O Google está testando uma versão mais leve do seu aplicativo de busca, feita para smartphones Android modestos e com conectividade ruim. Ele está limitado inicialmente para a Indonésia, mas pode ser baixado de outras formas.

Eu instalei o Search Lite e coloquei meu smartphone na rede 2G, mas os dados não estavam funcionando; então tive que me contentar com o 3G.

Algumas partes do app estão traduzidas para o português, como “Pesquisa”, “Imagens” e “Tempo”. Outras permanecem em inglês, como “News” e “Translate”, e justamente elas não funcionaram direito no meu teste.

A busca funciona como você esperaria, sugestões adicionais aparecem na parte inferior — se você procura “tempo”, aparece um balão “neste final de semana” — e os resultados carregaram rápido. Nas configurações, você pode forçar o app a usar versões “lite” das páginas, que reduzem o consumo de dados em até 80%.

A seção de imagens tem categorias como “bom dia”, “citações inspiradoras” e “frases de amor” — conteúdo ideal para o WhatsApp, por exemplo — e tem arquivos visivelmente comprimidos, para carregarem mais rápido.

O Search Lite roda no Android 4.2 ou superior e ocupa 12 MB no smartphone depois que você faz login, contra os 190 MB do app normal do Google (sem contar o cache).

O Google está dedicado em adaptar seus serviços para países onde a internet não é muito rápida, e onde as franquias de dados são mais restritivas. O Android Go roda em smartphones mais básicos, recomenda versões lite de aplicativos na Play Store, ativa a economia de dados no Chrome por padrão, e permite baixar vídeos por Wi-Fi no YouTube Go.

Com informações: SlashGear.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Santos
Com certeza. Deveriam sempre prezar pela eficiência.
Perata

Vou mais além. Acho que essa filosofia de menor consumo de dados deveria ser o padrão das empresas, e não para atender apenas um nicho.

Amoeba
Vou mais além. Acho que essa filosofia de menor consumo de dados deveria ser o padrão das empresas, e não para atender apenas um nicho.
Mickão

Isso sem contar que o Messenger Lite é muito mais negócio do que o tradicional (tirando algumas funções básicas que ele ainda precisa incorporar).

Mickey Sigrist
Isso sem contar que o Messenger Lite é muito mais negócio do que o tradicional (tirando algumas funções básicas que ele ainda precisa incorporar).
Baidu feat MC Brinquedo
Mas isso virou padrão pra quase todos os grandes apps. O app começa fazendo A, daqui a pouco o app tá sambando com todas as letras do alfabeto. Daí eis que o DEV é obrigado a lançar uma versão 'lite' pra fazer só a função A novamente.
Miller Oliveira
O Google podia disponibilizar para ios também, essas versões lites dos serviços são uma excelente ideia, mas eu preferia ver WebApps como o Twitter mobile que eu acho excelente no lugar de um aplicativo lite.
Ed
Na rede da TIM na minha cidade (Maringá/PR), durante um mês de testes com um chip novo, eu não conseguia enviar texto pelo WhatsApp nem mesmo no 3G, só no 4G, huahuahuaha
@Sckillfer

Acho interessante as versões Lite, mas já tá virando tapa buraco generalizado pra não otimizar o app principal. Ao invés de ter dois apps de pesquisa, poderiam mover o backend do Google Now/Assistent pra fora do APK principal.

Inflam tanto o APK que tamanha não era a surpresa em limpas os dados do app e TCHÃNAN, adeus sua personalização do Google Now Launcher.

Sckillfer
Acho interessante as versões Lite, mas já tá virando tapa buraco generalizado pra não otimizar o app principal. Ao invés de ter dois apps de pesquisa, poderiam mover o backend do Google Now/Assistent pra fora do APK principal. Inflam tanto o APK que tamanha não era a surpresa em limpas os dados do app e TCHÃNAN, adeus sua personalização do Google Now Launcher.
evefavretto
No meu lugar problemático, nem isso.
Gabriel Brito
Comigo só rola texto via WhatsApp.
Sanic
Ah, saquei.
evefavretto
E, bem, se fosse assim, alguns desses serviços provavelmente estariam conseguindo receber dados. Na maioria das vezes, não é o caso, pelo menos em certo lugar em que o EDGE é particularmente ruim, apesar do sinal OK.
Thiago Ciopék
Acho legal as empresas pensarem também nos aparelhos mais antigos ou até mesmo nos atuais para alguns usuários, convenhamos, ninguém merece um aplicativo do Facebook pesando cerca de 357MB no iOS e mais de 150MB no Android (fora os dados armazenados em Cache), hoje em dia temos Facebook Lite, Messenger Lite, e agora a pesquisa da Google, dependendo do caso eu prefiro abrir o navegador e usar a versão Web no celular mesmo perdendo alguns recursos, os aplicativos estão cada vez mais pesados e ainda existem empresas que querem empurrar aparelhos de 16 GB ou até mesmo 8 GB dependendo da faixa de preço.
Exibir mais comentários