Início » Negócios » Nokia e Xiaomi fecham acordo para compartilhar patentes

Nokia e Xiaomi fecham acordo para compartilhar patentes

Paulo Higa Por

A Nokia fechou um acordo para compartilhar suas patentes com a Xiaomi, permitindo que ambas as empresas possam desenvolver celulares e equipamentos de rede sem gastar milhões com pagamento de royalties.

É a primeira vez que a Nokia licencia suas patentes para uma empresa chinesa — ela já tinha acordos com fabricantes como Samsung e Apple. Boa parte dos recursos presentes atualmente nos dispositivos móveis vieram das mãos da Nokia, incluindo tecnologias de tela, interface de usuário, software, antena, chips e codificação de vídeo.

Nokia

Para o lado da Xiaomi, o acordo é um bom negócio porque os chineses têm um sério problema com patentes: se eles entrarem nos Estados Unidos, por exemplo, correm o risco de ter prejuízos devido a processos por quebra de propriedade intelectual. É por isso que a empresa tem entrado (ou tentado entrar) em países com menor risco de disputas, como Brasil e Índia.

Mas o acordo deve focar principalmente em infraestrutura: “Nokia e Xiaomi vão trabalhar juntas em soluções de interconexão de datacenters por fibra ótica, roteamento IP com o processador de rede FP4 anunciado recentemente pela Nokia, e uma solução de redes de datacenters”, dizem as empresas. Além disso, elas vão cooperar em áreas como internet das coisas, inteligência artificial e realidade virtual e aumentada.

O valor do acordo não foi divulgado. Segundo a Reuters, boa parte da receita da Nokia vem do licenciamento de patentes, sendo que 90% são de tecnologias de equipamentos de redes móveis.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Deison Ribeiro
A Nokia continua sendo a Nokia que sempre foi, o que aconteceu foi a venda da divisão de Smartphones, ela continua possuindo as patentes.
Mago Erudito®
Existem bons psicólogos, procure um.
Raposão do Ártico ?
Percebi.
Mago Erudito®
Concordo com a afirmação, mas não entendo qual a relação com a discussão.
Raposão do Ártico ?
Ensino médio no brasil realmente está uma bosta.
Mago Erudito®
No momento que respondeu meu comentário.
Raposão do Ártico
Onde que eu disse que você disse alguma coisa?
Mago Erudito®
E onde que eu disse que a Nokia era só uma empresa de celular??? Nem nas entrelinhas daria pra chegar nessa afirmação. Eu pensei num celular com custo-benefício bom e com câmera da Nokia pq é uma coisa que eu compraria.
Raposão do Ártico
achar que Nokia era só uma empresa de celular é a mesma coisa q achar que o Google é uma empresa de tecnologia
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

Meio difícil a Nokia compra a Xiaomi toda - a chinesa fabrica até travesseiros... Se for a pra Nokia comprar, seria a divisão de smartphones. E imaginando que tal cenário se concretize, seria uma baita aquisição para a Nokia. Esses dias eu assisti um review que o Canaltech fez do Mi Mix e meu, que customização foda que é a MIUI. Só a Quick Ball já resolveria o problema de qualquer pessoa preocupada com burn in, fora clonagem de apps, PiP, design da interface, tudo desenvolvido pela própria Xiaomi e sem depender de atualizações do Android puro

Jack Silsan
Meio difícil a Nokia compra a Xiaomi toda - a chinesa fabrica até travesseiros... Se for a pra Nokia comprar, seria a divisão de smartphones
Gertrudes, a Lhama
Na verdade essa das patentes é a mesma. A que não é a mesma é a que fabrica os novos smartphones(HMD).
Gertrudes, a Lhama
Não chega a estar com dificuldades, só parou de crescer.
Mago Erudito®
Quando li Nokia e Xiaomi pensei em celular com excelente custo-benefício e câmera boa. Aí lendo a matéria:
Mas o acordo deve focar principalmente em infraestrutura: “Nokia e Xiaomi vão trabalhar juntas em soluções de interconexão de datacenters por fibra ótica, roteamento IP com o processador de rede FP4 anunciado recentemente pela Nokia, e uma solução de redes de datacenters”, dizem as empresas. Além disso, elas vão cooperar em áreas como internet das coisas, inteligência artificial e realidade virtual e aumentada.
Trovalds
Só pra lembrar que ESSA Nokia aí não é a que a MS adquiriu e depois extinguiu, é uma empresa diferente.
Exibir mais comentários