Início » Mobile » Tecnocast 072 – Os novos super caros

Tecnocast 072 – Os novos super caros

Por
31/08/2017 às 19h15
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Samsung inaugurou uma nova categoria de smartphones com o lançamento do Galaxy Note 8 – o flagship premium. Tá, esse não é o nome de verdade do segmento, mas achei que é uma boa forma de diferenciar os flagships de US$ 900+ dos de US$ 600+.

Mas ela não é a única a querer vender smartphones por quase mil dólares. Segundo os rumores, a própria Apple estaria preparando um modelo que pode checar custando até 1200 dólares. Será que as pessoas têm dinheiro para pagar tudo isso? E qual seria a ideia por trás de um aparelho tão… premium?

Dá o play e vem com a gente!

Assistente de Compras do TB

Comprar pelo melhor preço é muito mais fácil com o Assistente de Compras do Tecnoblog. Nossa extensão monitora milhões de produtos em centenas de lojas e te avisa se ele está em seu melhor preço. Ela ainda conta com um módulo Testador de Cupons que coleta e aplica automaticamente cupons de desconto no seu carrinho de compras.

Usando o Assistente de Compras no seu Chrome você também ajuda o TB a produzir o melhor conteúdo de tecnologia do Brasil. Baixe agora!

Assine o Tecnocast

Edição e Sonorização

Tecnocast é editado por Rádiofobia Podcast e Multimídia.

Arte da Capa

Arte da capa por Ilustrata.

  • Theo Queiroz

    O que acho foda é que 80% das pessoas que comprar esses aparelhos mais caros, usam apenas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens. Coisas que rodam de boa num Galaxy J ou Moto G4.

    • Emanuel Schott

      Não roda da mesma maneira não ein. Use um flagship desses e depois vá para um aparelho mais barato. Você vai notar a diferença.

      Além disso tem outras questões como a câmera.

    • Mesmo que fosse assim, não há problema algum, certo? Não é porque eu uso o carro só para ir de casa ao trabalho todos os dias que eu deveria comprar um Honda Fit em vez de um BMW Série 7*.

      * Se eu tivesse dinheiro.

      • Thiago Miranda

        Uso meu Honda Fit pra passear também rsrsrs

        A exemplo do carro, o status é um fator de grande influencia no mercado, alem de outras questões, preferencia por marca, design, obsolescência, bateria, tela enfim

    • Weliton Junior

      E cada um compra o que sentir vontade, e faz o que bem entender com o próprio dinheiro, não é mesmo?
      Eu uso pra redes sociais, e troca de mensagens… não tenho jogos, não tenho apps pesados, nada disso… mas não abro mão do meu 7 Plus por conta da camera que é realmente sensacional, coisa que um 5S ou um MotoG4 não vai fazer.

    • Francisco

      Quando compro celulares para minha família é assim:
      Você quer celular pra acessar as redes sociais, Youtube, navegar no “Google” de boa ou quer tudo isso de boa mais status. Mais status = preço bem mais alto.

      Então:
      Minha esposa. Sem status pra mim.
      Minha filha: com status pra mim querido papai.
      Para mim: nem status e nem muito básico em questão de hardware.

      Complicado.
      Ah, meu carro é um Uno 2007. Isso mesmo, 10 anos e tem 15 mil km rodados. kkkk

      • Emanuel Schott

        Desculpe falar, mas tem que ser muito frustrado pra achar que só pode ter uma coisa boa se for pra mostrar pros outros.

        Nunca te passou pela cabeça que as pessoas compram coisas melhores e mais caras por considerarem melhores e não pra sair mostrando pros outros?

        • Francisco

          Claro que sim.
          Só citei o exemplo familiar, que deu pra notar que há diferenças. Pois, ninguém é assim igual ao outro.

    • Theo Queiroz

      Mas gente, peraí. Eu não disse em momento algum que é errado ou que as pessoas que gastam mais dinheiro com aparelhos parrudos estão erradas. Eu apenas disse que acho isso foda. Não entendi aí as “ressalvas” de que cada uma faz o que bem entender com seu dinheiro. Eu sei disso. Eu mesmo gasto muito dinheiro com hardware para PC e muita gente acha totalmente desnecessário.

      • Gaius Baltar

        Hardware pra PC nunca é desnecessário! 😀

        • Theo Queiroz

          É o que eu sempre falo pra minha família. Mas mesmo depois de 30 anos, eles ainda não se convenceram. Hahahaha

    • Highlander

      Claro que cada um compra o que quer e pode, mas eu fico com dó de ver aparelho subutilizado. Como se eles fossem vivos e implorassem para serem usados como devem. Ver um smartphone topo de linha sendo usado só pra redes sociais é como aqueles jipões com tração 4×4, reduzida e capacidade de atravessar rios, mas que nunca saem do asfalto.

  • Marco Antonio

    Uso ainda o iPhone 5S, mas por causa do iOS (PESA MUITO) e atualizações.
    acredito que seja bastante importante, e ainda assim não tenho vontade de fazer upgrade por causa dos preços.

