Início » Aplicativos e Software » CEO da Adobe rebate as críticas de Steve Jobs

CEO da Adobe rebate as críticas de Steve Jobs

Avatar Por

Em face às fortes críticas que o CEO da Apple recentemente publicou contra a Adobe e sua tecnologia Flash, o CEO da Adobe, Shantanu Narayen, concedeu uma entrevista ao The Wall Street Journal onde comentou diversos dos aspectos citados por Steve Jobs em sua carta aberta. Veja alguns destaques da entrevista:

  • Narayen frisou em diversos momentos ao longo da entrevista “a visão da Adobe,” que contempla a produção e distribuição de conteúdo multi-plataforma em um único workflow otimizado. Ele comenta que a política da Apple de fechar suas plataformas vai contra essa maneira de pensar, e por isso o atrito ideológico entre as empresas;
  • O CEO da Adobe disse que todos os argumentos de Jobs não passam de uma cortina de fumaça para esconder os reais motivos para não querer o Flash em sua plataforma. O modelo multi-plataforma da Adobe “não beneficia a Apple, e é por isso que vemos essa reação”.;
  • Sobre a alegação de o Flash ser a maior causa de travamentos em Mac, Narayen diz que isso está relacionado com o sistema operacional da Apple. Ele comentou também que apenas recentemente a Adobe teve acesso a funcionalidades de hardware que permitiram que o novo beta do Flash Player para Mac eliminasse esses problemas;
  • Questionado sobre o discurso de Steve Jobs sobre a Apple utilizar padrões abertos e o Flash ser uma plataforma fechada, Narayen não conteve a gargalhada: “Eu acho isso fascinante, honestamente. O Flash é uma especificação aberta. […] E sistemas abertos sempre triunfaram.”
  • Curioso para saber qual é o celular do CEO da Adobe? “Eu estou usando um Nexus One,” disse ele. Sobre o iPad, comentou: “Eu acho que é um bom aparelho de primeira geração. E acho que iremos ver uma inovação tremenda em termos de tablets em múltiplos sistemas operacionais que irão emergir na segunda metade do ano.” O CEO da Adobe afirma estar trabalhando em parceria com “dúzias” dos fabricantes desses dispositivos.

Para a entrevista na íntegra, assista ao vídeo depois do break. Mas esteja avisado, ele é todo em inglês, sem legendas. E com sotaque indiano, para dar mais emoção. 😉

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sr. Sem Papo
a adobe devia larga a apple de lado.... melhor coisa q ela ia fazer
Evandro
Em alguns pontos a Apple tem razão, principalmente no quesito desempenho, o flash não é muito adequado a dispositivos de baixo processamento e energia, de fato quem tem um smartphone que rode flash sabe do que falo... travadas irritantes, congelamento do smart e perda incrivel de bateria enquanto roda algum aplicativo flash ou mesmo um video mais pesado, entretanto temos que levar em conta que o flash eh que nem o windows é padrão, de forma que tudo que venha contra o mesmo gera polemica, tenhamos em vista que a visao da apple certamente não é so por esse motivo, certamente é comercial ao visto que o processador do iphone e do ipad sao de alta performance. O fato é que com o flash liberado, diversos aplicatios seriam disponibizados em flash e nao na APP STORE.
Hernani
Vou procurar no Youtube e CollegeHumor, é bem provável achar alguma montagem com essa briguinha
Alexandre
Parece que vao trocar farpas por um bom tempo ainda. Daqui a pouco um dos lados chuta o balde.
Rafael
Está muito legal até agora! ;)
Douglas
Exatamente, a Apple deveria liberar o Flash e o a Adobe melhorar o desempenho para os produtos da Apple. Cada programador tem suas preferências. Eu particularmente acho muito mais prático trabalhar com o Flash, outros gostam do HTML5 que é bastante eficaz quando queremos aplicativos simples pois muita coisa se encontra pronta na web, caso contrário, se leva mais tempo para o desenvolvimento. Mas de qualquer forma, acho que a Apple tem interesse em proibir aplicativos externos já que qualquer um poderia fazer um .swf e rodar online como um programa completo e a Apple não teria o controle disso. Como outro usuário comentou em outro post: Steve Jobs é um fanfarrão.
Tiago César Oliveira
Bah, sinceramente essa briguinha já tá enchendo o saco... Duas empresas que ficam colocando a culpa uma na outra. Deveriam crescer e botar a mão na massa pra chegar logo a um consenso.
Breno Brito
"os argumentos de Jobs não passam de uma cortina de fumaça para esconder os reais motivos para não querer o Flash em sua plataforma" é exatamente sobre isto q eu vivo falando. Com o Flash o iPhone vai rodar tudo q Jobs teme em não controlar.

"Questionado sobre o discurso de Steve Jobs sobre a Apple utilizar padrões abertos e o Flash ser uma plataforma fechada, Narayen não conteve a gargalhada" Eu tb ri muito quando li isso e tb queria ter um Nexus pra rir mais =(
tplayer
Como desenvolvedor posso dizer que ele tem seu lado bom, como quando é usado para webgames.

Aliás, os webgames vão manter o Flash vivo.
Juarez Lencioni Maccarini
Numa opinião extremamente pessoal, dado meu uso cotidiano, é um mal quase desnecessário, hehehe. :D
Juarez Lencioni Maccarini
Por mais clichê que a frase soe, obrigado pela preferência Rafael. Espero que a forma como apresentamos os assuntos aqui no TB estejam lhe agradando. :)
gsctt
Até hoje, não sei definir se o Flash é algo bom ou um mal necessário...
Rafael
Vi que essa manchete foi publicada em vários sites mas esperei até vocês publicarem pra ler aqui no Tecnoblog. :)