Início » Brasil » Boleto vencido começa a ser aceito em qualquer banco

Boleto vencido começa a ser aceito em qualquer banco

E os bancos poderão conferir na hora se um boleto já foi pago, evitando duplicidade no pagamento

Por
19 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Uma nova plataforma de boletos de pagamento acaba de entrar em funcionamento, e a principal vantagem é que você não precisará mais atualizar manualmente um boleto vencido (ou, pior ainda, ir a uma agência do banco emissor para tentar pagá-lo). A partir de hoje, 10 de julho, todos os bancos estão começando a aceitar boletos com prazo expirado.

A novidade está sendo implantada de forma gradual, começando pelos boletos com valor igual ou acima de R$ 50 mil. Documentos de qualquer valor serão aceitos até o final do ano. Este é o cronograma:

  • A partir de 10 de julho: boleto de R$ 50 mil ou mais;
  • A partir de 11 de setembro: boleto de R$ 2 mil ou mais;
  • A partir de 9 de outubro: boleto de R$ 500 ou mais;
  • A partir de 13 de novembro: boleto de R$ 200 ou mais;
  • A partir de 11 de dezembro: boleto de qualquer valor.

boleto bancário

Até então, boletos que ultrapassassem a data de vencimento tinham que ser atualizados na agência ou no site do banco emissor (nem todas as instituições ofereciam essa opção) para serem pagos com juros e multas. Muitas vezes, isso acabava gerando erro no cálculo dos encargos, o que também motivou a implantação do novo sistema.

Agora, as informações de juros e multas serão registradas com o boleto, permitindo que os encargos sejam calculados automaticamente no momento do pagamento, seja na agência, na internet ou nos aplicativos móveis.

Uma das exigências para que o sistema funcione é que o CPF ou CNPJ do pagador seja registrado em todos os boletos emitidos, o que também reduz a possibilidade de adulteração. Em casos excepcionais, os bancos poderão emitir boletos não registrados, mas a Febraban informa que “esse pagamento só poderá ser realizado, mesmo antes do vencimento, na própria instituição beneficiária”.

Além disso, com o cruzamento de informações, o banco poderá descobrir na hora se um boleto já foi pago e, assim, evitar que um pagamento duplicado seja feito. Em tese, isso permitiria que a compensação do boleto se tornasse bem mais rápida (hoje, as empresas emissoras demoram pelo menos um dia útil para reconhecer o pagamento), mas nenhuma mudança ao consumidor foi anunciada nesse sentido.

Todas as informações estão no site da Febraban.

  • Juan Lourenço

    Isso também faz com que a empresa seja forçada a registrar o boleto porque os clientes vão reclamar caso tentem pagar atrasado e não consigam, e claro, o banco vai adorar ganhar a tarifa maior dos boletos registrados

    • Ricardo – Vaz Lobo

      Nem me diga…

    • Emanuel Schott

      O correto é não cobrar pelo registro e só efetuar a cobrança se o boleto for pago.

    • malfatti

      Banco$, $empre felize$ com o$ cliente$ que dão lucro.

    • SiouxBR

      A maior parte dos bancos uniformizou a cobrança (é o mesmo valor tanto para boletos registrados quanto não registrados). Até por que desde o ano passado que se tornou obrigatório o registro prévio para a maior parte dos clientes.

      O que é realmente caro é usar os serviços de impressão e envio pelo banco.

  • CtbaBr©

    Demorou… E ainda vai demorar até o final do ano!
    Mas enfim alguma melhora nesse sistema bancário arcaico e extremamente burocrático!
    Esse é um dos setores que mais usa tecnologia, ironicamente em alguns aspectos, isso não simplifica a vida do cliente, como no caso da exigência do CPF ou CNPJ do pagador!

    • William Lima Crisostomo

      Mas tu sabe que já vi relatos do nosso sistema bancário ser uns dos mais avançados… pois há interconectividade entre os bancos. Mas vamos melhorando.

      • Super Cage Sombrio e Realista

        Sim, apesar de tudo, por conta da inflação desenfreada de algumas décadas atrás, nosso sistema bancário teve que evoluir muito, somos referência.
        Se não me engano, nos EUA a grande maioria de comerciantes ainda não aceita cartão de crédito com chips.

        • Diego F. Duarte

          Sem contar os bilhoes de problemas onde boa parte das transacoes la sao por papel ainda. Um case disso foi em 2015 qdo um banco simplesmente “perdeu” os papeis de milhares de mutuarios de imóveis financiados e teve um preju de uns milhões.

