Google Reader. Vine. Grooveshark. Esses serviços foram muito importantes para mim em alguma parte da minha vida, mas todos tiveram que acabar, por um motivo ou outro. O designer Duong Nguyen resolveu criar um local para reunir esses e outros produtos que deixaram de existir.

O Product Graveyard reúne mais de mil projetos que faleceram ao longo dos últimos anos, como Windows Live Messenger, MegaUpload, Delicious e LimeWire.

Cada produto tem uma página dedicada a explicar sua causa de morte — “disputas jurídicas”, “não era prioridade para a empresa”, “foi abandonado por causa do Skype” — além de sua data de nascimento e morte. Até o Adobe Flash já está no catálogo; ele vai morrer em 2020.

Os perfis também incluem alternativas aos produtos falecidos, como o Google Fotos em vez do Picasa, o Clementine em vez do Zune, e o HTML5 em vez do Adobe Flash.

A base de dados só tende a crescer. Alguns produtos finados do Google — como o Orkut, iGoogle e Wave — ainda não estão no site. Felizmente, é fácil enviar uma sugestão para adicioná-los: basta preencher este formulário curto com o nome, categoria e descrição.

Dê uma olhada no Product Graveyard e veja se ele traz lembranças de algum produto que você amava, ou se está faltando algo na lista.

Com informações: Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel R. Pinheiro

O WhatsApp faz bem o papel de quem? Se tem um mensageiro hoje que faz bem o papel do MSN, e olhe lá, é o Telegram.

WhatsApp:
- Na lista de contatos, só sei se alguém está online ao entrar na conversa;
- Não tem personalização (de aparência, emojis, fontes);
- Sem atalhos para emojis;
- Não tem bloqueio (precisa de app de terceiros para isso);
- Não há como chamar atenção;
- Nada de organização de contatos;
- Sem apelido pra contatos (ele utiliza o nome que tiver salvo no celular);
- Impossível permanecer offline (invisível) ao abrir o aplicativo;
- Sem joguinhos passa tempo.

e por aí vai...

obitow
https://uploads.disquscdn.com/images/51d60d9cd87d8eb03e48d69ae0f141e363021620299efc1faf1d678cd3a22a3d.jpg
Tchones
Adicionaram o Wave e o Orkut.
Cássio Amaral
Saudades Orkut, MSN, Google Talk...
Thiago Motta
Igoogle. Eu gostava.
Baidu feat MC Brinquedo
Foi muito difícil me despedir do Google Reader. Levei um tempo pra acostumar com o Feedly e hoje não troco por nenhum outro, ainda mais por ter tema escuro. Também me espanto com a galera que trabalha na área e vê tudo no ~feice~. Como não tenho Facebook, uso o Telegram e o Feedly pra me manter atualizado. Já desconsidero a pessoa quando ela chega falando de uma notícia que viu no feisso (por conta das fake news).
Fabricio Carvalho
Prevejo uma galera mandando indicação para adicionarem o Windows Phone
John Smith
Winamp não morreu de fato. Você pode baixá-lo em www.winamp.com e usá-lo normalmente. Porém, com tantos "vai e vem", acabou perdendo relevância e ficando preso no tempo.
Zanac_Compile
VPIC, WINAMP, NDD, TERMINATE, PCTOOLS, XCOPY, a lista é grande
Ed
Testei o Emesene, mas na época fiquei com o Pidgin porque suportava o Google Talk também.
tuneman
eu usava o Emesene como cliente. Considerava melho do que o proprio software oficial....
Ed
Eu usava Linux (Ubuntu) no desktop de casa na época. Usava o Pidgin, era bem legalzinho, mas 100% compatível (todos os recursos) nenhum cliente de terceiros era mesmo.
Wellington Gabriel de Borba
Sim saudades do MSN, poderia voltar para os nostálgicos, mas o WhatsApp faz bem o papel dele.
protocolonerd
sdds google reader
Gedson Junior
Eu bem que tentei me acostumar com o RSS mas não deu. Além do já citado problema de não ter os comentários, alguns sites ficam mal formatados ou perdem conteúdo, tipo imagens e vídeos, fora os sites que não tem o rss. Acabei fazendo uma lista de sites no twitter e acesso pelo navegador mesmo.
Exibir mais comentários