Início » Games » Parte da terceira geração começa a aparecer no Pokémon Go

Parte da terceira geração começa a aparecer no Pokémon Go

Por enquanto, apenas os que são do tipo fantasma, em comemoração ao Haloween

Por
19/10/2017 às 14h03
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Em meio a rumores sobre a chegada da terceira geração, o Pokémon Go deu mais detalhes nesta quinta-feira (19) sobre o evento de Halloween deste ano. Adivinha? Alguns monstrinhos da região de Hoenn começam a aparecer no jogo.

Falo especificamente do Sableye, Banette, Shuppet, Duskull, Dusclops e outros Pokémon de tipo fantasma – afinal, estamos na época de Halloween. Outros monstros que já existem no game também serão encontrados mais facilmente, como Gastly, Drowzee, Cubone e outros da mesma categoria.

Como de costume em eventos temáticos, será possível pegar um Pikachu especial, que usa chapéu de bruxa. Além disso, você ganhará o dobro de doces ao chocar ovos, capturar ou transferir Pokémon e a distância de cada buddy será reduzida pela metade.

Em comemoração à data, seu personagem poderá usar um chapéu do Mimikyu, um monstro que fica fantasiado o tempo todo no anime. O evento de Halloween começa amanhã às 17h e termina no dia 2 de novembro às 18h, no horário de Brasília.

Mais sobre:
  • Henrique Seraph

    só joga pokemon go agr quem é fã da franquia mesmo, pq a galera q jogou só por moda sumiu, tornou mais de boas o jogo

    • Guilherme

      >tornou mais de boas o jogo
      O que significa isso?

      • Henrique Seraph

        menos gente enchendo o saco

    • fabricioaguirre

      Inclusive os novos fãs.

    • Mas porque menos gente jogando tornaria o jogo “mais de boas”?
      Eu gostava do pessoal nos locais de ginasio e etc

      • Lucas Ribeiro

        Certamente menos cheaters, etc…

        • Gesonel o Mestre dos Disfarces

          Ainda assim, em grande número.

      • Henrique Seraph

        eu prefiro menos gente uai

      • Menos pessoas e talvez mais equilibrado.
        Com os “bans” acontecendo, o pessoal perdeu interesse, resultando numa competição mais equilibrada…

      • Thalles Ferreira

        A crítica do cara é fútil no que interessa ao jogo, já que ele prefere jogar sozinho (o que é até um contra-senso à dinâmica atual). No mais, esse esquema de reides fez com que eu conhecesse MUITA gente jogando o jogo, gente “de verdade”, que escapa do trabalho pra se juntar pegar um “chefe” de ginásio (esses bosses novos e tal), não só aquela galera aleatória de escola que você imaginaria jogando. E isso aqui no Centro de SP, no Rio já fiz reide com uma senhora de 60 anos que tava louca porque ia pegar seu primeiro Lapras rs
        Enfim, o jogo demorou a engrenar, mas finalmente fez o que deveria ter feito já no começo, mas a própria empresa admite estar despreparada e aquilo era quase um beta.

    • Eu sou fã da franquia, tenho praticamente todos os jogos principais e os consoles também, menos o primeiro GB.
      Larguei o GO quando ficou entediante pra caramba…. Isso que eu estava viajando bastante na época e pude capturar pokemon variados.

      Sinceramente, acho que eles demoraram muito pra atualizar o jogo e muita galera vazou, inclusive os fãs. Ficou um pessoal guerreiro eheheh

      • Henrique Seraph

        hahaha eu jogo na raça mesmo, não nego

      • ochateador

        Se bem que agora a niantic está fazendo o serviço direito e corrigindo e otimizando pra caramba o jogo.
        Antes o meu moto g2 capengava de tempo em tempo, agora roda suave.
        Vale a pena voltar 😀

      • Thalles Ferreira

        Eu mesmo cheguei a parar por um tempo, mas os modos de batalha por raid e a ocupação do ginásio, além do aumento na variedade e qualidade dos pkm fez com que valesse a pena voltar. Não demorou muito pra poder jogar tanto de forma competitiva (você participando de reides consegue em pouco tempo Pokemons fortes o suficiente pra poder não só se manter jogando reides até com menos gente, mas também ocupar ginásios) quanto de forma qualitativa (aumentando seu nível de treinador, o que possibilita itens melhores para capturar mais raros etc).

        Quem jogou e parou, dá pra voltar ainda, se quiser.

        • Criar um sistema de Raid (jogo em equipe) sendo que não existe nem uma forma simples de criar um grupo, adicionar amigos, chat/comunicar com pessoas a volta? Eu achei péssimo.

    • Gesonel o Mestre dos Disfarces

      deboas nem tanto. o que tem de conta que falsifica a posição do GPS não é brincadeira. Fora que ontem um escândalo de proporções épicas aconteceu no outro jogo da Niantic, o Ingress. Simplesmente não dá pra confiar mais na empresa.

  • Adriano Northingan

    O jogo tem 60 mil pessoas jogando diariamente e ainda insistem em dizer que o jogo acabou.

    • 60 mil é o total, ou apenas localmente? É pouco pra uma franquia do nivel de pokemon.

      • Adriano Northingan
        • Thalles Ferreira

          Bom, de abril a outubro passa muita água, mas acredito que tenha muita gente jogando ainda mesmo. Apesar de não ver mais tanta gente como naquela febre do lançamento, ainda vejo bastante gente aparecer pra fazer batalhas em conjunto em alguns lugares, além de ter uma rotação frenética em ginásios… Mas o que gosto mais é que é um jogo que eu vejo ter ocupação tanto na periferia quanto em regiões mais ricas, só no interior que não tem muito como por falta de infraestrutura, tanto de telefonia quanto do próprio jogo, que não disponibiliza Pokestops e Ginásios, deixando quase impossível jogar assim, então…

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Quer mais ginásios? chegue ao level 8 no outro jogo, o Ingress, que vc ganha a função de sugerir pontos de interesse. frequentemente a Niantic também ativa os locais do Ingress no Pokemón. E se chegar ao nível 11, você começa a poder avaliar os locais que foram enviados.

          • Thalles Ferreira

            Tô ligado, é uma solução bizarra jogar um jogo só pra manipular outro jogo, mas fazer o que né rs

  • Diego

    Ridículos esses pokemons fantamas da 3ª geração, além do design estranho são fraquíssimos.

    • André G

      Odeio a 3ª geração, podiam pular logo pra 4ª

  • Tam Ten

    Mais uma atualização, mais uma geração e nenhuma troca ou batalha entre jogadores…
    Só volto a jogar esse jogo quando ter esses, pq MDS, desde 2016 tô querendo trocar pokes

    • Thalles Ferreira

      Felizmente não tem troca, ia ser a festa dos cheater com 5 ou 6 contas com FakeGPS e tal. Batalha entre jogadores ia ser divertido, de fato, troca eu tenho muitas ressalvas.

      • Tam Ten

        Troca meus pokés com os amigos é uma ideia genial, nos próprios jogos de Pokémon tem cheaters e fake GPS já é realidade. Não é justo com todos os bons jogadores tirar esse artifício pq talvez um grupo vá fazer merda. Foi mal, nisso descordamos

  • Os eventos são todos tão no mesmo esquema. Não tem porque voltar a jogar esse jogo. E não é adicionar uma leva de bichos novos que vai resolver.

  • Ricardo Hideki Obara

    No meu aparelho não aparecem os da 3ª geração. Será que é só no meu aparelho?