A Nintendo anunciou no começo do ano que o serviço online do Switch seria lançado em modelo pago em algum momento no futuro. Nesta quinta-feira (1º), a empresa divulgou os detalhes: o Nintendo Switch Online chega em meados de 2018 custando US$ 19,99 na assinatura anual.

A assinatura dá direito ao multiplayer online, chat por voz e uma seleção de jogos clássicos com versão online. O bate-papo por áudio chega nos próximos meses na forma de um aplicativo para smartphone, que inicialmente será gratuito. Já os games da velha guarda com atualização para suportar multiplayer online incluem Super Mario Bros. 3, Balloon Fight e Dr. Mario.

O Nintendo Switch Online também poderá ser assinado por um mês (US$ 3,99) ou três meses (US$ 7,99). O valor cobrado pela Nintendo na assinatura anual é um terço do praticado no PlayStation Plus e Xbox Live (US$ 59,99), ou pouco menos da metade do preço cheio dos serviços da Sony e Microsoft no mercado brasileiro (R$ 129,99 e R$ 149,99, respectivamente).

Até 2018, o recurso de multiplayer online do Nintendo Switch continuará gratuito para todos os proprietários do console.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce

Preço aparentemente justo. Só é preciso ver como a coisa vai funcionar na prática e se o uso do app vai ser satisfatório. Na torcida pra dar tudo certo...

Ramon Gonzalez
Preço aparentemente justo. Só é preciso ver como a coisa vai funcionar na prática e se o uso do app vai ser satisfatório. Na torcida pra dar tudo certo...
danielnbl

Cara.. entendo teu ponto. Mas o que ela está cobrando é o básico do básico. O ex da MS com xbox não é justo pois ela inicialmente exigia assinatura ate mesmo para utilizar serviços como o próprio app da Netflix.

O serviço online do Wii, DS, 3DS e Wii U pode nao ter sido o mais espetacular de todos mas sempre funcionou de forma satisfatória e sempre foram gratuitos. O valor é modesto e acho que tá numa boa.

Em relaçāo ao VC eu também acho que ela já deveria ter lançado no NS, mas certamente ela não fez ainda pois há preocupações de consumo de energia, logo ela tem um trabalho maior pra otimizar bem seus emuladores. Com o tempo certamente virāo, acredito que ainda neste ano.

O NS também tá com uma cara bem Ocidental(diferente do 3ds e wii u)... tanto que tem poucas reclamações e boa aceitação .

daniel
Cara.. entendo teu ponto. Mas o que ela está cobrando é o básico do básico. O ex da MS com xbox não é justo pois ela inicialmente exigia assinatura ate mesmo para utilizar serviços como o próprio app da Netflix. O serviço online do Wii, DS, 3DS e Wii U pode nao ter sido o mais espetacular de todos mas sempre funcionou de forma satisfatória e sempre foram gratuitos. O valor é modesto e acho que tá numa boa. Em relaç?o ao VC eu também acho que ela já deveria ter lançado no NS, mas certamente ela não fez ainda pois há preocupações de consumo de energia, logo ela tem um trabalho maior pra otimizar bem seus emuladores. Com o tempo certamente vir?o, acredito que ainda neste ano. O NS também tá com uma cara bem Ocidental(diferente do 3ds e wii u)... tanto que tem poucas reclamações e boa aceitação .
Keaton
20$ pra jogar Dr.Mario? Nah, mas se incluir Super Bomberman... ai eu pago. :D
Gertrudes, a Lhama Morta

Não é pra jogar online, é pra usar o voice chat.

Creio que seja difícil integrar um headset funcional ao console, ao menos no modo dock. No mais, parece que ela está evitando inchar demais o software do Switch, deixando ele um console DE JOGOS mesmo. O resultado é uma experiência super fluída. A integração que ela tem feito com smartphones/serviços web em geral tá bem legal.

Gertrudes, a Lhama
Não é pra jogar online, é pra usar o voice chat. Creio que seja difícil integrar um headset funcional ao console, ao menos no modo dock. No mais, parece que ela está evitando inchar demais o software do Switch, deixando ele um console DE JOGOS mesmo. O resultado é uma experiência super fluída. A integração que ela tem feito com smartphones/serviços web em geral tá bem legal.
Kaio
Outra coisa interessante de destacar é o preço, $20 é bem modesto. A concorrência cobra o 3x e apesar das vantagens, os jogos grátis não agradam todos.
Diogo Nóbrega
Realmente, a Nintendo é uma empresa conhecida por não ouvir os usuários, mas coincidentemente, eu acabei de ver uma matéria do Kotaku (tô sem poder acessar agora :/) sobre como ela ouviu os usuários com essa questão dos jogos do VC liberados pra quem fizer a assinatura. Antes, a Nintendo iria liberar apenas 1 jogo por mês para os assinantes. Depois que houve a reação negativa, ela liberou todos os jogos, pelo tempo que a assinatura estiver ativa (parecendo com um Netflix de jogos). Sobre ela não liberar todos os jogos do VC no Switch de uma vez só, bem aí é uma "estratégia" dela, vai entender.
Diogo

Realmente, a Nintendo é uma empresa conhecida por não ouvir os usuários, mas coincidentemente, eu acabei de ver uma matéria do Kotaku (tô sem poder acessar agora :/) sobre como ela ouviu os usuários com essa questão dos jogos do VC liberados pra quem fizer a assinatura.

Antes, a Nintendo iria liberar apenas 1 jogo por mês para os assinantes. Depois que houve a reação negativa, ela liberou todos os jogos, pelo tempo que a assinatura estiver ativa (parecendo com um Netflix de jogos). Sobre ela não liberar todos os jogos do VC no Switch de uma vez só, bem aí é uma "estratégia" dela, vai entender.

Edit: segue o link da matéria. https://kotaku.com/switchs-...

qwertt
Precisar de app de celular pra jogar online é muito amadorismo, até mesmo pra nintendo
Ward'z de Souza
Num mundo ideal, ao assinar a Xbox Live, PSN ou Miiverse, você teria direito ao console, e depois de... 5 anos(?) pagando, ele seria seu.
Lucas Blassioli
Vamos editar e deixar meu comentário com cara de textão: A Nintendo nunca entendeu o mercado online, a Wii Shop era uma opção entranha quando o PS3 e Xbox 360 tinha uma loja de jogos completos. No Wii U um console que tinha sistema de usernames, loja de jogo e rede social própria, mas que não se integrava (e ainda não se integra) com um dos seus principais produtos, o 3DS. Atualmente entendo que o Switch está no começo, mas a sucessão de cagadas online começa novamente, eu enquanto a Xbox Live matou o pagamento para alguns recursos, ela acha que os usuário DELA irão pagar pelos mesmos, o que é verdade e não dá para dizer que no Splatoon um voice chat fazia muita falta. Outra critica é a falta do Virtual Console, um dos recursos que quase todos os usuário de Wii e Wii U usava, eu tenho o Super Mario World no Wii U e Super Mario 64 no Wii, além de Metroid que meu namorado tem no 3DS e Wii U dele, uma função bem popular que ainda não há no Switch, sei que ninguém compra o hardware mais recente para simplesmente jogar joguinhos dos anos 90, mas é uma carta que a Nintendo deixou de fora e faz a participação dela diminuir. Eu compraria jogos clássicos novamente em dois consoles, como já vi sendo feito, parece que ela não gosta de dinheiro. A Nintendo é uma marca muito boa, mas parece que ela simplesmente não ouve os usuários e ainda faz um console TOTALMENTE para o mercado japonês... Bem triste :(