Início » Internet » Experimento do Google permite testar inteligência artificial no seu navegador

Experimento do Google permite testar inteligência artificial no seu navegador

Felipe Ventura Por
2 anos atrás

Nós falamos bastante por aqui sobre inteligência artificial, mas este assunto ainda é misterioso para muitos. O Google ajudou a criar um experimento que roda no seu navegador e explica de forma prática um dos principais conceitos de IA.

Com o aprendizado de máquina, você ensina conceitos básicos a um computador. Por exemplo, ele pode diferenciar entre fotos com seu rosto, ou com sua mão.

O experimento Teachable Machine permite testar isso na prática. Autorize o acesso à câmera do seu computador, depois clique e segure no botão verde — deixe-o capturar pelo menos 30 imagens.

Agora, levante sua mão no lado esquerdo da câmera, então clique e segure no botão roxo. Novamente, deixe-o capturar pelo menos 30 imagens. Pronto: você ensinou o algoritmo a detectar sua mão: levante-a, e o site vai exibir o GIF de um cachorro; abaixe-a, e ele vai mostrar um gato.

Você pode ir além e ensinar o algoritmo a detectar sua mão direita: levante-a para a câmera, capture pelo menos 30 imagens, e pronto. Neste caso, o site vai mostrar o GIF de um coelho.

O Teachable Machine também pode reagir com sons. Por exemplo, você pode tocar uma "air guitar" e receber aplausos quando terminar.

O site explica que não faz reconhecimento facial, ou seja, ele não vai diferenciar seu rosto de outra pessoa — mas pode aprender a detectar rostos em geral. Ele também não vai adivinhar o nome de objetos, mas pode diferenciar entre uma maçã e uma banana, por exemplo (porque têm cores e formatos diferentes).

O reconhecimento de imagem é feito por uma rede neural, software inspirado pela forma como nosso cérebro funciona. Primeiro, cria-se um conjunto de "neurônios" que enviam mensagens um para o outro. Em seguida, essa rede recebe um treinamento: ela tenta resolver um problema em diversas iterações, fortalecendo as conexões que levam a resultados corretos.

Então, essa rede está pronta para resolver problemas por conta própria. O Teachable Machine usa a biblioteca de código aberto deeplearn.js, que permite rodar modelos de aprendizado de máquina localmente no navegador.

Eu testei o Teachable Machine em diversos navegadores. Ele teve o melhor desempenho no Chrome, o que é esperado, já que foi criado com ajuda do Google. O experimento funciona no Firefox, porém um pouco mais lento. Ele não rodou no Microsoft Edge; e não solicitou acesso à câmera no Opera — portanto não funcionou. Eu não tive problemas no Vivaldi.

É possível rodá-lo até mesmo no smartphone, mas a versão móvel é "altamente experimental" e vai consumir bastante bateria.

Experimente o Teachable Machine em teachablemachine.withgoogle.com. O que você achou?