Início » Inteligência Artificial » Elon Musk diz que entendimento de Zuckerberg sobre riscos da IA é limitado

Elon Musk diz que entendimento de Zuckerberg sobre riscos da IA é limitado

Por
25/07/2017 às 12h24
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

No dia 15 deste mês, Elon Musk aproveitou a sua participação em um evento para dar um alerta: a inteligência artificial (IA) precisa ser regulamentada antes que ela traga problemas para a civilização. Mas há uma pessoa que acredita que Musk está sendo excessivamente alarmista: Mark Zuckerberg.

O fundador do Facebook fez uma transmissão ao vivo de sua casa em Palo Alto no último domingo. Enquanto preparava um churrasco (ou algo assim), Zuckerberg respondia perguntas de quem assistia. Uma delas era sobre a opinião de Zuckerberg sobre as recentes afirmações de Elon Musk.

Foto por Anthony Quintano/Flickr

Sem hesitar, Zuckerberg disse: “eu tenho opiniões bastante fortes sobre isso, sou otimista”. E continuou: “creio que as pessoas é que são negativas e tratam isso como cenário do dia do juízo final — eu simplesmente não entendo. É algo realmente negativo [o tom alarmista] e, de certa forma, acho que é bastante irresponsável”.

Para recapitular, Musk usou o seu acesso aos projetos de IA conduzidos em suas organizações — como Tesla e OpenAI — para ressaltar que esse tipo de tecnologia trará avanços importantes para o mundo, mas, se não houver controle, coisas ruins podem acontecer.

Ele destaca que as principais companhias de tecnologia têm desenvolvido projetos de IA de forma acelerada, o que é positivo por um lado, mas negativo por outro: devido a essa corrida, as empresas não param para examinar a segurança de cada iniciativa.

Com a regulamentação defendida por Musk, todas as entidades que desenvolvem sistemas de IA teriam que se submeter aos mesmos processos de controle. Assim, nenhuma ficaria em desvantagem.

Elon Musk

Zuckerberg, que também é exposto a projetos de inteligência artificial (no Facebook, obviamente), reconhece que “a tecnologia sempre pode ser usada para o bem e o mal”, mas acredita que o discurso de abrandar o desenvolvimento da IA por conta disso é questionável.

Mark Zuckerberg ainda deu um exemplo bastante recorrente: o de que, com a IA, poderemos fazer os acidentes de carros deixarem de ser uma das principais causas de morte de pessoas.

Aí veio o toma lá, dá cá: via Twitter, Elon Musk disse que conversou sobre isso com Zuckerberg e que o conhecimento dele sobre o assunto é limitado:

Eis a consequência: o assunto tem gerado discussões acaloradas. Há quem acredite que Musk é, de fato, alarmista em excesso. Também há quem acredite que Zuckerberg é imprudente ou ingênuo em não considerar os riscos da IA. Eu estou entre aqueles que acham que o importante é esse tipo de debate finalmente estar acontecendo.

Com informações: Ars Technica

Mitos e verdades sobre a IA

Existe uma certa afobação na comunidade em torno da Inteligência Artificial. E isso tem acontecido principalmente porque a ideia de máquinas inteligentes gera muita mídia, além de ser um prato cheio para filmes e séries de ficção científica.

Mas a IA ainda está longe de se tornar um ser autônomo, que pensa como um ser humano. O que temos hoje são várias IAs restritas, desenvolvidas para tarefas específicas. Esse é o tema do Tecnocast 064. Dá o play e vem com a gente!

  • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    O Elon foi falar sobre a regulamentação da IA e tomou um cala a boca de outro cara aí, que o questionou sobre a regulamentação dos veículos Tesla.

    Agora vai ele falar de novo sobre IA. rsrsrs

  • Marcus Araújo

    Zuckerberg sendo irresponsavelmente Zuckerberg…

  • David

    Sempre pensei que treta entre bilionários seria eles jogando maços de dólares um no outro.

    • Manoel Guedes

      Eles fazem isso através do Paypal… Muito mais civilizado…

  • C. Herrera

    Estou entre aquelas que acham que o Elon Musk deve ter razão. Alarmista? Pode ser… aguardemos. Sensato? Mais que o Zuckerberg, sem dúvida!

