Início » Antivírus e Segurança » Criadores do ProtonMail lançam VPN gratuito e criptografado

Criadores do ProtonMail lançam VPN gratuito e criptografado

ProtonVPN é um serviço de VPN que não coleta os dados de usuários para se manter

Jean Prado Por

O ProtonMail, serviço de e-mail criptografado “à prova de NSA”, lançou oficialmente nesta terça-feira (20) o seu serviço de VPN. Também protegido por criptografia, o ProtonVPN chama a atenção por ser gratuito, não limitar o consumo de dados e proteger a privacidade dos usuários.

Ele foi criado pelos mesmos pesquisadores do MIT e da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) que fizeram o ProtonMail. Segundo os fundadores, o ProtonVPN foi criado para proteger ativistas e jornalistas que precisam de uma conexão segura para navegar na web sem serem rastreados ou censurados.

“A importância de usar um VPN para ter mais segurança e privacidade online cresce a cada dia”, diz o anúncio do ProtonVPN. Como justificativa, eles mencionam as recentes tentativas de acabar com a neutralidade da rede que vêm acontecendo nos Estados Unidos e movimentos de alguns países na Europa de aumentar a vigilância online.

O VPN tem seu datacenter baseado na Suíça, um país que não faz parte da União Europeia e tem uma regulamentação pesada em proteção de dados e privacidade. Com forte segurança, o ProtonVPN não salva logs de conexão, tem proteção contra vazamento de DNS, suporta o Tor e tem um kill switch capaz de bloquear todas as conexões no seu computador se o VPN for desconectado involuntariamente.

Leia também: Na VPN gratuita e ilimitada, o produto é você

Apesar de ter uma modalidade grátis, o ProtonVPN faz comprometimentos em prol dos planos pagos. Com uma conta gratuita, você tem direito a usar o VPN de até três países em um dispositivo e tem velocidade de conexão limitada. No plano básico, por US$ 48 ao ano, você tem acesso a todos os 14 países, uso em dois dispositivos e maior velocidade de conexão. Veja mais planos aqui.

Por meio do serviço gratuito, o ProtonVPN pretende captar usuários que podem fazer upgrade para contas pagas em algum momento. “Diferente de empresas como o Google e Facebook que abusam da privacidade dos usuários para vender anúncios”, nas palavras deles, os serviços gratuitos de e-mail e VPN criptografados que oferecidos por eles dependem da contribuição dos usuários para cobrir os gastos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mario

VPN gratuito! Sendo que gratuito é só um dos modelos de negocio do VPN e além disso o gratuito é totalmente capado, VPN gratuito me dá a entender q é o único modelo de negocio e o plano gratuito não é criptografado.

Jean Prado

Cara, você sabe o que é clickbait? Me explica onde tem clickbait nessa matéria, por favor.

Mario

Essas matérias com título clickbait é foda, tecnoblog devia ter vergonha na cara ao fazer essas coisas.

Rafael Fábio
Qual o interesse que pessoas comuns têm de esconder seu tráfego na internet? Pornografia! Mas óbvio que não estão interessados em acessar qualquer pornografia, né, por isso a preocupação em esconder o que estão acessando. Não podemos nos esquecer também dos traficantes e outros da mesma laia. Por isso vejo com desconfianças esse pessoal- não jornalista, não ativista, que não reside em país com restrições democráticas- que fica querendo TOR, VPN e etc.
Lucas Ribeiro
Houve mudanças sim. Parei de ser aceito nos VPNs "privados" e nos "comuns" a velocidade está beirando os 20mbps.
blax
Não sabemos. Nos resta escolher em quem iremos confiar, com base nas informações públicas, políticas de privacidade e termos de uso. E sabemos que esses textos não são uma lei! Podes preferir ter teu VPS a executar OpenVPN mas quem pode te garantir que a proprietária do servidor não está a inspeccionar teu tráfego? E as questões não param de aparecer não importa a solução que tu arrumes.
blax
Durante os primeiros 7 dias a velocidade é quase igual a do plano pago. Faz o teste novamente depois desse período para verificares se muda muito.
Lobo Solitário
Eu sei que no texto falam que não, mas mesmo assim acho meio difícil de acreditar essa de não guardarem os logs de acesso...
Pereira

Qual a certeza que tens que uma VPN paga não vá vender seus dados e etc?

Rodrigo
Qual a certeza que tens que uma VPN paga não vá vender seus dados e etc?
PinPortal ✔️

Mas aí depende de qual é o seu objetivo com a vpn. No meu caso, eu uso para ouvir rádios dos EUA, porque lá as rádios bloqueiam só para IPs estadunidenses ouvirem.

Mas se seu foco é privacidade, então iria de ProtonVPN e ainda assinaria o plano premium, que antes de se conectar com o servidor em questão (EUA, Japão, Alemanha, etc), sua conexão é com a Suiça, que por sua vez se conecta ao tal servidor. Tipo um Tor, mas com servidores (velocidade rápida) e não usuários intermediando.

Como eu compartilho meus dados com Google, Facebook, Microsoft, desde que elas me ofereçam soluções que melhores minha vida, vale a pena (na minha opinião).

PinPortal ??
Mas aí depende de qual é o seu objetivo com a vpn. No meu caso, eu uso para ouvir rádios dos EUA, porque lá as rádios bloqueiam só para IPs estadunidenses ouvirem. Mas se seu foco é privacidade, então iria de ProtonVPN e ainda assinaria o plano premium, que antes de se conectar com o servidor em questão (EUA, Japão, Alemanha, etc), sua conexão é com a Suiça, que por sua vez se conecta ao tal servidor. Tipo um Tor, mas com servidores (velocidade rápida) e não usuários intermediando. Como eu compartilho meus dados com Google, Facebook, Microsoft, desde que elas me ofereçam soluções que melhores minha vida, vale a pena (na minha opinião).
Tiago Celestino
O Opera VPN ñ ta ligando muito para privacidade, já guardam infos de seus usuários.
PinPortal ✔️

Mas não vale a pena. No gratuito só tem servidores do EUA e do Japão. Qualquer outro país é pago.

Prefiro o Opera VPN mesmo.

PinPortal ??
Mas não vale a pena. No gratuito só tem servidores do EUA e do Japão. Qualquer outro país é pago. Prefiro o Opera VPN mesmo.
Exibir mais comentários