A Receita Federal sempre fica de olho em viajantes internacionais para apreender produtos que, com o intuito de evitar impostos, não são declarados. E, de vez em quando, esses itens são vendidos em leilões que arrecadam fundos para o governo.

Em 25 de agosto, a Receita Federal do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), vai realizar um leilão com diversos tipos de produtos. Isso inclui uma quantidade notável de iPhones, drones, PlayStations 4 e até mesmo servidores de rede.

O edital e as mercadorias podem ser vistos aqui. Para participar, você precisa de um certificado digital, acessando o e-CAC neste link; e uma certidão negativa de dívidas com a União (disponível aqui). Se você tiver dúvidas, confira o manual para leilões neste link.

Se quiser, você pode ir até Viracopos para dar uma olhada nos produtos leiloados. Eles ficam no Armazém de Mercadorias Apreendidas, e podem ser visitados entre 14 e 23 de agosto, das 9h às 12h e das 13h às 16h, mediante agendamento prévio em (19) 3725-6866.

No ano passado, a Receita arrecadou R$ 219 milhões em leilões realizados por todo o país. Este ano, o valor deve ser ainda maior: até julho, eles já conseguiram R$ 210 milhões vendendo itens apreendidos.

Esse dinheiro é dividido em duas partes: 40% vão para a Previdência Social, Saúde e Assistência Social; os outros 60% vão para o Fundo de Desenvolvimento de Atividades Fiscais (Fundaf), para atividades de fiscalização do governo federal.

Abaixo, listamos os principais produtos tecnológicos do leilão de Viracopos, com seu respectivo preço mínimo. A lista completa segue no final do post.

Drones

  • lotes 131 e 132: drone Phantom 2 com bateria, por R$ 1.480
  • lote 180: drone DJI Spreading Wings S900, estabilizador DJI Zenmuse Z15-GH4 e acessórios, por R$ 6.590
  • lote 210: drone Phantom 2, por R$ 1.200

Servidores

  • lote 138: servidor Blue Coat 9000, por R$ 15.900
  • lote 159: servidor Dell PowerEdge R420 e 22 discos rígidos, por R$ 17.043

Câmeras

  • lote 213: filmadora Sony HXR-NX5U, por R$ 3.400
  • lote 215: filmadora Sony HDR-FX7, por R$ 1.040
  • lote 216: câmera PowerShot G16, flash e cartão de memória, por R$ 600

iPhones

  • lote 190: iPhone 7 e uma garrafa de vinho tinto, por R$ 1.000
  • lote 193: iPhone 6S Plus de 16 GB, por R$ 1.740
  • lotes 194 e 197: IPhone 6 de 64 GB, por R$ 750
  • lotes 195 e 196: iPhone 6 de 64 GB e Asus ZenWatch, por R$ 1.150
  • lotes 198 e 199: iPhone 6 de 64 GB e iPhone 5s de 16 GB, por R$ 1.080
  • lote 200: iPhone 6 de 16 GB e iPhone 4S de 16 GB, por R$ 900
  • lote 201: iPhone 6 de 16 GB, duas garrafas de vinho, bolsa, camisa feminina e aliança, por R$ 790
  • lote 204: iPhone 7 de 32 GB, leitor de cartão e uma garrafa de vinho, por R$ 850
  • lote 218: iPhone 6 de 16 GB e iRobot Braava, por R$ 840

Outros

  • lotes 202 e 203: PlayStation 4 de 500 GB e iPhone 6 de 16 GB, por R$ 1.230
  • lote 192: LG G Flex 2 e uma garrafa de vinho, por R$ 410
  • lote 220: notebook Alienware 17 com Intel Core i7 e GeForce GTX 780M, 4 pentes de memória com 8 GB, óculos 3D e capa para tablet, por R$ 2.520

Com informações: Viracopos, Gazeta do Povo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Seubem Cucara

Gustavo, Roubo é o Carnê Leão, furto é quando descontam na fonte.

Seubem Cucara

Não é roubo, é confisco. Confisco é um Roubo Gourmet. É exclusivo do Governo. Governo não rouba, governo ou confisca ou desvia. Os demais sim, roubam. Confesso que eu mesmo fiquei confuso e tive que desenhar até entender. Eu por exemplo, não pago imposto, eu só nego, digo não e pronto. Não é roubo afinal é meu dinheiro, trabalhei por ele e mandei para fora por empresa offS. Se o governo (Receita) pergunta, faço que nem os políticos, ou Zeca Pagodinho: Nunca vi, nem comi, eu só ouço falar.

