Com ventos superiores a 200 km/h, o furacão Irma deixou um rastro de destruição em sua passagem pela Flórida, situação que obrigou milhões de pessoas a abandonarem a região às pressas. Para ajudar na evacuação, a Tesla tomou uma decisão inesperada: liberou uma atualização que permite que certos carros da marca tenham mais autonomia, ou seja, possam ir mais longe com uma única recarga.

Tesla Model S 60

Tesla Model S 60

Foram beneficiados pela atualização os proprietários dos veículos Model X 60D, Model S 60 e Model S 60D. Esses modelos são as versões mais baratas das linhas X e S, por essa razão, contam com algumas restrições, principalmente recargas limitadas a 80% da capacidade das baterias. Essa característica faz esses carros terem uma autonomia de até 408 quilômetros.

Como essa é uma restrição controlada por software — o X 60D, o S 60 e o S 60D têm baterias de 75 kWh, mas o sistema impõe um limite de 60 kWh —, a Tesla oferece aos proprietários dos modelos em questão a opção de retirar o limite de 80% mediante um pagamento que varia entre US$ 3 mil e US$ 9 mil, dependendo do pacote de update escolhido. Com essa medida, o veículo recebe uma autonomia extra de até 65 quilômetros.

A decisão de liberar o desbloqueio para todos os proprietários veio depois que o dono de um Model S 60 que vive na Flórida solicitou à Tesla um aumento da autonomia para que ele pudesse cumprir a sua rota de evacuação sem o risco de ficar pelo caminho.

Aviso da Tesla sobre o desbloqueio temporário

Aviso da Tesla sobre o desbloqueio temporário

O estado da Flórida conta com uma extensa rede de reabastecimento para veículos da Tesla, mas, dadas as circunstâncias, pode não haver tempo suficiente para recargas durante o percurso, sem contar o fato de certas unidades terem ficado indisponíveis por causa do furacão, embora a maioria esteja funcionando e não haja registro de filas grandes.

É por isso que a Tesla decidiu liberar o desbloqueio a todos os proprietários dos modelos mais acessíveis, temporariamente: o limite de 80% ficará desativado até 16 de setembro.

Vale destacar que o Model S 60 e o Model S 60D deixaram de ser comercializados em abril. As vendas do Model X 60D haviam sido interrompidas em outubro de 2016, apenas três meses depois do seu lançamento. As razões não ficaram totalmente claras, mas, aparentemente, nenhum desses modelos alcançou o número de vendas esperado pela Tesla.

Com informações: The Verge, Electrek

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Ok, então, vc paga por um serviço provido, a empresa não te dá um hardware que vc pagou por ele e só pode usar metade...

PPKX XD ?????????
Ok, então, vc paga por um serviço provido, a empresa não te dá um hardware que vc pagou por ele e só pode usar metade...
Carlos Marin
Tá já pensei, é a mesma coisa.
Rodrigo Junior
A Tesla acredita que grande parte de quem investiu no modelo mais simples irão pagar pelo upgrade em breve, então seria como investir na aquisição inicial e ter o retorno em seguida, já que o custo dos carros elétricos são maiores e muitas vezes impeditivo para um mercado recente que precisa de uma forte expansão.
Daniel Silva
Nós também XD
Bruno Correia
Calma Jovem, muita calma nessa hora, realmente há um ganho na durabilidade das células, realmente é grande, mas não chega a quadruplicar, e ainda é preciso levar em conta outras questões, a temperatura durante o uso não dever[a ser um grande problema, até porque os packs tem refrigeração ativa, mas a forma como são usadas vão entrar na equação, um carro guiado por um motorista com pé mais pesado vai ter menos tempo de bateria que um de pé mais leve, já que a intensidade da descarga tb influencia na vida útil das células, a bateria de lítio tem um decaimento de carga natural que vai variar de acordo com a temperatura ambiente, mesmo quando não é usada, então se a vida útil dela trabalhando com os 75KWh for de 100k milhas, a 60KWh provavelmente essa bateria vai durar entre 150 a 200k milhas, o que já é um ganho bem considerável. Recomendo a leitura http://batteryuniversity.com
Caleb Enyawbruce
Muito bom isso aí. Empresas, ainda mais as q lidam com produtos tão importantes pra vida dos clientes, tem q ter essa sensibilidade.
Daniel Ribeiro
Vale lembrar que esta limitação de 80% na capacidade das baterias "via software" não tem apenas uma vantagem econômica de curto prazo, mas também de longo prazo. Baterias de Lítio que são armazenadas a 80% de sua capacidade tem sua vida útil aumentada em 400% (!!!). Tecnicamente, esses teslas com bateria de 60kWh vão conseguir manter 90% de sua capacidade após 15 anos de uso ou mais de 500 mil milhas (!!!). Um Tesla Roadster (o primeiro modelo da Tesla) raramente consegue chegar a 100 mil milhas com o pack de baterias original.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Você está falando de assinatura de um serviço, é diferente da compra de um produto... pense melhor...

PPKX XD ?????????
Você está falando de assinatura de um serviço, é diferente da compra de um produto... pense melhor...
Carlos Marin
Tá parecendo TV a cabo, chega o sinal com todos os canais mas sou pobre e só posso assistir alguns, que feio tesla!
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Claro, entendo, mas acho sacanagem... capa outra coisa, coloca um motor mais barato e menos eficiente, menos opcionais, sei lá... mas bateria? É claro que fazendo vários modelos de bateria encarece, mas por outro lado gasta-se menos matéria-prima que é cada vez mais escassa para baterias...

PPKX XD ?????????
Claro, entendo, mas acho sacanagem... capa outra coisa, coloca um mototr mais barato e menos eficiente, menos opcionais, sei lá... mas bateria? É claro que fazendo vários modelos de bateria encarece, mas por outro lado gasta-se menos matéria-prima que é cada vez mais escassa para baterias...
vin
Eu também acho essa postura estranha, mas até entendo. A Tesla (nVidia, AMD e qualquer outra empresa que fez isso) quis ter um modelo mais barato no mercado. Mas produzi-lo sairia caro, pois fariam ele em menor quantidade e com isso abririam mão da economia que eles tem ao encomendar e produzir uma maior quantidade de componentes. Então fica mais fácil aproveitar o que já está sendo feito e desenvolver uma limitação em relação ao modelo completo. Quem quiser abrir mão de alguma característica (no caso do carro, a capacidade total de bateria) em troca de um preço mais acessível, compra essa versão.
Marcos
Eu lembro os Phenom X3 que na verdade eram X4 com um núcleo desativado, era só alterar um parâmetro no BIOS de algumas placas mãe que liberava o 4º núcleo.
Exibir mais comentários