Início » Telecom » TIM estuda oferecer YouTube sem descontar da franquia de internet móvel

TIM estuda oferecer YouTube sem descontar da franquia de internet móvel

Por
19 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A TIM enviou uma pesquisa a um grupo de clientes pedindo opiniões sobre uma futura oferta que permitiria assistir aos vídeos do YouTube pela internet móvel sem descontar da franquia. O TIM Turbo YouTube, como está sendo chamado, é apenas um estudo por enquanto, e nada garante que ele realmente será lançado — mas não deixa de gerar discussões.

A pesquisa, que eu também respondi, começa com questões genéricas sobre gastos com celular e depois passa a se concentrar no YouTube, perguntando quais conteúdos mais te atraem e em quais horários você mais acessa o serviço. Então, a TIM pergunta quão interessante é “uma oferta onde você paga um valor fixo para poder acessar o conteúdo do YouTube pelo seu celular sem descontar da sua franquia de internet”.

Várias possibilidades de ofertas são exibidas. Uma delas é ter 2 horas de YouTube em resolução 480p sem descontar da franquia por R$ 1,99 ou R$ 2,49. A outra é recarregar a partir de R$ 30 e ganhar streaming ilimitado entre 0h e 8h durante uma semana, também em definição padrão. O intuito é descobrir qual é a chance do cliente fazer uma recarga com o valor mínimo ou pagar pelo serviço avulso.

Curiosamente, nesse último caso, a operadora já possui uma oferta semelhante. O TIM Pré Facebook, que custa R$ 9,90 por mês, tem como principal chamariz o acesso à rede social sem descontar do pacote, mas inclui uma franquia gorda de dados justamente no período que está sendo estudado pela pesquisa do Turbo YouTube: são 15 GB para serem consumidos livremente entre 0h e 8h. É uma forma de tentar lucrar num horário em que a rede está ociosa.

Ainda assim, em todas as opções mostradas na pesquisa, a TIM ficaria atrás do que é oferecido no exterior. O plano unificado da T-Mobile, por exemplo, tem música e vídeo ilimitados (também com resolução 480p), sem restrição de tempo ou horário, e com mais opções: além do YouTube, a operadora americana libera Netflix, HBO Now, Spotify, Google Play Music e outros serviços sem descontar do plano.

No Brasil, a oferta da TIM ainda pode esbarrar na neutralidade de rede, estabelecida no Marco Civil da Internet, que proíbe a diferenciação de tráfego entre serviços — no entanto, as operadoras brasileiras há anos vêm oferecendo WhatsApp ou serviços de música, como Claro Música e TIMmusic, sem descontar da franquia, e não estão sofrendo sanções.

Procurada, a TIM confirmou ao Tecnoblog que enviou a pesquisa para um grupo aleatório de clientes, mas não informou se ou quando pretende lançar oficialmente a oferta.

Você pagaria para ter acesso ao YouTube sem descontar da franquia?

  • Junior

    das 00 as 08hrs? whatdafuck

  • Vanderlei Gomes Fotografia

    Parece que voltamos a época dos acessos depois da meia noite rs.

  • Como é feito esse controle da resolução?

    • Felipe Garcia

      Através do consumo de dados, um vídeo de 720p tem uma taxa de transferência muito maior que o de 480p

      • Diego F. Duarte

        Sniffing de trafego e provavelmente os servidores de 720p sao diferentes

        • brunocabral

          Assisto vídeos do YouTube em 480p no 3g da Nextel (App Happy)

  • Philipe Drummond

    Maravilha ein

  • Breno

    Interessante! Pagaria uma taxa pra ter YouTube o dia todo. 0h às 8h n faz sentido pra mim pq tô em casa.

  • Wesley

    A TIM tem que esquecer dessa história de ofertar planos ilimitados durante a madrugada, isso arremete muito a época da internet discada e poucas pessoas fazem uso da rede móvel nesse horário, pois ou estão dormindo ou estão conectadas ao wifi.

    • raphaela1

      Essa é a intenção, usar mais a banda deles fora do horário de pico

  • raphaela1

    Agora se fosse aquele site que começa por “X” das 0h ás 8h, além da alta adesão, iria sobrecarregar a rede da TIM na madrugada

    • Ia nada, conteúdo de lá geralmente é em resolução inferior a 480p.