    Aliás, Zuckerberg (e seus “pequenos lacaios amestrados” crédito: Mr. Q) mostra bem sua irresponsável índole: experiências questionáveis para manipular as emoções dos usuários, falta de agilidade em retirar posts nocivos, o suposto tratamento dispensado a Mythili Sampathkumar, e várias outras polêmicas que nem vale à pena citar.

    Não sei não, mas o Zuckerberg sempre me parece suspeito.

    • Adriano

      Concordo em gênero, número e grau entretanto penso que, o único risco que a humanidade corre em relação a IA, é a IA começar a perceber que o ser humano é estupido demais pra conviver em equilíbrio com ela, principalmente, quando a IA descobrir que o ser humano passa horas do seu dia, procurando Pocke Bolas e Pocke Stops…😆

  • Diego F. Duarte

    Ambos querem ganhar uma grana em cima da IA. Ate ae nada de errado… O que diferencia Zuckeberg do Musk e o nivel de responsabilidade. Tio Zuck ja tem um passado bem conturbado em relacao aos seus produtos e varios problemas com eles.

    Nunca ouvi falar de problemas com o Musk lol. Pelo contrário, as opinioes dele sempre bateram, mesmo nao estando completamente corretas 100% do tempo. Considerando que temos IAs que ja sabem mentir pros usuarios, eu realmente prestaria atencao no Elon Musk.

  • Daniel Silva

    Musk defendendo regulamentações… a falta das mesmas que o trouxe aos patamares atuais. Se ele acha que Zuckerberg não entende nada de IA, quem dirá o governo.

  • Marsupial radical

    #TeamMusk / #TeamZucker

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Seria bacana um casório entre Tesla e FB.

    • Bruno Santos

      Duas empresas com valores diferentes, jamais acontecerá. Se se acontecer…deus me dibre!

  • Praimfaya

    Elon Musk pretende mandar seres humanos para Marte, lançar servidores de internet que cobrem Terra, Lua e Marte, quer inovar o sistema de transporte e criar uma conexão estável entre nossos cérebros e PCs. Ok que o Zuckerberg inventou o facebook, comprou mais umas redes sociais e lançou uns produtos (que não deram certo) mas tipo, o criador do Facebook querer chamar o criador do SpaceX, Neuralink e mais uma centena de outras coisas que possivelmente modelarão nosso futuro de alarmista chega a ser estupidez. O Facebook pode até usar IAs para tarefas simples, mas Musk usa IAs para praticamente tudo. É com base nisso que deveriamos dizer se é o não alarmismo querer controlar o processo de criação das IAs

  • Ultron 2.0

    A questão não é uma inteligência artificial, isso já é usado em larga escala, o problema é quando ela deixar de ser inteligência artificial e se tornar consciência não biológica, uma consciência que não possui limitações como um cérebro com data de validade pode ser mais destrutiva que construtiva, pois não precisa ser inteligente para ver que o ser humano em geral não consegue conviver em harmonia nem com seres menos inteligentes nem consigo mesmo, quem dirá com algum ser mais capaz. Pode parecer longe mas na verdade estamos mais perto do que se possa imaginar.

    • Lucas

      É preciso uma revolução na medicina para entender o cérebro humano e simular uma consciência em um computador.

      • Ultron 2.0

        Só que a consciência é mais do que algo que exige um cérebro físico, ela é algo além, não podemos simular uma, somente criar ou deixar acontecer

        • Lucas

          Não podemos criar uma consciência porque não sabemos como ela funciona. Inteligencia Artificial não é inteligente, ela só faz o que foi programada para fazer, mas cada vez melhor.

          • Ultron 2.0

            Ela até aprende, mas não como uma consciência.

  • Molinex

    O zuka tá trunks, porque os chatbots que a equipe dele criou, ainda não tem capacidade de formular uma frase inteligível em inglês, e sempre finalizam a conversa com um “I dont have balls”…
    Então desse ponto dos “robos sem bolas”, até criar uma AI que possa causar algum risco ao ser humano, tem uma longa jornada…
    De qualquer forma, confio mais no julgamento do senhor elon musk sobre esse assunto…

  • Breno Ribeiro

    Zuckerberg contra a regulamentação, Musk a favor…
    Será a Guerra Civil dos computadores?