A BlackBerry deixou de se concentrar em smartphones para focar em soluções corporativas de segurança. Ela licenciou sua marca para a fabricante chinesa TCL, que está por trás de um novo aparelho com Android: o BlackBerry Motion.

Por dentro, o novo smartphone traz um processador Snapdragon 625, 4 GB de RAM, 32 GB de armazenamento expansível por microSD, e uma bateria grande de 4.000 mAh.

A tela de 5,5 polegadas tem resolução Full-HD, e abaixo dela está o leitor de digitais. A câmera frontal tem 8 megapixels e abertura f/2,2; enquanto a câmera traseira tem 12 megapixels e abertura f/2,0.

Ele é resistente IP67 a água e poeira. Além disso, o BlackBerry Motion é dual-chip, uma raridade em dispositivos da marca.

Quanto ao software, temos aqui uma versão levemente personalizada do Android 7.1 Nougat. Ele vem acompanhado por apps como BBM e DTEK, que avalia o nível de segurança de programas que você instalar.

Este smartphone é basicamente uma versão sem teclado físico do BlackBerry KeyOne — que está previsto para lançamento no Brasil até o final do ano, com preço estimado entre R$ 3 mil e R$ 3,5 mil.

Por sua vez, o BlackBerry Motion será lançado inicialmente em alguns países do Oriente Médio (incluindo Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos) pelo equivalente a US$ 460.

Com informações: Engadget, SlashGear.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sandro Avalo
Verdade, vamos aguardar...!
Fellipe
Também tenho essa visão, ja passei por S7, Moto Z, Linha Note, etc.. e digo que hj estou muito feliz com o Z10, isso que nem android é, tava de olho no priv, mas vale esperar pra ver como vai chegar esse Smart por aqui, a Blackberry nao costuma errar no conjunto de componentes, qualidade e harmonia com o sistema.
Sandro Avalo
Parabéns a empresa, vai ser um sucesso. Esta lindo !!! Blackberry é para poucos, o valor assusta, mas como disse, é para poucos. Blackberry sucesso EUA, Europa e Asia, que pena que os desavisados não conhecem sua segurança e o poder da marca. Segurança 100% o sensor com a logo, ficou TOP faltou estar escrito o nome na marca na frente. (gosto de me exibir com a marca rsrsrs) Mas esta lindo!!! PARABÉM !!!
Cristina Nascimento
Igual o OP5 de 64gb. Mas o show de bola é o de 128gb, aquele sim!
Maicon Bruisma
Snapdragon 835, 6 gb de RAM e 64 gb internos.
Cristina Nascimento
Esse Mi6 é qnto de cpu, ram e armazenamento?
Jorge Luis
mas segundo o que vemos por aí, telefones de baixo custo não dão lucro. Lucro mesmo só para os mais caros.
Maicon Bruisma
Capaz, dá pra achar por 1300 fora as taxas, só ficar de olho. Mesma coisa o Mi6
Cristina Nascimento
OP5 ainda tá um pouco caro, mas vale a pena.
Piero Lourenço
nem lembrava mais dessa empresa...rs
Maicon Bruisma
Teria, principalmente pela câmera e sistema, porém esse preço é sem noção, compro um OnePlus 5 nesse valor
David
O espaço que poderia ser do teclado, deixaram um vazio, nada, vácuo, espaço, desocupado, oco, vão. Nem pra colocar um alto falante estéreo na parte frontal como os xperia.
Victor Serrão
Eu ia lançar "que morte horrível, BlackBerry"... Mas ela já morreu, né? Que vida após a morte horrível, BlackBerry...
Marco Antonio
3k é o keyone, esse daí não tem preço sugerido.
Yago G. Oliveira
Eu sempre avisei que se a Blackberry tivesse ficado nos mercados emergentes e feito telefones de baixo custo, ela não estaria nessa situação. Olha esse botão!
Exibir mais comentários