  • Herbert Vinicius

    Aqui eh Tim Beta meu filho

    • Lairton Gomes

      me convida

  • Jack Silsan

    Tinha era que aceitar a realidade e parar de liberar internet móvel sem franquia, sem corte branco e sem bloqueio

  • Levi Brito

    Isso, bota nesse horario que é pra congestinar logo tudo. Pela manhã é congestionado e agora madrugada também.

  • Tim estuda liberar YouTube, mas só na madrugada.

    http://geradormemes.com/media/created/fzo3aj.png

    • Adriano

      Pois é, liberar YouTube de madrugada beneficia quem? As 🦉 corujas?…esses caras acham que todas as pessoas são trouxas.

      • Até tem um público específico, mas acredito que a maioria dele deva estar acordado (leia-se: atento) não para ficar no YouTube (vigias, policiais, damas da noite e etc, por exemplo).

  • Luiz Claudio Eudes Corrêa

    Era melhor fazer nos moldes da T-mobile US, libera uns sites de vídeo (netflix/Amazon/Hulu) em 480p sem descontar da franquia ou assiste em HD descontando.

    • Jucemar Dos Santos Pereira

      É por esse motivo que a T-mobile sempre engorda na sua base de clientes, acesso a um pacote de dados ilimitado sem redução chamadas ilimitadas por 120 dólares detalhe 3 linhas cada uma a 40$

      • Luiz Claudio Eudes Corrêa

        Quando usei a T-mobile foi no plano de $30 (5GB, 100 minutos e sms/MMS ilimitado) que pro meu uso foi suficiente.

  • Matheus Kautzmann

    Acho errado qualquer tipo de ação que fira a neutralidade da rede.

    • André Kittler

      Saia daqui, seu sensato.
      A alegria no Brasil é ter hoje coisa melhor. Se vai ferrar no futuro as pessoas de lá que se virem, não é meu problema!

    • Diogo Nóbrega 🌳💺😂

      Já eu acho errado qualquer tipo de ação que possa impedir as empresas de oferecerem promoções a preços atrativos.

      • Felipe

        Ah cara, mas isso é perigoso pra cacete. Da pra usar esses planos como forma de reduzir o crescimento de outros sites/plataformas e tal, não gosto muito desses planos não

        • Cesar Osvaldo Müller

          Livre mercado, se usam pra barrar uma empresa, poxa que má sorte a dela…

          • JN Marcos

            Livre mercado é poder fazer o que quiser? Há leis. Não se pode por exemplo uma empresa sabotar uma outra empresa, e “tadinha da outra, mas problema dela”. Tá errado.

          • Cesar Osvaldo Müller

            Não é poder fazer o que quiser, mas é haver regulamentação mínima em determinado mercado, coisa que infelizmente no Brasil quase não ocorre

          • JN Marcos

            Mas teu comentário inicial não quis dizer isso. Agora, apesar de discordar em partes de ter o mínimo de interferência do Estado (mas também não sou favorável em um “Estado mandão”), ok.

          • Cesar Osvaldo Müller

            Meu comentário original não quis dizer outra coisa… Mas relaxa, não sou comentarista de portal que fica jogando mil pedras, estou aqui para ouvir opiniões e melhorar sempre ☺️😊

          • JN Marcos

            Por isso existe o espaço, comentar e saber que pode receber outros comentários, outros pontos de vista. Mas tem outro sentido ao que falei sobre isso: “Livre mercado, se usam pra barrar uma empresa, poxa que má sorte a dela…“? Talvez tenha se expressado mal, mas foi a esse comentário que eu comentei. E, me parece claro, que não é isso.

          • Cesar Osvaldo Müller

            Talvez tenha expressado mal, perdão pelo vacilo 😉

          • Rodrigo

            Cara, o livre mercado é tão utópico quanto o comunismo. Se tem regulamentação, já não é livre. É livre, pero no mucho.

          • JN Marcos

            Bem, falei isso quanto a definição de livre mercado usual. Não se pode dizer que uma empresa se “teve o azar” de uma outra entrar em seu caminho, utilizando de táticas sujas, seja considerado livre mercado.