Seubem Cucara

Tem razão... Um Ladrão, digo, Governo vendendo produtos roubados, digo, confiscados. Eu particularmente não nego, eu só nego, só nego e digo NÃO! NÃO! NÃO! pago nem imposto e nem voluntário afinal, somos todos contribuintes não é mesmo?

Flávio Fachel
A Receita faz questão de enquadrar drones como "aeronaves' na hora de cobrar imposto e obrigar a importar pelo regime normal, mas na hora de leiloar, classifica como brinquedo...
Neto
Livre arbítrio.
Felipe Carvalho
tem como fazer lance online?
Ana M M Scherer
no Brasil é muito facil de viver... é só voce ganhar um salario minimo e voce terá um monte de beneficios... vc pode se cadastrar para ganhar casa... energia mais barata... agua mais barata, tem até credito a celular... e muitos outros beneficios... os nossos politicos ganham votos por conta desse pessoal... mas quem sustenta eles pagando impostos são os que ganham mais... se todos os brasileiros ganhassem um salario minimo será que os nossos politicos poderiam ter a vida que tem... andando de aviao para la e para cá... com todas as mordominias... agora tem que ter a campanha paga pelo governo e o povo tentando sobreviver... se enganando ....
Fabio Schultz
Olha... conheço poucos, fora o Doria, com uma consciência mais liberal.
Julio da Gaita ?
ele apagou o comentário..ksoaksoaksoa
Julio da Gaita ?
a propria lava-jato ja é um filtro nos FDP's pena q agora o temer já ta cerceando a parada. Mas se não me engano o tal da proposta do "Distritão" acaba com isso de quociente eleitoral e está pra ser aprovada. Mesmo não gostando e achando o Doria um bom marketeiro" torço pra ele não fazer maiores cagadas e ser um bom prefeito em SP, depois tentar o governo do estado, mas sinceramente acho tudo muito falso e sou muito cético nesses super acordos com a iniciativa privada dele. Enquanto isso idiotas e velhos larápios como Ciro Gomes vem ganhando força. Vejamos os próximos capitulos dessa merda....rs
Fabio Schultz
Mas porque o Partido acha uma boa lançar o Tiririca? Exatamente pelo quociente eleitoral. Porque é interessante pro PSC e pro PEN tem o Bolsonaro como candidato? De qualquer forma, agora a gente já ta no buraco. Se a consciência da galera não mudar, ISSO também não vai mudar. Você pode economizar um pouco aqui e um pouco ali, mas precisamos de políticos com ideias mais liberais, que entendam que o Estado deve cuidar do mínimo e ponto final. Quanto à corrupção... acho que só levando muito tempo mesmo. Precisamos de mais gerações entrando na política. Espero que menos sociopatas, digo... socialistas.
Julio da Gaita ?
Não acho que isso seria a solução para o caso, no máximo iriam crescer candidaturas a la Tiririca, Bolsomito e outros palhaços. Acho que a unica forma de mudar isso seria rebaixar o salario de nossos parlamentares, (senadores, deputados fed e estaduais) e tornar os mandatos únicos e sem direito a reeleição acabando com sangue-sugas conhecidos do poder, renan calheiros e tantos outros cuzões. A participação política deveria ser civíca e não pra entronar esses barôes do poder, nossos representantes na camara dos deputados são uma piada de mal gosto. E a fatia do bolo dos impostos deveria ser repartida de forma a valorizar os estados e municipios e não uma capital que não tem importância que não seja politica. Impostos e contribuições: 4/8 municipios 3/8 estados 1/8 união
Fabio Schultz
Talvez o caminho fosse apoiar candidaturas sem partidos?
Felipe Costa Gualberto
É exatamente esse tipo de cidadão que o governo quer. Que você abaixe a cabeça diante qualquer imposição que eles fizeram a você. Eles estão roubando não só seus bens materiais e propriedade, mas sim sua própria humanidade.
Marcelo Barreto
A lei é para ser cumprida, se não concorda lute para mudar. Você parece os caras questionando radar de velocidade nas rodovias Se tem a placa de 40 respeite Se não concorda, vai de ônibus
Exibir mais comentários