Início » Celular » Sony vai descontinuar linha de smartphones "quase topo de linha"

Sony vai descontinuar linha de smartphones "quase topo de linha"

Emerson Alecrim Por

Ninguém esperava que o Xperia XZ Premium fosse virar símbolo de uma mudança de rumos para a Sony: potente e requintado que é, o aparelho condiz precisamente com a decisão da companhia de, daqui para frente, só lançar smartphones topo de linha, além de modelos intermediários. Isso significa que os aparelhos premium standard perderam espaço.

Confuso, né? Mas é assim: a Sony classifica seus smartphones em três segmentos. O primeiro é o de flagships, onde estão o Xperia XZ e o Xperia XZ Premium. O segundo é essa linha premium standard, que inclui atualmente os modelos intermediários Xperia X e Xperia X Compact. Por fim, há a linha mid range, que engloba aparelhos como Xperia E5 e Xperia XA.

É uma classificação estranha, afinal, premium standard poderia ser uma expressão alternativa para flagship, não? Seja lá como for, a Sony coloca essa categoria um pouco abaixo de seus topos de linha. Apesar do nome pomposo e dos preços "menos ruins", esse segmento não atingiu a meta de vendas e, consequentemente, será abandonada, pelo menos por algum tempo.Um dos slides vazados

A afirmação veio de uma apresentação de slides da empresa obtida pelo Xperia Blog (que não tem ligação com a Sony, vale frisar). Mais tarde, a Sony confirmou que o documento é verdadeiro. Nele, há a informação de que, no Japão, o Xperia X e o Xperia X Compact atingiram 85% das vendas estimadas; fora do Japão, as vendas ficaram em apenas 31% do esperado.

De modo global (Japão mais resto do mundo), os flagships da Sony alcançaram 88% da meta de vendas. Os smartphones premium standard, por sua vez, não passaram de 43%. Sob esse ponto de vista, faz sentido que o segmento seja descontinuado.

Vendas da família Xperia em 2016

Vendas da família Xperia

Por conta disso, a linha Xperia X não vai ser atualizada, pelo menos em 2017. Aos investidores, porém, a Sony apresentou um plano que inclui o lançamento de mais dois flagships neste ano para dividir espaço com o Xperia XZ Premium e o Xperia XZs. Para o segmento mid range, a companhia vai se focar nos modelos Xperia L1, XA1 e XA1 Ultra, que foram lançados não faz muito tempo.

Xperia XZ Premium

Xperia XZ Premium

O plano inclui ainda foco maior em mercados potencialmente mais rentáveis, como Estados Unidos, parte da Ásia e regiões da Europa, sempre com a tentativa de dar um ar de requinte aos produtos. Isso indica que a estratégia de preços altos não deve mudar, pelo menos em mercados menos prioritários, como o Brasil.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