          O problema e q agalera aki acha q reclamar atoa de td, a todo tempo torna a pessoa mais inteligente. Ela PRECISA reclamar, n importa de q…

          • malfatti

            Diego F. Duarte – Perdi a notícia à época. Que banco foi esse?

        • Luiz Claudio Eudes Corrêa

          Sem falar na burocracia pra transferir dinheiro entre contas de diferentes bancos, nos EUA passar um cheque é mais simples, enquanto aqui simplesmente selecionamos o banco da lista (ou pelo número), agência e conta (e em alguns bancos o CPF pra ter certeza de que é a pessoa certa)

      • Wellington Gabriel de Borba

        Sim, nos EUAs nada de cartão com senha, boleto bancário, transferência entre bancos. Ainda usam cheques.

        • malfatti

          Cheque é muito fácil de falsificar. É coisa do arco da velha.

          • tuneman

            tolo é quem aceita cheque que não seja de uma pessoa de confiança.
            é uma maneira muito pratica de transferir ou pagar a prazo.

    • Veritas

      Mas enfim alguma melhora nesse sistema bancário arcaico e extremamente burocrático!

      Arcaico?
      O sistema bancário brasileiro é um dos mais avançados do mundo.

      O dia que tu tiveres uma contas nos EUA vai ver o quê é coisa arcaica.

      • CtbaBr©

        Também dizem que a Nossa “urna eletrônica” é o sistema de votação mais avançado do mundo… A urna nos EUA também é bem “arcaica”!

        Diante de tantas tecnologias existentes, nosso sistema bancário é arcaico e burocrático sim, mesmo que algum outro no mundo seja ainda mais arcaico!

        Recentemente precisei transferir uma quantia para um outro banco e descobri que o sistema da FEBRABAN ainda não era integrado, apesar do todos os bancos atualmente possuírem tecnologia que possibilita essa integração!

        • Veritas

          Cara, existem poucos países no mundo onde o sistema bancário é tão evoluído como o Brasil.

        • SiouxBR

          Você tentou fazer uma TED e não conseguiu, é isso?

          • CtbaBr©

            Eu fiz o TED, acabou dando certo…
            Mas havia uma duvida em relação a conta de destino, e com isso o funcionário do banco me alertou que: “Como o sistema bancário não era integrado”, só quando o banco de destino aceitasse ou recusasse a operação, teríamos certeza do secesso!

          • SiouxBR

            A pessoa que cuida do sistema responsável pelo processamento de TED por um acaso senta ao meu lado. Conversando com ele, me confirmou que a validação da TED é feita no momento em que a recebemos.

            O que acontece é que boa parte dos bancos opta por fazer a “conciliação” dos valores devolvidos (e o crédito na conta de origem) somente a noite (geralmente no mainframe).

            Ou seja, o problema não é “falta de integração” e sim definição de cada banco do momento em que ele fará o processamento…

          • CtbaBr©

            Bem, eu não conheço os meandros disso, mas foi exatamente isso que me foi falado, que o sistema não era integrado!

      • malfatti

        Concordo plenamente.

      • Bruno

        hahahaha, mais avançados do mundo?? hahahahahaha
        Vc só tem essa impressão pq os bancos brasileiros precisam tirar água de pedra pra fazer tudo funcionar.

        O dia que tiver uma conta na Inglaterra onde não existe TED/DOC, onde vc pode sacar dinheiro em qualquer caixa eletrônico(de qualquer banco) sem pagar nenhuma taxa, onde vc pode resolver todos os problemas da sua conta por telefone ou em qualquer agência bancária e não só na agência que você abriu sua conta, onde não existe boleto bancário e é possível usar cartão de débito em qualquer compra online, aí vc vai ver o quão arcaico e burocrático é o sistema bancário brasileiro.

  • Até que enfim. Só me indago o quanto de custo extra os bancos vão repassar para as empresas, na hora de emitir os boletos. Que uma coisa é uma taxa de R$5 a R$10 para um valor acima de R$20K. Outra é a mesma taxa para boletos de R$20 ou menos

    • Wellington Gabriel de Borba

      Até onde eu sei eles cobram uma pequeno percentual sobre o valor do boleto.

      • Boleto geralmente tem valor fixo por emissão e/ou pagamento realisado (depende do banco: alguns cobram toda vez que você emite/atualiza um boleto, outros só quando o pagamento do mesmo acontece)

      • SiouxBR

        Wellington,

        Até onde eu sei as tarifas são fixas independente do valor do boleto. O que acontece é que grandes varejistas como o Submarino negociam taxas muito baixas para os seus boletos…

    • SiouxBR

      Eu mudei a cobrança da minha empresa para o SICOOB. Lá eles cobram R$ 2,50 para pequenos volumes (eu emito de 3 a 4 por mês). Segundo me explicaram para grandes volumes esse valor cai mais ainda…

  • raphaela1

    Em um ecommerce varejão por exemplo, eu pago o boleto atrasado e a compra é cancelada por não estar paga no dia, como fica?

    • Aí é um caso de exceção. Mesmo na situação atual se você REALMENTE quiser consegue atualizar o boleto para ele passar o pagamento no Internet Banking. Aí depois vira um problema de solicitar reembolso da empresa ou sei lá para onde vai 😀

    • kadug

      Provavelmente há a opção de gerar boletos que não podem ser pagos após o vencimento. E em último caso você pode solicitar reembolso à empresa.

      • tuneman

        exatamente. já há essa excessão. muitos boletos vêm com a instrução “não aceitar após o vencimento”

  • Fabiano Lira

    Boletos de cartão de crédito sempre paguei em outros bancos mesmo vencido. É só alterar a data de vencimento e pagar normalmente.

    • SiouxBR

      O boleto de cartão de crédito NÃO possui a data de vencimento no código de barras. Por isso você consegue fazer isso…

  • SKY

    Se o povo entendesse o código de barras de um boleto já fazia milênios atrás… :coolface:

  • Evandro

    A informação está errada.
    Trabalho em banco e faço parte deste probeto.
    Os boletos com valor igual ou superior a R$ 240.000,00 é que começam a ser aceitos nesta data.
    Na verdade, ta tudo errado. O site da febraban está desatualizado.
    A informação correta está nos manuais da CIP (Camara Interbancária de Pagamentos) que é a centralizadora deste projeto.

    • Jefferson Rodrigues

      Brasil sendo Brasil. Kkkk

    • Links?

      • Evandro

        Não é qualquer um que tem acesso aos manuais… tem que se cadastrar na área restrita da CIP ou da ABBC (Associação Brasileira dos Bancos).
        Mas o seu e-mail tem que ter um domínio de um banco.
        Enfim… eu faço parte do desenvolvimento do banco onde trabalho, e esse projeto nos deu muita dor de cabeça (ainda dá) pela complexidade da regra de negócio.
        O projeto foi dividido em ondas. A primeira realmente deveria ter sido esta de boletos acima de R$ 50.000,00 mas devido a grande quantidade de boletos que trafegaria no mainframe da CIP e devido a muitas falhas durante a homologação, o comitê de de diretores deciciu que seria arriscado começar com esse valor em primeira onda. Então foi criado esta onda extraordinária afim de medir e testar a integridade dos canais de integração. Os boletos acima de 240mil representam 0,1% se todo o volume.
        O projeto se chama “nova cobrança ” entodo boleto será registrado na base centrlizadora (CIP)

    • Renan

      Isso tem cheiro de lorota

      • malfatti

        Concordo.

    • malfatti

      Se houvesse interesse em facilitar à população em geral, já permitiriam para todos os valores.

      • Evandro

        Não é bem assim, cara… é uma tecnologia totalmente nova e está sendo aplicada aos poucos.

  • Wellington Gabriel de Borba

    50.000 incialmente, já ajuda bem nessa primeira etapa, quase todas minhas contas são assim, nesse valor.

  • Nick Ellis

    Boleto de 50 mil é tranquilo, né? Todo mundo tem um destes pra pagar.

    • malfatti

      Kkkkk

    • SiouxBR

      Usaram esses valores justamente para ter uma massa menor de “testes” durante a implantação do projeto. Trabalho na equipe de desenvolvimento de um banco pequeno e está um caos por conta da integração dos sistemas. Não acho improvável que esse calendário seja prorrogado mais uma vez…

  • Josiel Hen

    Calma pessoal, não é porque os boletos de vocês não passam de R$200 que não possa existir os de valores acima de R$ 50 mil (mesmo que não digam isso explicitamente), eles são bem comuns no meio administrativo (não que eu faça parte), são mais sensíveis e sim, existem em menor quantidade, dai de serem os primeiros, mas eu peguei a piada. hahaha

    • No meio corporativo de pagamento de empresa para empresa é pra lá de comum, ainda mais quando é pagamento por uma prestação de serviço continuada

  • Amélia Mel

    Demorou! Apenas penso que deveria ter começado com valores menores.

    • Joaldo Santana

      Realmente deveria ser ao contrário.

  • Bruno

    Parece mentira que estou lendo essa notícia em Julho de 2017, ahhh, os boletos!