Início » Negócios » Bitcoin e outras criptomoedas despencam 20% após decisão da China

Bitcoin e outras criptomoedas despencam 20% após decisão da China

Por
2 anos atrás

Na última semana, as criptomoedas mais populares estavam se aproximando de valores recordes: o Bitcoin, por exemplo, quase ultrapassou a barreira dos US$ 5 mil. E então, todas despencaram vertiginosamente.

O Bitcoin caiu 16,5% em dois dias; o Ether sofreu uma baixa de 23,5%. O mercado como um todo perdeu 20% de seu valor nesse período, indo de US$ 180 bilhões no sábado para US$ 142 bilhões nesta segunda-feira. O que aconteceu?

Para entender isso, é preciso conhecer o conceito de ICO, sigla em inglês para “oferta inicial de moedas”. Trata-se de obter financiamento através da venda de tokens (geralmente baseados no Ethereum) para investidores. Essas moedas podem ficar com você até que a empresa decida comprá-las de volta; ou podem ser vendidas para outros usuários. É semelhante a vender ações na bolsa de valores.

O Banco Popular da China declarou na segunda-feira que concluiu suas investigações sobre ICOs, e decidiu que vai punir severamente essas ofertas no futuro. A atividade está proibida no país, porque “perturbou seriamente a ordem econômica e financeira” — o banco diz que alguns ICOs são golpes financeiros e esquemas de pirâmide.

No total, existem 43 plataformas de ICO na China, de acordo com um relatório oficial. Sessenta e cinco projetos foram concluídos, levantando o equivalente a US$ 400 milhões. No mundo inteiro, o valor total arrecadado em ICOs foi de US$ 1,6 bilhão.

Isso impactou o mercado de criptomoedas, porque colocou um limite para a expansão de suas atividades. Além disso, o governo chinês ordenou que todos os ICOs devolvam os fundos arrecadados para os investidores, então os tokens precisarão ser convertidos de volta para Bitcoin e Ether, gerando alguma incerteza no mercado.

Claro, a queda no Bitcoin ainda o deixou no dobro do valor em que a criptomoeda estava há quatro meses. E como lembra o TechCrunch, a China proibiu o câmbio da moeda local yuan por Bitcoin em 2013, o que fez seu valor cair — mas o país voltou atrás, e os preços subiram novamente. Pode ser que a história se repita para os ICOs.

Com informações: TechCrunch, Bloomberg.

Tecnocast 071 – Vale a pena investir em bitcoin?

O Bitcoin já chegou a valorizar mais de 10.000% em apenas um ano e bateu recordes históricos em 2017: um único bitcoin passou a valer mais de dez mil reais.

Será que vale a pena investir? O que é minerar? O Bitcoin será a moeda corrente mundial? Como uma blockchain vive, se alimenta e se reproduz? Dá o play que a gente conta tudo!

Mais sobre: , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.