As impressoras 3D são úteis na indústria para criar protótipos rápidos de novos produtos. A Casio inventou uma impressora 2,5D para ajudar empresas a experimentar novas texturas, tais como tecido, couro e até tijolo.

A Casio Mofrel é capaz de emular a superfície irregular do couro, a costura de tecidos bordados, e até materiais duros como madeira, pedra, tijolos e cerâmica — alguns deles exigem um revestimento adicional para dureza ou brilho.

Esta é uma impressora 2,5D porque, segundo a Casio, ela cria profundidades máximas de apenas 1,7 milímetro, em vez de objetos realmente tridimensionais — ainda assim, a tecnologia impressiona.

Ela usa camadas especiais, feitas de plástico PVC e PET, que parecem folhas de papel ligeiramente mais espessas. Como explica o Engadget, elas contêm uma camada de pó que consiste em um hidrocarboneto líquido revestido com uma resina termoplástica (acrilonitrila). Esta combinação se expande quando exposta ao calor.

Primeiro, o padrão da textura é impresso na camada superior usando partículas de carbono, que absorvem a luz infravermelho e focalizam o calor. Isso faz o pó se expandir em áreas específicas, criando a textura desejada. Depois, a camada superior é removida e a Mofrel aplica até 16 milhões de cores usando jato de tinta.

O processo leva de três a cinco minutos para uma superfície com tamanho de folha A4. O material custa cerca de US$ 10 — acessível para uma tecnologia de nicho que está apenas começando.

A Casio diz que alguns grandes fabricantes de automóveis e empresas de eletrônicos já utilizam a Mofrel para pesquisa e desenvolvimento. A impressora custará cerca de US$ 45 mil quando for lançada em 2018.

Com informações: Casio, Engadget, CNET.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tales Cembraneli Dantas
Q software será que se desenha a textura antes de imprimir? ou será que elas já vem pré programadas e vc só tem um número X de texturas pra usar?
Amoroso
Uau! Não li tudo!
Jose X.
45K enquanto os chineses não chegam
Tom
Que baita sacada, a Casio vai mandar ver com essa impressora.
palatoqueimado
Tecnologia muito promissora! Que ótima notícia vindo da Casio, isso certamente deve levantar o valor das ações.
Kodos Otros
Cara, que bacana isso!
Marcus Araújo
Exato, obviamente que não estou considerando o fato de ser um protótipo ainda, até porque, como aponta o texto, a impressora será lançada no ano que vem.
Henrique Seraph
mas foi isso que ele quis dizer mesmo. Tipo, cria um "Exemplar" e testa, se ficar bom, aí fabricam em longa escala saca? eu acho ótimo
Caleb Enyawbruce
Gostei bastante da ideia. Se a durabilidade for boa, tem tudo pra dar certo (dentro de seu nicho). Pode parecer um retrocesso por ser 2,5D, mas no propósito para o qual foi criada a tecnologia da máquina é tão avançada quanto a impressão 3D. Muito bom.
Trovalds
O foco da impressora é prototipar materiais, não criá-los em quantidade. Se eles fazem um protótipo válido, daí podem reproduzir em larga escala de forma industrial. Imagina você produzindo 100.000 carcaças numa impressora dessas. 5 minutos cada uma, demoraria anos.
Henrique Seraph
meu smart tem um fundo "amadeirado" e tanto na textura quanto na beleza ficaram ótimos. Eu adoraria mais coisas no estilo
Marcus Araújo
Achei interessante, será que utilizarão para fabricar carcaças de smartphones com texturas pouco convencionais? Pelas fotos, a "madeira" parece bem convincente. Notebooks em "madeira" também teriam um design diferente, pouco convencional, mas que ficariam bem bonitos se bem pensados.