Início » Legislação » Uber descobre que estava pagando menos do que devia para motoristas de Nova York

Uber descobre que estava pagando menos do que devia para motoristas de Nova York

Empresa vai devolver até US$ 45 milhões por erro de cálculo na comissão das corridas

Por
1 ano e meio atrás

O Uber percebeu que estava fazendo as contas erradas e pagando menos do que devia para os motoristas de Nova York desde novembro de 2014. O erro fez com que a empresa deixasse de pagar, em média, US$ 900 para cada motorista, resultando em até US$ 45 milhões embolsados indevidamente. Agora, a empresa vai devolver o dinheiro.

Foto por freestocks.org/Flickr

O erro aconteceu porque o Uber pegava sua comissão antes de aplicar os tributos devidos, como explica o Recode. Em Nova York, a empresa paga o imposto local (8,875%) e uma taxa para automóveis particulares que prestam serviços de transporte (2,5%). A comissão do Uber, de 25% em média, era descontada do valor total da corrida, quando deveria estar sendo tirada do valor total menos os impostos.

Tomando como exemplo uma corrida de US$ 10, o Uber ganhava US$ 2,50. Depois de corrigir o sistema, a empresa vai receber 25% sobre US$ 8,84, ou seja, US$ 2,21. Parece pouco, mas o efeito desses centavos a mais durante quase três anos de contas erradas fez com que motoristas deixassem de receber centenas de dólares. Um deles ficou sem ganhar US$ 7.083,81 (!).

A empresa afirma que o erro se aplica somente à cidade de Nova York, mas vai fazer auditorias em outros mercados para saber se estava calculando errado sua comissão. Não é a primeira vez que isso acontece: em março, o Uber também descobriu que pagou milhões de dólares a menos para os motoristas da Filadélfia.

Todos os motoristas afetados receberão o dinheiro a que têm direito, inclusive com juros, e passarão a ganhar entre 2% e 3% a mais por corrida. Ops.

Mais sobre: