Grandes empresas de mídia estão investindo em conteúdo personalizado. O YouTube, com base nas inscrições e no histórico de visualizações, mostra os vídeos mais relevantes para um determinado usuário. O Facebook sabe quais são seus interesses para exibir os anúncios mais adequados. E os resultados de uma pesquisa no Google não são os mesmos para todo mundo.

O TopBuzz também entra nessa era: lançado no Brasil em 2016, o aplicativo gratuito registra cada movimento que você faz dentro da interface para recomendar os melhores vídeos, notícias e outros conteúdos com base nos seus interesses. Ele foi desenvolvido pela gigante chinesa de tecnologia Bytedance — que hoje é avaliada em US$ 11 bilhões.

Funciona assim: primeiro, o TopBuzz localiza o conteúdo que os usuários podem achar mais interessante, depois analisa cada comportamento dentro do aplicativo. A partir daí, distribui os conteúdos por meio de algoritmos de inteligência artificial que entendem seus gostos. Ou seja, quanto mais você usa o aplicativo, mais ele fica a sua cara. Também é possível seguir seus sites preferidos e acompanhá-los numa única tela.

Além de favorecer os usuários, o TopBuzz pode ser bom para os criadores de conteúdo: mesmo que uma pessoa não tenha nenhum seguidor, ela pode compartilhar uma publicação na hora para os possíveis interessados pelo conteúdo. Com isso, o TopBuzz acaba dando oportunidade também para os “novatos”, não apenas para as celebridades.

O melhor é que qualquer formato de conteúdo pode ser publicado, como vídeos, artigos, fotos ou até gifs. Isso é ótimo não apenas para profissionais da escrita, mas para qualquer pessoa que queira expressar seus próprios pensamentos. É uma garantia de que seu conteúdo será lido pelo público mais adequado.

A interface do TopBuzz é otimizada para leitura, sem distrações, e o aplicativo foi desenvolvido para carregar tudo rapidamente, mesmo em conexões lentas. Baixe o TopBuzz gratuitamente (Android e iOS) e se torne um criador individual clicando aqui.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Y Juliete

Não consigo postar conteúdos escritos, só vídeo. Alguém pode me ajudar?

Laine Santos

Alguém sabe me dizer baseado em que o Topbuzz recomenda nosso conteúdo? No começo ele recomendava muito, mas agora não recomenda quase nada.

Gabriel Flag

TopBuzz registra cada movimento que você faz dentro da interface para vender dados e outros conteúdos com base nos seus interesses da mesma forma que o facebook e o google. Ele foi desenvolvido pela gigante chinesa de tecnologia Bytedance — que hoje é avaliada em US$ 11 bilhões. Eles vendem dados pessoais e pagam uma minuscula porcentagem para seus usuarios.

🅴🅳🅸ç🅰̃🅾 🅳 🅴🅲🅾🅲🅻🅴🅲🅸🅾🅽🅰🅳🅾🆁

Veja como usar o TOPBUZZ facil explicaçao link https://www.youtube.com/wat...

Raimundo DE Castro Nonato

Posso postar videos eu cantando musica com direitos autorais?

Luiz G Moraes Junior Moraes

TOP BUZZ Um monte de noficias falsas, principalmente de pessoar que morreram

maristela
mas os sites que ele citou são confiáveis. estou chegando agora e lendo os comentários até porque leio "trocentos" artigos até encontrar o que realmente me interessa. o TopBuzz Brasil, por incrível que pareça me foi indicado por meu neto de 7 anos, João Miguel, que sabe leio tudo sobre política.e ele viu a propaganda. vim fazer a pesquisa e estou aqui me comunicando com voces. vou seguir e acho que uma boa opção, especialmente pelas respostas do Top, muito coerentes.
TopBuzz Brasil
Oi, Richardson. No nosso aplicativo você também pode seguir contas que te interessam e salvar notícias e temas que são mais a sua cara. Isso ajuda o nosso app a personalizar ainda mais suas recomendações no seu feed. Esse é o nosso diferencial. Além disso, também temos conteúdo original, produzido por nossos escritores/colunistas.
TopBuzz Brasil
Nossas parcerias ainda estão em andamento, mas buscamos dar espaço aos diversos aspectos do campo político. Além disso, sempre estamos de olho em notícias falsas ou com tom de propaganda política.
TopBuzz Brasil
Oi, Edmar. É importante para nós esse tipo de feedback. Como também temos conteúdo gerados por nossos usuários, nossa equipe sempre está atenta para possíveis fake news que possam aparecer. Estamos nos esforçando ao máximo para melhorar neste aspecto!
TopBuzz Brasil
Oi, Lucas. É importante para nós esse tipo de feedback. Como também temos conteúdo gerados por nossos usuários, nossa equipe sempre está atenta para possíveis fake news que possam aparecer. Estamos nos esforçando ao máximo para melhorar neste aspecto!
TopBuzz Brasil
Isso mesmo, Inês. Nossas recomendações baseam-se no seu campo de interesse, nos artigos que você clica. Mas o nosso objetivo é te oferecer o melhor conteúdo que temos. Logo, também é muito interessante para nós que o interesse dos nossos usuários se expanda através do nosso conteúdo.
INES
Acho que não é bem assim não. Por que o algorítmo, pelo que entendi, aprende à medida que você usa o aplicativo. Então quanto mais notícias sobre política, por exemplo, você clicar, mais eles vai te oferecer sobre o tema. Mas isso não quer dizer que vá te indicar só coisas que vão de acordo com seus ideais. Eu uso o TopBuzz desde o ano passado, e agora meu feed já tem umas recomendações bem boas. Geralmente dentro da área que eu gosto, mas muitas vezes abordando assuntos que eu não iria procurar, mas que acabam sendo do meu interesse, mesmo se minha opinião for contrária.
richardsonvix

Empresas trocam informações sobre seu comportamento e você nem sabe.

O Google já faz isso há anos, Microsoft, Facebook, Mercado Livre e diversos outros, isso não só relacionados à venda de produtos/serviços via ads.

Esse TopBuzz não trás nenhuma novidade, só mais um imitador de RSS.

Existe uma ferramenta/serviço chamado Feedly, que não passa de um agregador de notícias baseado em feeds RSS, você pode incorporar novos manualmente - é o que faço, Tecnoblog está na lista lá, acontece que ele também sugere novos feeds baseados no seu comportamento.

Teve alguém que comentou sobre Twitter, ledo engano se acha que não rastreiam você lá também.

MynahBird®™
Falou tudo. Personalização é bom em objetos, não em ideias. Informação baseada apenas em intereses diminui o que podemos conhecer do mundo e da vida, e nos deixa vulneráveis a armadilhas ideológicas.
Exibir mais comentários