Início » Celular » Maior casa de câmbio vai enfim dar suporte ao Bitcoin Cash

Maior casa de câmbio vai enfim dar suporte ao Bitcoin Cash

Emerson Alecrim Por

A Coinbase, a maior casa de câmbio de moedas digitais do mundo, se rendeu ao recém-lançado Bitcoin Cash (BCC ou BCH): temendo entrar em uma enrascada, a empresa havia decidido não apoiar a iniciativa, mas mudou de ideia ao perceber que a nova criptomoeda se tornou rapidamente uma das mais valiosas do mercado.

O Bitcoin Cash surgiu no início do mês por decisão de um grupo que achava que o Bitcoin original (BTC) não estava dando mais conta da demanda de transações. O sistema tradicional só permite sete transações por segundo. Por conta disso, muita gente tinha que aguardar dias para que suas operações pudessem ser concluídas.

Uma mudança capaz de aumentar a capacidade de processamento do Bitcoin foi proposta e implementada (o SegWit), mas um grupo liderado pelo ex-engenheiro do Facebook Amaury Sechet argumentou que isso não seria suficiente. É daí que vem o Bitcoin Cash: trata-se de uma implementação do Bitcoin, mas com limite de transações até oito vezes maior.

Só que o assunto é polêmico: há gente que acredita, por exemplo, que o aumento de capacidade dificultará o processamento de blocos por usuários individuais, deixando o controle do ecossistema nas mãos de poucas organizações. Além disso, algumas empresas temem que a nova moeda digital fracasse e gere prejuízos.

A Coinbase estava no grupo das organizações que desconfiavam da nova proposta, razão pela qual decidiu não negociar o Bitcoin Cash em sua plataforma. A intenção da empresa com a decisão era, declaradamente, manter a hegemonia do Bitcoin original.

Para reforçar a resistência à ideia, a Coinbase também comunicou aos seus clientes que não permitiria que eles usassem seus valores no Bitcoin tradicional para reivindicar direitos em Bitcoin Cash — os usuários que já tinham bitcoins ganharam a mesma quantidade de moedas em Bitcoin Cash no momento da divisão.

Coinbase

Não deu outra: em pouco tempo, a Coinbase viu a sua base de clientes diminuir sensivelmente. Na mesma intensidade, a quantidade de reclamações aumentou. Isso explica, provavelmente, a decisão da empresa de mudar de postura tão rápido e passar a dar suporte ao Bitcoin Cash.

Em post no blog da Coinbase, David Farmer, diretor da empresa, disse que a plataforma reconhecerá a nova criptomoeda até 1º de janeiro de 2018. Mas o mesmo comunicado mostra que a Coinbase ainda está cautelosa: o suporte só será dado no prazo informado "se não surgirem riscos adicionais durante esse período".

Outro sinal de cautela é que as transações (compra e venda da moeda) só serão suportadas em data posterior. O suporte a ser ativado até o início de 2018 valerá somente para retiradas. Enquanto isso, tanto os valores em BTC quanto em BCH serão armazenados em segurança, afirma a empresa.

Muita gente não ficou satisfeita. Nos comentários do post oficial sobre o assunto, tem até usuários acusando a Coinbase de reter os valores para fins obscuros.

É uma novela que ainda vai render muitos capítulos.

Com informações: Business Insider, TechCrunch

Tecnocast 071 - Vale a pena investir em bitcoin?

Não é por acaso que tanta gente vem falando sobre Bitcoin. A criptomoeda já chegou a valorizar mais de 10.000% em apenas um ano e bateu recordes históricos em 2017: um único bitcoin passou a valer mais de dez mil reais. E muita gente acredita que o Bitcoin não apenas continuará essa subida exponencial, como um dia poderá substituir a moeda que nós temos.

Calma! Será que vale a pena investir em bitcoins? O que é minerar? O Bitcoin será a moeda corrente mundial? Como uma blockchain vive, se alimenta e se reproduz? Dá o play que a gente conta tudo!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

3-6-9

A Poloniex vai creditar BHC no dia 14/08 para os clientes que possuíam BTC no dia do fork.

https://poloniex.com/press-...

868686
A Poloniex vai creditar BHC no dia 14/08 para os clientes que possuíam BTC no dia do fork. https://poloniex.com/press-releases/2017.08.03-Bitcoin-Cash-Update/
Ligeiro
Vou tentar uma analogia boba: Imagine se um país sair da Zona do Euro, por exemplo a Espanha. Teoricamente com isso, os espanhois voltariam a moeda anterior deles, a Peseta. Para evitar uma espécie de "reclamação" da população, que vive de negociações na Zona, as pessoas teriam o tanto de Euros que tem em carteira em Pesetas, mas teriam as duas moedas e poderiam gastar até o fim do estoque do Euro que tinha na mão no mercado interno até uma data, só ficando com as Pesetas, e depois negociando as pesetas no mercado interno (Espanha) e o Euro apenas no mercado externo, geralmente fazendo câmbio quando necessário.
Anakin
o blockchain só da pra separar, nunca unir
Deilan Nunes
nao vao se unir...agora sao duas moedas diferentes
Gabriel
Parece que não
Anayran Pinheiro
Não adianta, bitcoin pode ter um imenso valor, mas não é mais importante que o dólar que eles ganham nas transações, hahaha
dojootaku
Como dois blockchains vão se unir em um só, fiquei curioso.
3-6-9

E quem tem BTC em exchange, também recebe o equivalente em BCH?

868686
E quem tem BTC em exchange, também recebe o equivalente em BCH?
Ricardo Bahia
Bitcoin Cash está se desvalorizando (https://www.viabtc.com/quot/realtime?currency=btc&dest=bcc&chart=simple) mas, vai que... aconteça com ela o que aconteceu com o BitCoin? E se, um dia, se unam numa moeda só? É uma aposta.
Gabriel
Então, dia 2 o BCH tava uns 700$. Se tivesse vendido por esse preço, o ganho seria maior.
Kaio
Tá, mas ele ainda ganhou uns 10% sobre o que tinha antes com a criação da nova moeda?
Gabriel
Quem tinha 1 BTC agora tem 1 BTC e 1 BCH (Isso se o BTC estivesse em carteira própria). Com o BTC a 2859$ e o BCH a 290$, quem tinha 1 milhão em bitcoin agora não tem 2 milhões.
Kaio
Quem tinha 1 milhão em bitcoin agora tem 2 milhões?