Início » Cultura » Sony voltará a produzir discos de vinil pela primeira vez desde 1989

Sony voltará a produzir discos de vinil pela primeira vez desde 1989

Por
23 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Sony decidiu voltar a fabricar discos de vinil depois de notar o aumento nas vendas dos bolachões. Eles serão fabricados na província de Shizuoka, no Japão, pela primeira vez em quase trinta anos: a empresa havia parado de produzi-los em 1989, quando os CDs, que caminhavam para o sétimo ano de vida, já eram adotados massivamente.

Até que demorou: enquanto as vendas de CDs (e até músicas digitais) caem devido à migração dos usuários para os serviços de streaming, os vinis estão cada vez mais populares. Segundo o The Guardian, as vendas globais dos LPs chegarão a US$ 1 bilhão em 2017. Além disso, no Reino Unido, as gravadoras estão ganhando mais dinheiro com vinil do que com streaming bancado por anúncios, como o Spotify Free.

Segundo o jornal Nikkei, os primeiros novos vinis da Sony serão produzidos a partir de março de 2018 e incluirão “canções antigas populares, principalmente músicas japonesas que a Sony detém os direitos, bem como os álbuns de sucesso mais recentes”. Só no Japão foram vendidos 799 mil discos de vinil em 2016, oito vezes mais (!) que em 2010.

O aumento da popularidade dos vinis é uma tendência mundial: a produção está sendo modernizada para dar conta da demanda, já que o processo de fabricação ainda é demorado. No Brasil, uma fábrica está sendo construída na zona oeste de São Paulo e terá capacidade prevista de 140 mil discos por mês.

Mais sobre: ,
  • David Diniz

    AS bolachas estão de volta 😀

    O que eu queria mesmo é que a Fita K7 voltasse também(sério) muito nostálgico chegar no carro e escutar um K7 kkkk

    • Arley Martins

      Hj nos chegamos no carro e damos play na nossa playlist do spotify ou apple music ou deezer. Ta ficando chato as vezes o tamanho das facilidades.

    • Saudades de ficar esperando a música tocar na rádio, apertar o play pra gravar e no final de tudo descobrir que gravou em cima de outra música top.

  • Wellington Gabriel de Borba

    Pelo preço de um LP, tá dando mais dinheiro do que streaming, de certo.

    • tuneman

      com certeza. ficou tudo superfaturado.

  • tuneman

    já to guardando meus CD para o momento do retorno triunfal…
    (mentira, não dou a mínima pra essas bobagens. pra mim basta um bom mp3)

  • Molinex

    Ouça “The Entrance Band – Face the sun”, em vinil. Arranje uma garrafa de vinho barato, e se prepare pra voltar no tempo…
    Morou bicho!!!

  • Walter

    A volta dos bolachões se deve à falta de faturamento, só isso.

  • Sandro Duda

    Com a falta de encarte e músicas fúteis ninguém conhece seus compositores e os músicos que em muitos casos são bandas famosas! Saudades!