Início » Gadgets » O próximo headset de realidade virtual do Google não precisará de smartphone ou PC

O próximo headset de realidade virtual do Google não precisará de smartphone ou PC

Por
17/05/2017 às 16h43
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

No ano passado, o Google anunciou uma plataforma de realidade virtual chamada Daydream, na qual você insere o smartphone em um headset semelhante ao Samsung Gear VR.

Agora, no evento I/O, a empresa anuncia o próximo passo: headsets VR que não dependem do smartphone, nem de um PC, nem mesmo de cabos — tudo o que é necessário para realidade virtual está no próprio dispositivo.

O Google promete uma experiência mais imersiva graças ao World Sense: o headset observa os objetos ao redor e os usa como “âncoras” para acompanhar o movimento do usuário — é o que se chama de rastreamento posicional.

A Qualcomm ajudou o Google a criar um design de referência para este headset, e duas fabricantes estão trabalhando para torná-lo realidade: a HTC, que tem experiência no ramo com o Vive; e a Lenovo. Os dispositivos serão lançados no final deste ano.

Rastreamento posicional em ação

No ano passado, a Intel anunciou que está desenvolvendo um headset que não precisa se conectar ao computador ou smartphone. Ele tem uma câmera para mapear ambientes e detectar objetos e também suas mãos. No entanto, trata-se aqui de realidade mista, combinando objetos virtuais e o mundo real. Essa é uma iniciativa relacionada ao Windows Mixed Reality, da Microsoft.

Além disso, fabricantes como Lenovo, Acer, Dell e HP estão criando headsets de realidade mista que fazem rastreamento de dentro para fora, sem exigir sensores externos. Esses headsets, no entanto, requerem um PC com Windows 10 para funcionarem.

  • HenryS

    agora sim talvez essa joça engrene!

  • Isaias Freitas

    Eh tipo Internet?