Início » Telecomunicações » TIM Casa Internet é a banda larga fixa da TIM via 4G

TIM Casa Internet é a banda larga fixa da TIM via 4G

Mas não se anime: as velocidades são baixas e existe franquia de dados

Por
2 anos atrás

Em outubro do ano passado, a TIM havia anunciado que usaria sua rede 4G para expandir a banda larga fixa TIM Live para fora do Rio de Janeiro e São Paulo. Finalmente temos detalhes sobre o novo serviço, que não tem muito a ver com o que conhecemos: as velocidades são baixas, a assinatura é cara e ainda há limite de tráfego de dados.

São duas opções de velocidade: 2 Mb/s e 4 Mb/s, custando respectivamente R$ 93,90 e R$ 119,90. Há franquia de 50 GB na oferta de 2 Mb/s e 80 GB no plano de 4 Mb/s, e após o consumo integral a velocidade é reduzida para 100 kb/s até o próximo mês. Em ambas as opções, a velocidade de upload é de 2 Mb/s. O cliente que contratar o serviço recebe um modem Wi-Fi sem custo extra, com regime de comodato. A assinatura prevê fidelização de 12 meses.

A disponibilidade ainda é restrita: por enquanto, o serviço só pode ser contratado em Águas Lindas de Goiás (GO), Campo Grande (MS), Rio Branco (AC) e Rio Verde (GO) – essa última já participava de um piloto há mais tempo. A operadora vai lançar o serviço nas cidades de Uberlândia (MG), Uberaba (MG), Petrolina (PE), Maceió (AL), São Luís (MA), Imperatriz (MA), Aracaju (SE), Palmas (TO), Cuiabá (MT) e Várzea Grande (MT) ainda neste mês. O objetivo é chegar a 80 municípios no fim do primeiro trimestre de 2018.

Em comunicado à imprensa, a operadora reforça o caráter inclusivo do serviço, com a estatística de que 80% dos assinantes contrataram o TIM Casa Internet como a primeira banda larga para a casa. O regulamento do serviço diz que a venda do serviço é priorizada onde a operadora possui cobertura de 4G na frequência de 700 MHz, e que o serviço funciona em qualquer lugar com cobertura 3G ou 4G da TIM.

Embora a proibição de aplicação de franquia na banda larga fixa valha para as principais operadoras, o TIM Casa Internet não é considerado pela medida da Anatel. Isso acontece porque o plano faz parte do Serviço Móvel Pessoal (SMP), que é a autorização da Anatel para prestadoras do serviço de celular. A sanção da Anatel vale apenas para provedores de planos de Serviço de Comunicação Multimídia (SCM).

De certa forma, era esperada a existência de franquia e que as velocidades não fossem altas: por melhor planejada que seja, é muito difícil garantir qualidade e banda em redes celulares, que fluem a qualquer minuto e podem receber tráfego extra a qualquer momento. Os planos lançados reforçam que o TIM Casa Internet deve conquistar principalmente clientes em regiões onde as outras operadoras não atuam.

A oferta é bem similar à oferecida pela Sky, que também oferece o serviço via 4G, com as mesmas opções de velocidade e franquia e valores similares. Temporariamente, a Sky diz que não aplica a franquia de velocidade, embora o contrato tenha isso como previsto.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.