Início » Carros » Novo Audi A8 traz sistema de direção semi-autônoma

Novo Audi A8 traz sistema de direção semi-autônoma

Por
11/07/2017 às 15h18

A quarta geração do Audi A8 acaba de ser lançada e, no meio de toda a sofisticação que o modelo traz, está uma tecnologia de condução autônoma. Na verdade, quase autônoma. Mas esse quase já é suficiente para você dar algumas voltas com o carro por aí sem se preocupar em pôr as mãos no volante.

Assim como as gerações anteriores, o novo Audi A8 é um veículo grande, tem design agressivo e traz motorização de respeito. Por ora, os endinheirados de plantão podem comprar uma versão com motor 3.0 TDI de 286 cavalos ou 3.0 TFSI de 340 cavalos. Opções ainda mais potentes serão lançadas nos próximos meses, assim como uma versão com motorização híbrida cujas baterias poderão ser recarregadas em uma plataforma wireless.

Novo Audi A8

Todas elas trazem muita tecnologia, inclusive com inteligência artificial: o Audi AI Traffic Jam Pilot. Como você já deve ter presumido, esse é o sistema que cuida da direção autônoma do Audi A8.

Estamos falando de um sistema de nível 3, o que significa que o carro pode rodar sem que você tenha que pisar nos pedais ou tocar no volante, mas obriga que alguém esteja no posto do condutor o tempo todo para interferir na ocorrência de imprevistos.

Novo Audi A8

Há algumas restrições também, começando pela velocidade máxima: a operação autônoma tem um limite de 60 km/h. Velocidades maiores podem ser alcançadas, é claro, mas aí é o motorista que assume.

É necessário levar em conta também que o nível de autonomia do sistema pode variar de acordo com as leis de cada país. Isso significa que, em determinados locais, o A8 será mais autônomo do que em países que têm regras mais rigorosas sobre esse tipo de tecnologia.

O Audi AI é auxiliado por um complexo sistema de monitoramento composto por sensores, câmeras e lasers. Mais de 40 subsistemas auxiliam na direção. O Crossing Assist, por exemplo, é capaz de identificar veículos nos cruzamentos e frear automaticamente o carro, se necessário.

Novo Audi A8

Esses recursos também permitem que o carro estacione sozinho. Você nem precisa estar dentro do veículo: é possível sair e mandar o carro estacionar a partir do smartphone, como se o aparelho fosse um controle remoto.

Há outra novidade interessante: o Audi A8 tem um sistema de suspensão eletromecânica auxiliado por câmeras que analisam a via à frente até 18 vezes por segundo para identificar buracos, desníveis e afins. Com isso, o sistema de suspensão ajusta cada roda individualmente para que a passagem sobre a irregularidade seja a mais suave possível — no Brasil, um recurso como esse deve ser mais interessante do que a própria condução autônoma, não?

Não termina aí: o novo Audi A8 conta ainda com media center com tela de 10,1 polegadas no console central, sistema de massagem para os pés (para o passageiro do banco traseiro), ajuste eletrônico dos assentos, painéis táteis por todos os lados, som 3D na parte traseira, entre vários outros recursos.

Os preços do novo Audi A8 na Europa começam em € 90,6 mil. O modelo deve chegar ao Brasil em 2018, mas os preços ainda não foram definidos. A versão mais barata, no entanto, não deve sair por menos de R$ 500 mil.

Que vontade repentina de ficar rico.

Com informações: Engadget

  • Trovalds

    Esse lance de monitoramento de irregularidades é pra estradas européias e americanas onde buraco é um desnível pequeno no asfalto ou um descascado leve. Pra nossas estradas que mais parecem terreno lunar de tanta cratera o sistema provavelmente vai enlouquecer.

    Mas ainda assim é um dos meus “carros de sonho”. Já fiz TD num (geração agora passada) e posso dizer que é praticamente um sonho sobre rodas.

    Agora o que será que nos reserva o S8 (que é a versão esportiva do A8)? O primo comportado já traz 340hp embaixo do capô…

    • emersonalecrim

      A gente só vai acreditar nesses sistemas se o carro tiver um selo dizendo “Testado no Brasil” 😛

      • Trovalds

        Heheheheheh! Se bem que estado de SP e trechos privatizados de rodovias federais (nem todos) não estão tão mal assim.

    • No Brasil o sistema vai vir com um overclock no processador para lidar com o volume de dados.

    • Josiel Hen

      um W12 a gente já pode esperar.

      • Marco Antonio

        Se a Bentley ja afirmou que nao vai abandonar o W12 tao cedo (no novo Continental GT), pode apostar que esse também usará do mesmo veneno de 618 cv.

  • Jonas S. Marques

    Os próximos anos serão muito muito muito interessantes no mercado de automóveis.
    Pra quem achava que a antiga indústria ia morrer parada frente a Tesla e outras, eis aí…

    • Neto

      Verdade! Tomara que eu esteja vivo para ver essa revolução. Em relação a tesla, acredito que é mais rápido irmos para 100% carros autônomos do que 100% carros elétricos.

  • Leonardo

    O Grupo Volkswagen é dono da Audi. Qual a chance dessa direção autônoma chegar aos nossos Gol, up e Fusca ?

    • Diego

      KKKKKKKKKKKK, é séria essa pergunta?

    • Tom

      Daqui uns 20 anos.

    • Cesar Osvaldo Müller

      Eu chuto em 8/10 anos…

  • Matheus

    Apareceu no filme do homem aranha

  • Joaomanoel

    Audi, a famosa marca com os piores motoristas.

  • Eduardo Spaki

    90k, da para bancar 🙂

  • Marcelo Lacerda

    Cadu APC Approves!
    Ride in Luxury! 👍👍👍

  • Ramon Gonzalez

    Wow! Just… Wow… Man… Que carro incrível!! Isso sim é uma verdadeira NAVE!!