Início » Gadgets » Facebook e Oculus preparam headset sem fio de realidade virtual por US$ 200

Facebook e Oculus preparam headset sem fio de realidade virtual por US$ 200

Por
19 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A realidade virtual ainda não se tornou a revolução que alguns esperavam. Uma das limitações é o preço: headsets como o Oculus Rift custam US$ 400 e exigem computadores de US$ 1.000. Outro problema é a complexidade para instalar e usar o dispositivo.

Segundo a Bloomberg, a Oculus tem uma solução para tudo isso: um headset que custa apenas US$ 200 e não precisa ser conectado a um PC ou smartphone.

O dispositivo, codinome “Pacific”, aparentemente tem design parecido com o Oculus Rift, porém é mais compacto — e mais leve até mesmo que o Samsung Gear VR. A ideia é que você consiga tirá-lo da mochila para assistir filmes em um voo, tal como é possível com um smartphone ou tablet.

O headset também será voltado para jogos imersivos e, claro, redes sociais — a Oculus foi adquirida pelo Facebook em 2014. Ele terá uma interface semelhante ao Gear VR e virá com um controle sem fio.

Um dos detalhes mais curiosos envolve o brasileiro Hugo Barra. Depois de algum tempo na Xiaomi, ele foi para o Facebook trabalhar na divisão Oculus. Segundo a Bloomberg, a Xiaomi vai produzir o novo headset, e ele será vendido na China com a marca e alguns apps da empresa.

Protótipo “Santa Cruz” sem fio da Oculus

Diversas empresas estão na corrida para criar realidade virtual sem fios. O Google fez uma parceria com HTC e Lenovo para criar headsets VR que não dependem de smartphone ou PC; eles serão lançados no final do ano.

A Samsung também trabalha em uma versão do Gear VR que dispensa smartphone: o protótipo vazado usa processador Exynos e possui tela dupla de 2560×1440 pixels a 90 Hz. O próprio Facebook mostrou, no ano passado, um protótipo do dispositivo “Santa Cruz”, basicamente uma versão do Oculus Rift sem fio.

Em comunicado à imprensa, a Oculus diz: “não temos um produto para revelar neste momento; no entanto, podemos confirmar que estamos fazendo diversos investimentos tecnológicos significativos em realidade virtual sem fios”.

Com informações: Bloomberg, Ars Technica.

  • Marcus Araújo

    A maioria dos comentários que ouço sobre o Gear VR de quem experimentou é “legalzinho”.

    Se querem vender esses dispositivos, seria bom saírem do ” legalzinho” e darem alguma utilidade pra eles. Por enquanto, não acho nem que essa baixa de preços de novos dispositivos popularize, já que ninguém percebe utilidade real desses aparelhos, só acham mesmo “curioso, legalzinho”… Digo por mim também, vejo 0 intenção de compra nisso daí (ainda mais se for pra usar Facebook, plmdds).

  • O óculos VIVE da HTC junto com a Valve é o que tem de melhor. Pra mim é a melhor plataforma pra jogos em VR com PC. Deixa esse Rift pra trás.