            O que você disse tem muito a ver com o conceito de liberdade, no qual até hoje é debatido. O que é ser livre? Uns consideram fazer o que quiser. Outros já dizem que é fazer qualquer coisa que não interfira na liberdade de outrem (aí já entra o grau de interferência. O que é interferir?)…

            Ou seja, no comentário apenas contestei sobre, pra mim, uma falsa liberdade. “Uma empresa sabotar outra, é livre mercado?”. Pra mim, nunca.

            Mas quanto a sua afirmação dos modelos e utopia, eu concordo. Não vejo sendo possível um mundo que seja comunista nem tampouco anarquista.

          • Rodrigo

            Meu amigo, a ideia do livre mercado é justamente não haver leis regulamentado o mercado! Meu Deus, de onde tu saiu? Como é que podes defender algo que nem conhece direito? Segundo essa teoria econômica não cabe ao estado regular porra nenhuma. Esses problemas seriam resolvidos pelo próprio mercado. Se o estado precisa intervir é porque essa teoria se mostrou impraticável e não consegue resolver seus problemas.

            Você até pode defender uma economia que tenha elementos de livre-mercado, mas livre-mercado puro non ecziste. Não é você que define o que é ou não livre-mercado. O que você acha pouco importa.

            Respondendo às suas perguntas, qualquer lei que o Estado faça que regule o mercado é interferir e já não é mais livre mercado. Simples assim.

            Conceitua aí qual é a definição de livre-mercado usual que você cita no começo do artigo.

            O problema de vocês deslumbrados é que defendem algo sem nem ao menos saber direito do que se trata. “Queremos livre mercado”. Aí quando não sai a contento “nossa, essa empresa tá abusando, cadê o Estado pra quebrar esse monopólio?”

          • JN Marcos

            Meu, passasse do entendimento mesmo. Tá claro no meu comentário que não sou favorável a um sistema que não exista o Estado: “Mas quanto a sua afirmação dos modelos e utopia, eu concordo. Não vejo sendo possível um mundo que seja comunista nem tampouco anarquista.”, logo um livre mercado total (sem um Estado), não.

            Você confunde href=”https://www.jusbrasil.com.br/topicos/289724/sabotagem”>sabotagem, que é um crime, com regulação do mercado. Um bom senso já seria suficiente para entender que assim como homicídio, a sabotagem é uma anomalia. Uma empresa ter “direito” de sabotar a outra seria algo tão ridículo, quanto uma pessoa ter “direito” de matar outra. E se olhar bem, a sabotagem é uma ação negativa, de impedimento da ação normal do mercado.

            Você enxerga livre mercado como algo que as empresas podem fazer o que quiser, passar por cima de tudo e todos. Não há leis. Eu contesto isso. Não faz sentido. Há leis. E as leis tem de ser obedecidas. E a sabotagem é uma lei a meu ver que evita a desregulação do mercado, não o contrário como você quer. O que vejo que muitos liberais contestam é a grande participação do Estado em decisões que em princípio deveriam ser do mercado. Concordo em partes, porém, acho exagerado como muitos comportam como se o Estado fosse inimigo (como no caso acima, na qual o cara “defendeu” como se a empresa quisesse sabotar a outra, poderia). Assim como estadistas podem ver as empresas como inimigas.

            Pelo o que vi, você tem posicionamento semelhante a mim. Realmente, não estou entendendo.

      • JN Marcos

        Nem toda promoção é válida. Essa é uma, pois tem viés promocional tão ruim quanto a promoção nas baladas, ravers… Que definem o preço que você vai pagar PELA MESMA COISA (entrar no estabelecimento) pelo seu sexo.

        • Diogo Nóbrega 🌳💺😂

          Tudo bem, concordo. Vamos dizer assim: qualquer tipo de ação, exceto aquelas que promovem comportamentos errados. OK?

    • Jefferson Rodrigues

      Eu li que ainda não há nada de concreto sobre a neutralidade. Ainda está para ser discutido.

      • Renan
        • Jefferson Rodrigues

          Mas a parte de neutralidade ainda não tá funcionando. O tecmundo já fez uma matéria, este ano, falando sobre isso.

          • Renan

            A única coisa que falta é criarem uma multa para a transgressão. Toda a matéria já foi regulamentada, ao contrário do que afirma o Tecmundo.

