Início » Computador » Os detalhes do Intel Compute Card, um PC modular em formato de cartão

Os detalhes do Intel Compute Card, um PC modular em formato de cartão

Por
2 anos atrás

A Intel vem trabalhando para colocar seus processadores em PCs cada vez menores, como o Compute Stick em forma de pendrive. Ela também criou o Compute Card, um módulo com o tamanho de um cartão de crédito que imagina um futuro de computadores modulares.

O Compute Card não foi projetado para funcionar sozinho. A ideia é que você possa inseri-lo em um dock de laptop, ou em um monitor, ou em uma base que se conecta a uma tela. Dessa forma, você poderia atualizar seu computador trocando apenas o cartão.

Ele também pode servir como um módulo que você transporta para diferentes lugares: por exemplo, o usuário pode colocá-lo em uma base no trabalho ou na escola, depois levá-lo para casa e o colocar em uma base para laptop e acessar seus arquivos, programas e configurações.

A Intel lançará quatro modelos do Compute Card. Dois deles serão mais básicos, com processador Celeron N3450 ou Pentium N4200 e 64 GB de armazenamento eMMC. Enquanto isso, os outros dois virão com chip Core M3-7Y30 ou Core i5-7Y57 e SSD de 128 GB.

Todos virão com 4 GB de RAM DDR3 e suporte a Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 4.2. Eles se conectam a outros dispositivos através de USB-C e uma porta proprietária. As dimensões são 94,5 mm x 55 mm x 5 mm.

O Intel Compute Card por dentro (Roland Quandt/YouTube)

Durante a Computex, a Intel demonstrou um híbrido de laptop e tablet compatível com esse dispositivo. Parceiras como LG, Sharp e Dell exibiram monitores que viram desktops tudo-em-um quando você adiciona o Compute Card; e a Seneca tinha um roteador atualizável. Lenovo e Foxconn também estão trabalhando nesse projeto.

O Compute Card tem dois problemas em potencial. Um deles é: como saber se ele será compatível com dispositivos vendidos no futuro? A empresa diz ao Engadget que deixou pinos adicionais no dispositivo em sua porta proprietária, para integrar outros padrões de entrada e saída no futuro; e promete manter essa versão da plataforma por dez anos.

O segundo problema: o Compute Card será compatível entre marcas diferentes? Por exemplo, um cartão da Dell vai funcionar em uma base da LG? Ele tem uma interface padrão, mas uma fabricante poderia restringir a compatibilidade com dispositivos da concorrência, seja com DRM ou com alguma limitação física.

Ainda assim, o Compute Card parece promissor. Ele será lançado em agosto com preços entre US$ 140 e US$ 450.

Com informações: Liliputing, PC World, Engadget.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.