Início » Mobile » Nokia 8 é anunciado oficialmente com hardware poderoso e câmera dupla

Nokia 8 é anunciado oficialmente com hardware poderoso e câmera dupla

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Nokia 8 vazou há algumas semanas, se apresentando como um topo de linha com hardware poderoso, câmera dupla e tela de 5,3 polegadas. Agora, a finlandesa HMD Global está anunciando o smartphone oficialmente.

Como já vimos anteriormente, o Nokia 8 tem processador Snapdragon 835, 4 ou 6 GB de RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento interno (com possibilidade de expansão por microSD). A tela IPS LCD é de 5,3 polegadas, tem resolução de 2560×1440 pixels e proteção Gorilla Glass 5. Quanto à bateria, estamos falando de uma com capacidade de 3.090 mAh.

O design é de alumínio e tem uma traseira polida, que dá um aspecto espelhado. A certificação é apenas IP54, ou seja, ele tem proteção limitada contra poeira e resiste a espirros de água, mas não pode ser submerso. A Nokia manteve a entrada de fones de ouvido de 3,5 mm (obrigado) e colocou um leitor de impressões digitais na parte frontal, que também conta com botões capacitivos de voltar e aplicativos recentes.

Há alguns detalhes curiosos na câmera. O Nokia 8 é o retorno da famosa parceria entre Nokia e Zeiss, que estampa seu logotipo nas lentes do aparelho. Existem duas lentes f/2,0 na traseira, mas elas não servem para dar zoom — um dos sensores de 13 megapixels é colorido, e o outro é monocromático, o que pode melhorar a qualidade das fotografias, especialmente em condições de baixa iluminação.

Aos veículos americanos, a Nokia está tentando forçar um tal de “bothie” (?). A campanha é basicamente baseada nisso. É uma forma de tirar uma foto ou gravar um vídeo utilizando a câmera frontal e a traseira ao mesmo tempo… porque sim. Você pode transmitir seu “bothie” ao vivo no Facebook ou YouTube diretamente do aplicativo de câmera do Nokia 8, e o áudio é gravado em 360 graus (?) por meio dos três microfones.

O Nokia 8 será lançado inicialmente na Europa, custando a partir de 599 euros, com Android 7.1.1 quase sem modificações. A empresa não informou em quais mercados ele estará disponível, mas já confirmou que os Estados Unidos não estão na lista.

Mais sobre: ,