          • Jefferson Rodrigues

            Bom, então, eu não sei de mais nada. Só sei que as operadoras estão vendendo planos de internet que só pode usar tal app. Até agora não vi nenhum órgão do consumidor reclamar disso.

          • Renan

            Esse tema só vai ser levado a sério quando der merda. Brasil vai adiando coisas importantes até que elas se tornem urgentes.

    • ‎Michael

      Na minha visão “zero rating” – ou seja, a não tarifação – não fere a neutralidade na rede. Feriria se fosse mais lento (traffic shapping) acessar o Dailymotion ou Vimeo do que o YouTube

      • JN Marcos

        Concordaria com o zero rating se o USUÁRIO pudesse escolher quais apps/sites ele não teria desconto de seu plano de dados.

  • Ismael Pini Gonzales

    Da meia noite às 8 realmente não é muito interessante para a maioria. Mas a proposta de duas horas diárias (desde que espalhado durante o dia) pode ser interessante.

    • Jefferson Rodrigues

      O que dá pra ver no YouTube por duas horas?

      • A maioria dos canais que me inscrevi postam vídeos curtos de no máximo 10~12 minutos. Pra mim seria legal, pois conseguiria “limpar” meu feed diariamente.

        • Jefferson Rodrigues

          Essa modalidade só é boa para quem não tem Wi-Fi.

      • Ismael Pini Gonzales

        O que mais tem no YouTube são vídeos curtos!
        Sejam vlogs, notícias, críticas de filmes, listas, reacts, clipes e etc…
        Pode ser legal para ver em filas, horário de almoço, ônibus e várias outras situações do dia-a-dia.

  • Jefferson Lopes

    Será muito bom

  • Jucemar Dos Santos Pereira

    De 00:00 hora as 8:00 da manhã não é muito interessante o bom mesmo é oferecer um pacote de dados ilimitado sem redução de velocidade por um preço justo,dessa forma a Tim livraria bastante sem falar q haveria caixa para poder arcar com as manutenções na rede.

  • Anderson Carvalho

    Recebi a pesquisa. E como disse nela, não contrataria nenhuma das ofertas. A Tim já possui os melhores planos e preços do mercado. Só falta uma infraestrutura condizente.

    • Jefferson Rodrigues

      Como você recebeu essa pesquisa?

      • Anderson Carvalho

        Recebi um SMS com link pra pesquisa. Ah, e sou usuário do Tim Beta que é o melh…

        • Jefferson Rodrigues

          Sou Beta também é espero recebê-la.

  • Marcus Araújo

    Achei todas as opções apresentadas ruins. De madrugada, não tem apelo (poucos teriam interesse). R$ 30 presidentes denunciados por corrupção por mês só para usar o serviço achei relativamente caro, não acho que pagariam pela promoção se não fosse acompanhada de outros benefícios, como WhatsApp incluso, por exemplo. E 2 reais por duas horas parece coisa de LAN house…

    • Jefferson Rodrigues

      Ou seja, a TIM quer trazer os anos 90 de volta para 2017!!!!

      • Ricardo – Vaz Lobo

        E o sonzinho do USRobotics 56k…

        • Arley Martins

          kkkkkkkkkk. Eu guardei um modem desse. Ele conectava a 55.666kbps. O danado bruto ele.

  • Thiago Mocci

    As opções parecem bem meeeh. Se vierem a ofertar Youtube sem desconto da franquia por uns R$ 30/mensais no Pré (acompanhado de 1 GB para todos os usos, vai), seria ótimo.

    Me pergunto se isso não afetaria e muito a qualidade da rede.

  • Jefferson Rodrigues

    Eu tava falando sobre isso com um cara daqui dos comentários. Estabelecer hora é coisa do passado. Eu tô usando esse da franquia de meia noite até às 8h. Porque tô sem Wi-Fi e tô podendo dormir tarde por estar desempregado.

  • Jefferson Rodrigues

    Se fosse um plano para usar o xvideos de madrugada daria pra entender super bem.

  • De 00:00 ate 08:00, essa hora o certo seria liberar os sites educativos e não youtube ( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)( ͡° ͜ʖ ͡°)

    • Rafael

      Plano TIMasturba

  • ‎Michael

    Só pagaria se fosse algo ilimitado MENSAL nos moldes do T-Mobile. Premiere (PFC) tb seria interessante, tendo em vista que a Tim já patrocina alguns times brasileiros.

