A Nest, empresa adquirida pelo Google, anunciou hoje a câmera de segurança Cam IQ. Ela usa a mesma tecnologia de reconhecimento facial do Google Fotos para detectar e identificar rostos — dessa forma, é possível saber quem esteve na sua residência, e quando.

Trata-se da tecnologia FaceNet, capaz de distinguir entre faces diferentes. Segundo o Recode, quando a Cam IQ vê um novo rosto na casa do usuário, ela envia uma notificação para o smartphone perguntando se ele reconhece a pessoa.

O usuário pode, então, atribuir um nome a cada face, e saber os momentos em que cada pessoa foi detectada pela câmera. Rostos que não forem rotulados não são armazenados.

Curiosamente, o Google diz que esse recurso não será disponibilizado no estado americano de Illinois, onde as leis envolvendo dados biométricos — como imagens do rosto — são mais rigorosas. No ano passado, uma moradora de Illinois processou a empresa porque o Google Fotos escaneou e identificou o rosto dela sem seu consentimento, o que violaria a lei estadual.

A Nest Cam IQ possui um sensor 4K, mas só grava em Full-HD. A resolução extra é usada para dar zoom digital de até 12x — este recurso é ativado automaticamente quando a câmera detecta uma face. Nesse caso, ela começa a salvar dois fluxos de vídeo, um normal e outro ampliado no rosto.

Além disso, um conjunto de luzes infravermelho permite que a câmera veja no escuro, e o alto-falante é “sete vezes mais poderoso que na Nest Cam original“; há também um microfone para interação por voz. Tudo isso exige poder de processamento, por isso o dispositivo tem um chip de seis núcleos da Qualcomm.

Você não pode gravar nada localmente: é preciso assinar o Nest Aware, que armazena os vídeos na nuvem transferidos através de Wi-Fi (não há Ethernet aqui). A assinatura custa a partir de US$ 10 mensais. A Cam IQ, por sua vez, está em pré-venda por US$ 299; ela será entregue no final de junho.

A Nest atualmente vende câmeras de segurança (Cam Indoor e Cam Outdoor), um termostato conectado à internet, e um detector de fumaça. Segundo a Bloomberg, ela planeja lançar um novo sistema de alarme de segurança doméstica, e também uma campainha digital.

Com informações: Nest, Recode, Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Higo
Ela usa o reconhecimento facial para detectar q se trata de um novo rosto, evitando falsos alarmes para sua mãe e seu irmão, por exemplo.
Davi Silva
Título ambíguo, quem está usando reconhecimento facial do Google, as câmeras ou as pessoas? kkkk, não consegui me conter. Mas e se um ladrão invade sua casa, será que aparecerá uma notificação perguntando se você conhece o invasor?
Prefiro aquela corujinha wireless que o tecnoblog noticiou a um tempo. Podia gravar e nao tinha mensalidade alem de ser mais barato e bonitinho.
Anderson Lopes
Será que vai funcionar mesmo?