Início » Negócios » Huawei ultrapassa Apple e se torna segunda maior fabricante de smartphones do mundo

Huawei ultrapassa Apple e se torna segunda maior fabricante de smartphones do mundo

Samsung continua na liderança absoluta

Paulo Higa Por

A Huawei almeja liderar o mercado global de smartphones até 2020. Eu não sei se os chineses vão conseguir, mas o fato é que eles acabam de ultrapassar uma concorrente bem complicada: a Apple.

De acordo com a Counterpoint Research, a Huawei vendeu mais smartphones no mundo que a Apple nos meses de junho e julho. Os números mais recentes dão conta de que a chinesa ficou com aproximadamente 11,5% de participação de mercado, acima dos 11% da Apple. A Samsung continua na liderança, com 20%.

A consultoria diz que o crescimento da Huawei pode ser atribuído aos “investimentos consistentes em P&D [pesquisa e desenvolvimento] e marketing, juntamente com o marketing agressivo e a expansão dos canais de vendas”. A empresa é forte na Europa, Oriente Médio e América Latina (embora tenha desaparecido do Brasil).

Não sabemos até quando vai durar a vice-liderança da Huawei porque os novos iPhones estão prestes a ser lançados. Final de ano é uma época muito boa para a Apple: a participação de mercado sempre sobe e, em dezembro de 2016, a empresa de Tim Cook chegou a vender mais smartphones que a Samsung, que tentava entender o que havia acontecido com o Galaxy Note 7.

Mas o fato é que a Huawei conseguiu consolidar seu terceiro lugar no mercado global de smartphones — essa posição já foi ocupada por um curto espaço de tempo pela Xiaomi, LG, Nokia, HTC e Sony, mas está com a fabricante chinesa há mais de dois anos. Será que a vice-liderança também vai ficar com ela nos próximos anos?

A propósito, para os mais curiosos, estes foram os modelos de smartphones mais vendidos no mundo em julho:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcus Araújo
Curiosamente, nenhum modelo da Huawei na lista dos 10 mais vendidos. A Huawei faz a tática da Samsung (copiada agora pela Lenovo e Asus) e lança um modelo diferente para cada usuário? Ahahaha Fato é que é bem curioso isso. E a Xiaomi já esteve melhor, né... Só um intermediário no top 10 (e acredito que esteja figurando aí graças à Índia), nada dos topos de linha da empresa.
Portuga Goleta
Oppo não é exatamente uma marca que presa pelo CxB, são bem mais caros que os Xiaomi por exemplo.
Portuga Goleta
Eu diria 8,5 pra cima. Mas também não são exatamente baratos. São bonitos, bem construídos, com boas specs.
Ricardo - Vaz Lobo
Numa pesquisa bem grosseira, qual a nota para os smarts da OPPO?
Danilio Costa Silva
Bem, a OPPO se destaca na Asia, num país como a China, com 1,3Bi de pessoas é esperado que a participação de uma grande empresa reflita diretamente na sua participação no total mundial, mesmo que aqui no Ocidente a representação dela seja quase nula. A Apple entretanto vem fortalecendo sua atuação no Oriente, especialmente na China e com isso tenta manter suas vendas em alta, mas a concorrência atualmente já faz smartphones muito capazes e os consumidores pesam mais o CxB do que era na inicio do Hype do Smartphones.
Jefferson
Oppo é uma espécie de "iPhone intermediário". É como se a Apple ocupasse 5 lugares no ranking. ?
Thalles Ferreira
Um tapa na cara d"a gente", que costuma encher a boca quando vai falar de tecnologia, achando que entende tudo e todos, mas vai ver OPPO com 3º e 4º telefones mais vendidos. Admitamos, mal e mal a gente entende do Brasil (aqui é provável que o número 1 fique com o J7, com o A5...).