  • Aldevany Hugo

    Mas embora se discuta a liberação de alguns sites, a Tim mesmo não tem nem cobertura em muitas cidades brasileiras. Aqui em Moiporá-Go mesmo sequer tem cobertura 2G, quem dera 3G ou 4G, quando a Tim fará a diferença mesmo é levará cobertura para todo Brasil de verdade e não fazendo distinção de lugares maiores e menores?? Que tal Tim trazer cobertura pra cá, temos condições de aderir as suas promoções, mas sem cobertura fica impossível usufruir dos benefícios.

  • Yago G. Oliveira

    Recentemente recebi uma pesquisa relacionada a possibilidade de um plano com dados para usar globo play.

    • Douglas Alves

      Em que operadora? Na TIM? =/

      • Yago G. Oliveira

        Sim

        • Jefferson Rodrigues

          Meu Deus! Kkk

  • Cameron Poe

    17003131 – parece que estamos voltando pra esse tempo hehe!

  • Jeferson Borges

    “uma oferta ‘onde’ você paga um valor fixo” – Oferta não é lugar para ser “onde”. Coloque “uma oferta ’em que'”, ou “uma oferta ‘cujo’ valor fixo é pago”…

  • Cell

    Ou faz o seguinte, todo mundo vira Tim Beta e seja feliz. Meus 20gb dá e sobra.

    • Jefferson Rodrigues

      Eu uso o Beta diário. A minha Net, após reduzida a velocidade, está com uma velocidade de 600kbps. Tô achando estranho.

      • Cell

        Cara corre atrás de ser Beta 10gb ou Lab. Eu não sei como funciona o diário mas esse que tenho é bão demais. Aqui na Zona Sur de SP bate 10mbps de velocidade fácil.

        • Jefferson Rodrigues

          Não tenho interesse nesse pacote por ser caro para o meu perfil.

  • Arley Martins

    Ta errado isso pra mim. Ou libera tudo ou nada. Acho melhor aumentar a franquia sem diferenciar qual serviço será acessado.
    Coloca 30GB de uso e ponto ou vende dados a um preço que seja acessível a todos comprar com prazo de validade de uso. So um ponto de vista que tenho.

  • David Morais

    Essa oferta não vai atrair quase ninguém. Saudade dos planos de 200 mega. Se eles voltassem a oferecer por R$ 1.49 o dia que usar, iria fazer um super sucesso.

  • Wellington Gabriel de Borba

    Eu teria muito orgulho de responder uma pesquisa assim:
    O que você acha da cobertura de dados da TIM no Centro-Oeste:
    ( ) Ruim
    ( ) Péssima
    ( ) Uma pouca vergonha

    • Hemerson Silva

      Hahahahah “uma pouca vergonha”

  • Jean Carlos

    Deveriam era ter plano de dados móveis com acesso ao YouTube em 480p ilimitado, assim como Spotify….sem vantagem nenhuma entre 00:00 e 08:00, sendo que é ilimitado a 15 GB/mês.

  • Italo J. Moraes

    Netflix, Deezer, whatsapp, Facebook + 1GB de dados…
    R$30,00
    Eu assinaria e indicaria pra todo mundo!

  • Chamar 480p de resolução boa é muita boa vontade.

    • Jefferson Rodrigues

      Boa é diferente de ótima. Eu acho, sim, ela boa.

  • Tiago Celestino

    Interessante, porém limitar o horário só mostra que a TIM ñ tem infra para aguentar a demanda.

  • Guilherme Almeida

    Se a Tim oferecesse instagram sem desconto já resolveria meu problema kk

  • Jefferson Viana

    Colocar tarifas mais baratas pra todos não quer, agora receber jaba do YouTube e inventar “promoção” aí e bom pra Tim

  • Rafael

    Acesso grátis de madrugada? É o ‘Plano TIMasturba’.

  • Eustáquio Pinto Rocha

    O ideal é ter acesso ilimitado a todos os conteúdos sem restrições de horários por um valor fixo no pré pago ou no pós.

  • Eustáquio Pinto Rocha

    Desde que não seja tão caro