jonas720
Seria legal se a linha Xperia se tornasse apenas um smartphone de ponta, sem exageros nem coisas que ninguém usa, com um software otimizado e o devido suporte da Sony.
Rafael
Hj em dia, qualquer fabricante que fizesse um bom aparelho compact (snapdragon 8xx ou 6xx), com até 4,9", viria a calhar.
Tom
O meu já tem 4 anos.
Daniel Bevilacqua
Esse aparelho foi uma obra-prima da Sony, foi feito especialmente para a copa Mundial de futebol em 2014, durou quase 3,5 anos comigo.
Daniel Bevilacqua
Daria certo fazer apenas um modelo de aparelho, igual a Apple faz, ou fazer dois modelos padrão, concordo com você, Renan Maia , acredito ser um erro uma empresa de eletrônicos focar em três tipos diferentes de smartphones, não dá muito certo essa política empresarial, para sair dessa enrascada a Sony deve fazer uma pesquisa de mercado em diversos países
Jack Silsan
Essa estratégia da Apple é quase perfeita mesmo. Tanto que a empresa se esforça pra manter os aparelhos atualizados
Vinícius Araújo
Essa estratégia salvou a Sony Mobile do prejuízo sim, pode confiar que foi. "(...) houve um impacto devido à flutuação cambial — sem isso, haveria prejuízo de 4 bilhões de ienes (R$ 127 milhões)." Sem a flutação cambial teriam fechado no vermelho. Outro motivo foi porque focaram em aparelhos premium, em que eles podem colocar uma margem de lucro maior.
Gertrudes, a Lhama
Exceto que ela conseguiu sair do prejuízo com essa estratégia. Eu sempre acho engraçado quando os CEOs de Internet aparecem. É claro que tem gente grande na frente de grandes empresas que fazem cagada(e com frequência), mas os CEOs da internet resolvem tão facilmente os problemas que ainda não sei como não estão liderando essas empresas.
Tom
Depois do Xperia zq a Sony desaprendeu a fazer smartphones sem bordas.
Walter Jansen
A principal diferença do tipo X pro Xz, por exemplo, era o modelo do processador, em relação ao XA a diferença fica na marca do mesmo, que com a evolução do mediatek, processador do XA, alcança a eficiência dos snapdragons antigos. Vale lembrar que ainda saem mais em conta que os snapdragons.
Vinícius Araújo
THIS! Achei que o "recomeço" da Sony com a linha X fosse mudar algo, mas não adianta nada começar algo do zero e manter os velhos hábitos. Olha a zona que tá. Tem o ponto de vista do suporte, também. A Sony nunca foi boa em suportar os intermediários, aí fica igual a Samsung, só faz lançar e esquecer da existência. Isso pega mal para uma marca que quer aparentar ser premium, hein... Não sei se a Apple é muito esperta ou se as demais são tão cegas para enxergar isso. Google tentou fazer o mesmo com a Motorola, mas a Lenovo jogou tudo pelo ralo.
Renan Maia Fernandes
Sony mais perdida do que cego em tiroteio. Não sei no que dá nas empresas, pode até ser pra preencher espaço, ter mais lucro e outros motivos, mas acho tão simples fazer poucas linhas e focar nelas e ter lucros maximizados nelas, até a Samsung fez isso, com a linhas J, A, S e Note, e a Motorola com as linhas E, G e X, pena que elas abandonaram e hoje em dia já lançam coisas que canibalizam elas mesmas, por essas e outras a Apple tem lucros máximos e uma linha consistente, não inventa de lançar um monte de aparelhos, foca em um flagship, o do ano anterior se torna "mid" e o de 2 anos atrás se torna o "entry-level".
Vinícius Araújo
Fica aqui meu luto para a melhor época dos Xperias. http://uploads.meiobit.com/2014/09/20140904xperia-z3-lineup.jpg
Vinícius Araújo
Não existem k's suficientes para expressar o quanto eu estou rindo disso
Pedro Cavalieri
A filosofia da Sony para o que é um "premium standard" é igual a filosofia da maioria dos motores 1.4: bebem igual um 1.6, andam igual um 1.0. Deveria ser o contrário, em ambas as situações...
Vinícius Araújo
Um compacto com Snapdragon 6xx (4,5"), um flagship (5") e uma versão maior (5,5") por ano é o suficiente, Sony. Essa teimosia em cumprir essa tabela de lançamentos semestrais é absurda e não faz sentido nenhum para uma empresa que quer sair de um prejuízo financeiro e recuperar o filme queimado.
Paulo Henrique
Um moto G mede 2cm?
Baidu feat MC Brinquedo
Cabe um Moto G naquela borda da linha XPERIA.
Gertrudes, a Lhama
Se continuarem lançando algum compact em alguma dessas linhas, tá valendo.
Ed. Blake
Intermediário premium eram aqueles com preço de tops de linha da concorrênica? Que pena, muita gente que não comprou vai sentir falta. Eu gosto dessa política da SONY de ir completamente na contramão da concorrência. Enquanto todas as outras adicionam mais tela a menos borda, ela adiciona mais borda a menos tela. Enquanto todas as outras adicionam potência/hardware a um menor preço, ela adiciona mais preço a menos potência/hardware. Não vejo como dar errado!