Início » Games » MercadoLivre proíbe venda de Nintendo Switch

MercadoLivre proíbe venda de Nintendo Switch

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Sem representação no Brasil, a Nintendo não vende oficialmente console, jogos e acessórios do Switch por aqui. A saída é optar pela importação, mas uma das poucas formas de se obter o videogame acabou: o MercadoLivre está removendo de sua plataforma todos os anúncios relacionados ao Switch.

Os vendedores que anunciavam o Switch no MercadoLivre foram informados da proibição no começo da semana e tiveram seus anúncios excluídos. Quem descumprir a regra poderá ter a conta suspensa ou banida do site em caso de reincidência.

A maioria dos anúncios já sumiu do MercadoLivre. Neste momento, em uma pesquisa rápida, é possível encontrar algumas ofertas, mas todas foram criadas recentemente, então parece questão de tempo até que elas também sejam removidas. Além disso, os preços estão bem altos, acima dos R$ 2 mil; antes, com mais anúncios, era possível encontrar o console por R$ 1,7 mil ou menos. Nos Estados Unidos, ele custa US$ 299.

O MercadoLivre diz ao Estadão que “a venda do Nintendo Switch por terceiros é proibida pela legislação brasileira, uma vez que o produto não foi lançado no mercado nacional pela Nintendo ou distribuidor autorizado e não possui os registros pelas agências reguladoras competentes”.

O Switch não foi homologado na Anatel e, portanto, ainda não pode ser vendido oficialmente por aqui. A distribuidora NC Games já pediu a classificação indicativa de alguns títulos para Switch no Ministério da Justiça, mas os games deverão ser bem caros, custando entre R$ 330 e 400, quase o dobro de qualquer jogo para Xbox One ou PlayStation 4.