Táxis e aplicativos de transporte geralmente cobram pelas corridas depois que elas terminam, levando em conta o tempo e a distância percorrida. O Uber decidiu fazer a cobrança de antemão, no momento em que o trajeto começa.

Segundo uma ação civil pública nos EUA, o Uber usa isso para cobrar o passageiro com base em uma rota mais lenta e mais longa; e para remunerar o motorista com base em um trajeto curto.

O Uber responde a um juiz federal dizendo que essa disparidade entre o valor para o passageiro e para o motorista “dificilmente era um segredo”, e que “os motoristas poderiam simplesmente perguntar a um usuário quanto ele ou ela pagou pela viagem para saber disso”.

A empresa diz que pode manter essa discrepância por causa do contrato com os motoristas: eles “renunciam a qualquer direito de receber valores acima do produzido pelo cálculo da tarifa”.

Além disso, o Uber argumenta que cobrar a tarifa antecipadamente envolve “riscos significativos”, por exemplo “quando uma viagem demora mais do que o esperado, mas o cálculo do lucro do motorista segue constante”.

Isso não corresponde com minha experiência, pelo menos em São Paulo. Eu fiz uma viagem este ano pelo Uber e paguei a tarifa antecipadamente, mas o motorista acabou dando muitas voltas para chegar ao destino. Depois de um tempo, o aplicativo cobrou um valor adicional por causa disso.

O Uber também passou a esconder a tarifa dinâmica no app (é possível visualizá-la de outras formas); e, em algumas cidades, vem cobrando o “quanto você estiver disposto a pagar” em uma corrida. Em meio às polêmicas, a empresa vem tentando sair do prejuízo — seja reduzindo custos, ou aumentando os preços.

A ação civil pública quer que o Uber pague aos motoristas a diferença na remuneração, além dos honorários advocatícios; e quer que um juiz federal de Los Angeles detenha as supostas “práticas comerciais ilegais, enganosas, fraudulentas e injustas”. Uma audiência está marcada para 1º de dezembro.

Com informações: Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Antonio Imperatori Jr

E qual foi o desdobramento desta ação? Alguém pode atualizar as notícias para nós?

Wellington Ribeiro De Queiroz

E porque vc deve morar no buraco kkkkkk

Jean Pain
Para o motorista existe mais recurso que para o usuário, mas de fato o motorista está muito mais exposto.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Dá pra ver que tu tá falando o que não sabe. A Uber nasceu antes do Easy/99.

Mas ninguém está obrigando os motoristas a nada, portanto não é exploração. Atualmente estão querendo votar uma lei para barrar esses apps e muitos motoristas e usuários estão se mobilizando para não permitir isso.

Se políticos estão envolvidos querendo acabar com essas empresas deve ser pq elas entregam algo de valor para o povo.

Mago Erudito®
Dá pra ver que tu tá falando o que não sabe. A Uber nasceu antes do Easy/99. Mas ninguém está obrigando os motoristas a nada, portanto não é exploração. Atualmente estão querendo votar uma lei para barrar esses apps e muitos motoristas e usuários estão se mobilizando para não permitir isso. Se políticos estão envolvidos querendo acabar com essas empresas deve ser pq elas entregam algo de valor para o povo.
Ligeiro
Não estou certo nem errado, apenas opinando. Se para você, não há problema em ganhar dinheiro explorando os outros, ok. Até entendo seus sentimentos - TI infelizmente é uma área onde muitos exploram os pequenos e quem sabe pouco. Não tem regulação (o que é bom, mas também é ruim) e tem seus dilemas (pois lidamos com informações vitais que podem acabar virando-se contra nós). Vira um trauma. O Uber nasceu da mesma ideia do Easy / 99 (que vieram bem antes) - pega um carro por aplicativo e sai por aí. Isso não é novidade - na verdade já havia os aplicativos de carona também, que tentaram isso e faliram. A única novidade é a infraestrutura criada para a ação dos veículos e a agressividade que entrou no mercado. Nada mais. Pensou aí? :)
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Tá bom amigo, milhões de pessoas usam esses serviços por dia e você está certo.

Abraço

Mago Erudito®
Tá bom amigo, milhões de pessoas usam esses serviços por dia e você está certo. Abraço
Ligeiro
Eis um cara comprador de Kriptacoin
Ligeiro
não, não é. Apenas criou uma forma de centralizar lucros para empresários. Nada mais.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Você acabou de dizer pq é uma revolução: com apps de motoristas você sempre tem um a disposição, não precisa fretar por meio de empresas de aluguel, agendar horário e gastar muito dinheiro.

Não precisa ser algo completamente novo para ser uma revolução. Roupas já existiam antes das máquinas de tecer, mas eram feitas artesanalmente o que tornava acessível apenas para os nobres. Hoje em dia qualquer pessoa de classe média tem mais roupas no armário que um rei da idade média.

Mago Erudito®
Você acabou de dizer pq é uma revolução: com apps de motoristas você sempre tem um a disposição, não precisa fretar por meio de empresas de aluguel, agendar horário e gastar muito dinheiro. Não precisa ser algo completamente novo para ser uma revolução. Roupas já existiam antes das máquinas de tecer, mas eram feitas artesanalmente o que tornava acessível apenas para os nobres. Hoje em dia qualquer pessoa de classe média tem mais roupas no armário que um rei da idade média.
Apenas Rubro Negro

Vc é um dos que mencionei que desconhece a plataforma é fica falando dos outros sem saber de fato das coisas. Para os parceiros motoristas, existe muito mais recurso do que se comparando o usuário, não há o que contestar, é indiscutível isso.

Crico28
Vc é um dos que mencionei que desconhece a plataforma é fica falando dos outros sem saber de fato das coisas. Para os parceiros motoristas, existe muito mais recurso do que se comparando o usuário, não há o que contestar, é indiscutível isso.
Ligeiro
não é uma revolução. Já existia, mas de outra forma -as pessoas fretavam por conta própria ou por meio de empresas de aluguel de automóveis.
Exibir mais comentários