Início » Negócios » Domínio de site neonazista é banido da GoDaddy, migra para o Google e vai ser banido de novo

Domínio de site neonazista é banido da GoDaddy, migra para o Google e vai ser banido de novo

Por
2 anos atrás

Um dos assuntos do final de semana foi uma marcha que contou com a participação de centenas de neonazistas na cidade de Charlottesville, nos Estados Unidos, que resultou em terror e conflitos. Na madrugada desta segunda-feira (14), o domínio do site Daily Stormer, que defende a supremacia branca, foi banido pela GoDaddy. Então, os responsáveis decidiram migrar para o Google. Mas eles serão banidos novamente.

O Daily Stormer se autointitula “o site republicano mais genocida do mundo”. A página contém seções como “O Problema Judeu” e “Guerra de Raças”, trazendo publicações com manchetes como “Trump ataca preto bastardo dramático que renunciou ao conselho por suposta declaração falsa”, “Mulher morta em estrada era uma gorda de 32 anos sem filhos”, entre outras que eu não tive estômago para ler.

Amy Siskind‏, cofundadora da The New Agenda, organização que defende os direitos das mulheres, comentou no Twitter que a GoDaddy hospedava o Daily Stormer e pediu aos seguidores que retuitassem a mensagem caso concordassem que o site deveria ser retirado do ar. A publicação já passou de 9,5 mil retweets.

A resposta da GoDaddy veio em menos de duas horas: “Informamos ao Daily Stormer que eles têm 24 horas para migrar o domínio para outro provedor, uma vez que violaram nossos termos de serviço”. A empresa informou ao TechCrunch que não hospeda o site, embora tenha registrado o domínio, e disse acreditar que “esse tipo de artigo pode incitar violência adicional”.

Com o banimento da GoDaddy, muitos foram ver para onde o Daily Stormer decidiu transferir seu domínio. Uma olhada rápida mostra que o dailystormer.com agora está registrado no Google Domains. Mas o Google rapidamente se pronunciou ao The Verge: “Estamos cancelando o registro do Daily Stormer com o Google Domains por violar nossos termos de serviço”.

Pelo visto, eles terão mais dificuldade para espalhar as ideias por aí.

Mais sobre: , ,