Início » Jogos » Rumor: Razer planeja lançar smartphone para gamers

Rumor: Razer planeja lançar smartphone para gamers

Emerson Alecrim Por

Goste ou não da marca, a Razer é um nome forte no universo gamer. A companhia tem uma linha de produtos para o segmento que vai de fones de ouvido a laptops poderosos. A próxima grande investida da Razer pode ser o mercado móvel: a empresa estaria planejando lançar um smartphone especialmente desenvolvido para a jogatina.

Razer - fones

A informação vem da Bloomberg, que afirma ter ouvido fontes familiarizadas com o assunto. De acordo com elas, a companhia está se preparando para lançar uma oferta pública de ações na Bolsa de Valores de Hong Kong. A venda dos papéis pode fazer a empresa alcançar um valor de mercado de até US$ 5 bilhões e ter dinheiro suficiente para aumentar a sua variedade de produtos.

É da maior oferta de equipamentos, presumivelmente, que viria o celular. A compra da Nextbit pela Razer no início do ano reforça os rumores — a Nextbit ficou conhecida por desenvolver um smartphone com armazenamento nas nuvens.

Não está claro, porém, como seria o dispositivo da Razer. Mas, além do armazenamento “infinito” vindo da Nextbit, podemos pensar em tela de alta resolução para realidade virtual, hardware poderoso para processamento de games pesados e até alguns botões de joystick integrados.

Smartphone Robin, da Nextbit

Smartphone Robin, da Nextbit

Até o momento, a Razer não comentou a informação. Mas a ideia faz sentido, pelo menos se levarmos em conta que a marca vem tentando aumentar a sua participação no mercado gamer: a companhia tem apostado em uma moeda virtual específica para jogos chamada zGold e está desenvolvendo uma plataforma para eSports, para dar alguns exemplos.

O que pesa mesmo é a questão da relevância: será que há mercado para esse tipo de produto? As tentativas anteriores até chamaram atenção, mas não foram exatamente grandes sucessos. O exemplo mais emblemático, provavelmente, é o do N-Gage, mistura de celular com videogame portátil que a Nokia lançou em 2003.

Mas o exemplo mais próximo da possível proposta da Razer é o Xperia Play. Lançado pela Sony Ericsson em 2011, o dispositivo é um smartphone com Android 2.3 Gingerbread que se diferenciava na época por ter uma espécie de joystick deslizável na parte traseira.

Xperia Play

Xperia Play

Não dá para dizer que a ideia não era bacana — chegamos a fazer um review do Xperia Play no Tecnoblog. Porém, a tela não muito adequada para jogos e o preço elevado estão entre os fatores que ajudaram o dispositivo a não vender bastante.

Hoje, temos mais recursos tecnológicos e uma variedade muito maior de jogos para Android. Se a Razer tiver jogo de cintura para explorar esse cenário mais favorável, pode dar certo. Talvez o smartphone gamer da marca vire até símbolo de um novo e promissor nicho no mercado móvel.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Julio S Rank
Porém como a fabricante de smartphones que eles compraram era focado em um sistema na nuvem, não duvido que possam aparecer algo como o Nvidia Shield. Onde os jogos ficam armazenados na nuvem e você não precisa de um hardware bom para jogar.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Tudo bem, só achei demasiado os 98,5%. Já testei mouse, fones e teclados da Razer e gostei, quais produtos você acha que são merdas?

Mago Erudito®
Tudo bem, só achei demasiado os 98,5%. Já testei mouse, fones e teclados da Razer e gostei, quais produtos você acha que são merdas?
Tony Soprano
É por isso que eu não coloquei 100% dos produtos são uma merda, há exceções.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Tenho um mouse razer, provavelmente o mais barato da linha deles, há quase 10 anos e continua funcionando perfeitamente.

Antes desse mouse eu trocava no mesmo tempo que a minha escova de dentes a cada dois meses.

Mago Erudito®
Tenho um mouse razer, provavelmente o mais barato da linha deles, há quase 10 anos e continua funcionando perfeitamente. Antes desse mouse eu trocava no mesmo tempo que a minha escova de dentes a cada dois meses.
marcos_5000
Sempre quis ter um Xperia Play. Podiam lançar um novo modelo dele. :/ Inclusive, saudades da época que as empresas realmente estavam interessadas em lançar aparelhos diversificados, diferente de hoje que a intenção é mostrar números bonitos. :P
João

O que importa pra eles é que venda, e isso é garantido com a molecada.

Joaomanoel
O que importa pra eles é que venda, e isso é garantido com a molecada.
Gertrudes, a Lhama Morta

O que o Switch tem a ver com o 3DS, pra ser a versão 2.0 dele?

Gertrudes, a Lhama
O que o Switch tem a ver com o 3DS, pra ser a versão 2.0 dele?
Carlos Alex
Olha aí a oportunidade, vou comprar uma fita de led da China e revender por uma fortuna falando que é led gamer
Marcus Araújo
Vão pegar um smartphone comum like a Moto G com Snapdragon 410 ou equivalente piorado da MediaTek, enfiar 500 LEDs até parecer uma espaçonave, cobrar 10 vezes mais = fórmula geral do produto gamer. Basta só as LEDs, não precisa nem do joystick...
FABIO NEVES
O foda é que mesmo sendo ruim e tendo produtos vagabundos, a molecada pira com a razer. Tudo é caro para cacete e, mesmo assim, vende muito - Virou grife gamer... Não duvido nada que o telefone tenha alguma relevância, pois de marketing eles entendem bastante.
João Da Silva
Carecemos de consoles portateis desde o tempo do psp. O ps vita é um psp com grife e o switch é um 3ds 2.0 Tenho convicção que no futuro não seremos obrigados a ter um trambolho na sala para jogar bons jogos... mas tem demorado esse futuro...
Exibir mais comentários