 Force, com processador Snapdragon 835 e 4 GB de RAM; e o Moto Z2 Play, que aparentemente sofrerá uma redução na bateria para 3.000 mAh.

Há também o retorno da linha E, com aparelhos mais em conta: o Moto E4 terá tela HD de 5 polegadas; a versão Plus virá com tela maior e bateria de 5.000 mAh (!).

E, pasmem, a Lenovo já vai lançar mais variantes para a linha G. O Moto G5S terá tela Full-HD de 5,2 polegadas, enquanto o Moto G5S Plus virá com tela de 5,5 polegadas e câmera dupla. Uma imagem vazada mostra que a versão Plus é assim:

Ou seja, no total, a Motorola terá pelo menos onze modelos diferentes para 2017. Os tempos de uma linha simplificada de aparelhos — básico (Moto E), intermediário (Moto G) e top (Moto X) — realmente ficaram para trás.

Com informações: Engadget, SlashGear.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

SR 71 Pássaro Preto

Fragmentação wins!

Anthony Fernando
Fragmentação wins!
C. Herrera
Ai é que tá, Fabricio: não quis generalizar, para uns vai ser ótimo, para outros, não. Minhas experiências com produtos da Motorola, Phil/Philips não foram boas, tanto que evito ao máximo essas marcas.
Willian Corrêa
Lementavel?, era muito melhor antes da Lenovo cagar.
Kauã Pacheco

Na hora que a Samsung aprende e "simplifica" os lançamentos nas linhas J, A e S, a Lenovo vem bombardear com o alfabeto todo.

Kauã Oliveira
Na hora que a Samsung aprende e "simplifica" os lançamentos nas linhas J, A e S, a Lenovo vem bombardear com o alfabeto todo.
Rafael L Souza
O meu x play caiu a 110 por hr na avenida recuperei ele funcionando hj troquei a tela que bgço
Ben-Hur Escobar
Meu moto x 1 também aqui firme e forte.
Lennon Roberto
Q matéria confusa. Não entendi porra nenhuma
arsenáutico

Menos é mais, Lenovo! Já basta a Samsung com seus 12356487 aparelhos lançados.
Ficaria de bom tamanho Moto E, G e X e suas variantes Plus.

Johan Falk
Menos é mais, Lenovo! Já basta a Samsung com seus 12356487 aparelhos lançados. Ficaria de bom tamanho Moto E, G e X e suas variantes Plus.
Fabricio
Já o meu Moto X tá aqui na minha mão funcionando sem grandes problemas desde 2013
Clebson Santiago Carvalho
Ta uma bosta essa nova versão!
gusrcriv

Tive um X2 e X3 . O primeiro era muito bom, o segundo me decepcionou.
O X3 esquentava do nada e travava por bobeira (era poucas vezes, mas com apps leves, com o whatsapp, além disso era um trambolho.
Esses fatores me fizeram abandonar o aparelho cedo demais (apenas 1 ano de uso). Hoje estou com um s7

Gcriv
Tive um X2 e X3 . O primeiro era muito bom, o segundo me decepcionou. O X3 esquentava do nada e travava por bobeira (era poucas vezes, mas com apps leves, com o whatsapp, além disso era um trambolho. Esses fatores me fizeram abandonar o aparelho cedo demais (apenas 1 ano de uso). Hoje estou com um s7
Exibir mais comentários