    • zoiuduu .

      você aí que usa iphone e parece que nao é fanboy, tem como usar o iphone e DESatualizar ele? (nem que seje por factory reset e talz)

      • Marco Antonio

        Eu sei que se você estiver usando a versão beta, por experiência própria, é só retirar certificado e desatualizar pelo itunes que ele volta pra versão atual (a mais recente antes do beta). Porém nunca tentei desatualizar ele pra uma versão antiga, pelo menos não sem jailbreak. Se houver uma maneira espero que alguém comente aqui.

      • Weliton Junior

        Tem como fazer o Downgrade de forma não oficial, para aparelhos que estejam com Root. De forma oficial não é possível.

    • Gaius Baltar

      Na altura da próxima atualização (também conhecida como daqui a uma semana) faça um restauro sem backup e instale tudo novamente. Dá trabalho, mas o telefone voa.

      • Marco Antonio

        Sobre pesar eu me referi ao momento da escolha do aparelho mas gostei muito de saber disso, obrigado.
        Eu deixo meu backup no pc e reseto ele, só aí eu atualizo, é isso?

        • Gaius Baltar

          O que eu faço é na hora da atualização, quando o iTunes perguntar se quero restaurar o backup ou se quero considerar como um “iPhone novo“, eu escolho esta última opção.

  • Emanuel Schott

    Creio que elas colocam esse preço pra ir no “se colar, colou”. Mas Androids nunca conseguiram manter o preço, ao contrário dos iPhones.

    A Samsung lançou o S8 por R$4200 e hoje, três meses depois, se encontra até por R$2600.

  • Vsoco

    Adorei o episódio! Mas gostaria que os episódios voltassem a ter uma hora e meia… Imagino que a diminuição no tempo deve ter sido uma necessidade, mas um homem pode sonhar!…

  • Francisco

    Sobre a moeda maluca:
    Primeiro, nela tenho pouca verba e do mesmo tamanho tenho pouco verbo: não ao hype.

  • Francisco

    Nunca diga: duzentas gramas, quatrocentas gramas…
    Diga: duzentos, quatrocentos gramas.

    Obs: sou fraco nesse português chato, mas minha cunhada professora de língua portuguesa, vive me corrigindo e aprendi mais essa.

    No mais, ótimo tecnocast.

    • Daniel R. Pinheiro

      Não conhecia essa. Haha, valeu. ^^

      • Francisco

        Português não é meu forte. Longe disso. Mas minha cunhada professora é daquelas “chatas” que vive me corrigindo. Mesmo assim, eu continuo com certos erros devido o dia a dia. A gente escuta errado e acaba replicando errado. Estou me policiando para melhorar meu português.
        Que é chato o idioma brasileiro, isso é.

        • Highlander

          Estou na mesma situação que você. Fui corrigido tanta vezes que nunca mais esqueci uma coisa e acabo notando quando usam errado. E aconteceu no Tecnocast. Não nesse, mas em um outro. Trata-se do uso da expressão “isso vem de encontro” no sentido de concordar, quando essa expressão significa oposição. O correto no sentido de concordância é “isso vem ao encontro”

          • Francisco

            Já vi esse caso aqui.

    • Luiz Aleixo

      Tive um professor de português, cearense por sinal, que quando um de nós dizia “quatrocentas gramas”em sala, logo retrucava “uma grama é o que vocês comem “.😱
      Nunca mais esqueci dessa lição!!!
      Abraços

  • ToxicBR

    Existem pessoas no mundo que podem pagar 2000$, 3000$ ou até 4000$ em um aparelho Flagship Ultra Premium. Eu chamaria de ‘Billionship’ ou ‘Eliteship’.
    Tem vários exemplos aí, vide aquele filho de magnata chinês que comprou dezenas de Iphones e 2 Smartwatchers para o cachorro de estimação.
    Um nicho que pode e deve ser explorado, e vai ser interessante como o pessoal com renda mais baixa aqui no BR que parcelava o último lançamento de iphone em 24x e usava no pré-pago vai se virar para conseguir ter um desses. rsrs

  • Eu jamais (e acho nunca me arrependerei de dizer isso) comprarei um desses aparelhos top de linha no valor que eles pedem. Acho muito caro pelo benefício que oferece. Por mais que existe um grande pode de processamento e periféricos fantásticos, creio que para o MEU uso, não vale a pena. Por isso acabo ficando nas linhas meio-termo. Curtia os Nexus e agora estou gostando da serie Moto G como ótimas opções de custo-benefício para o que EU preciso. Creio que escolha de smartphone é uma questão pessoal, mas que tem alguns aparelhos que não valem o que pedem, ah tem!
    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • zoiuduu .

    lembre-se 1200 dólares é um salário mínimo,,, se brasileiro consegue pagar 5 salarios minimos por um cel,,,, pq um estadunidense nao pode? kkk