Início » Negócios » Novo CEO do Uber aceita cargo

Novo CEO do Uber aceita cargo

Dara Khosrowshahi é ex-CEO da Expedia e vai comandar o Uber

Por
30/08/2017 às 10h09
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Dara Khosrowshahi foi escolhido como novo CEO pelo conselho do Uber, substituindo o polêmico Travis Kalanick e ocupando uma posição que estava vaga na companhia há três meses. Faltava a confirmação oficial da empresa, e ela veio nas últimas horas desta terça-feira (29).

Refugiado do Irã, Dara Khosrowshahi mora nos Estados Unidos desde os nove anos, se formou em engenharia elétrica e ocupava o cargo de CEO da Expedia desde 2005. Durante seu comando, a empresa de viagens aumentou seu valor de mercado para US$ 23 bilhões, e as receitas cresceram de US$ 2,1 bilhões em 2005 para US$ 8,7 bilhões em 2016.

Dara Khosrowshahi (Foto: The New York Times Company)

No Uber, ele terá que enfrentar a crise de imagem do serviço de transporte, que foi pego com práticas de mercado questionáveis, enfrenta um processo por suspeita de ter roubado a tecnologia de carros autônomos do Google, passou por problemas de qualidade com a expansão acelerada e lidou com denúncias de assédio sexual dentro da companhia.

Khosrowshahi diz em memorando aos funcionários da Expedia, obtido pelo Recode: “Esta foi uma das decisões mais difíceis da minha vida. […] Eu preciso dizer a vocês que estou com medo. Estive aqui na Expedia por tanto tempo que me esqueci de como é a vida fora deste lugar”.

Já o conselho do Uber declara que “votou de forma unânime” para escolher Khosrowshahi como CEO. O executivo será “a melhor pessoa para dirigir o futuro do Uber, construindo produtos de classe mundial, transformando cidades e acrescentando valor às vidas dos motoristas e passageiros ao redor do mundo enquanto melhora continuamente a nossa cultura e torna o Uber a melhor empresa para se trabalhar”.

Mas o processo de escolha não foi lá muito fácil: a intenção do Uber era escolher uma mulher para ocupar o cargo. A lista de candidatas incluía a diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg; a chefe do YouTube, Susan Wojcicki; a diretora geral da General Motors, Mary Barra; a CEO da HP Enterprise, Meg Whitman. No entanto, todas recusaram a proposta.

Dara começa os trabalhos como CEO do Uber nesta quarta-feira (30). Será que a fase de inferno astral da empresa vai acabar?

Mais sobre: ,
  • lobisomem

    Se ele não aceitasse o cargo ele seria o CEO ainda?

  • Pedro Cavalieri

    Dá-lhe Kibe Loco!

  • Anayran Pinheiro

    Espero que esta mudança seja refletida de cima para baixo. Tem muito motorista do Uber sendo babaca as hell como o Travis Kalanick era.

  • Renan

    Ele teria sido contratado antes, mas o setor de relações públicas passou por um treinamento de três meses para escrever e pronunciar o sobrenome do novo CEO.