Início » Games » Microsoft quer que Sony permita crossplay em jogos multiplataforma

Microsoft quer que Sony permita crossplay em jogos multiplataforma

Quem tem um PlayStation 4 não consegue jogar certos títulos com outras pessoas que têm Xbox One

Por
39 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Na batalha entre os dois consoles mais populares do mercado, Xbox One e PlayStation 4, ainda há espaço para união. Ou ao menos é o que a Microsoft acredita. Aaron Greenberg, gerente de marketing da Microsoft, afirmou ao Gamereactor que está conversando com a Sony para habilitar o crossplay em jogos que funcionem no Xbox One e PlayStation 4.

Por meio do crossplay, os gamers conseguem jogar um mesmo jogo em multiplayer mesmo estando em plataformas diferentes. “Nós fizemos uma parceria com eles envolvendo o Minecraft [disponibilizando o jogo para PS4] e é claro que gostaríamos que eles fizessem parte disso; uma comunidade para unir os gamers. Nós estamos conversando com eles e temos esperança que eles vão ser favoráveis”, disse Greenberg ao Gamereactor.

Foto por Jon Fingas/Flickr

Especificamente sobre o Minecraft, a Microsoft já entrou em um embate com a Sony. Na E3, foi anunciado que jogadores de Minecraft poderiam jogar em multiplayer através das diferentes plataformas, como PC e Xbox, mas não no PlayStation. O motivo? A Sony não quis.

Como lembra o Ars Technica, não é só com o Minecraft. O jogo Ark: Survival Evolved vai ser lançado no dia 29 de agosto e um dos programadores, Jeremy Stieglitz, revelou no Twitter que internamente eles conseguem rodar um crossplay entre Xbox One e PlayStaton 4, mas a Sony não deixa eles liberarem para o público. E o mesmo acontece com títulos jogos como Rocket LeagueGwent.

Talvez a popularidade do PlayStation 4 seja um motivo para a Sony estar tão relutante em permitir o crossplay para vários jogos. O Gizmodo lembra que o console da Sony vendeu 60,4 milhões de unidades desde o lançamento e estimativas mostram que o Xbox One vendeu apenas 33 milhões.

Mas também há pressão interna envolvida. Em junho, Jim Ryan, gerente de marketing do PlayStation, disse ao Eurogamer que eles não são profundamente contra o crossplay e que já permitiram no passado. “Estamos sempre abertos para conversas com qualquer desenvolvedor ou publisher que quer falar sobre isso. Infelizmente é uma discussão comercial entre a nossa equipe e outras partes interessadas”, disse.