Em seu mais novo relatório de transparência, o Google declara que seu objetivo é “oferecer produtos e serviços com 100% de criptografia”. Isso envolve adotar conexões seguras (HTTPS) por padrão, e fazer o restante da internet seguir o exemplo.

Parece que o esforço está dando certo: entre os cem principais sites do mundo, o número dos que usam o HTTPS como padrão quase dobrou desde o ano passado, indo de 37 para 71. Até mesmo sites de pornografia, como Pornhub e XVideos, entraram para a lista.

O Tecnoblog usa o HTTPS por padrão há vários anos. Entre os grandes sites que ainda não fazem isso, temos vários domínios da China (Alibaba, Xinhua, Weibo, China Daily), onde o governo exerce maior controle sobre a internet; e a Globo.com.

No Brasil, 67% das páginas são carregadas por meio de HTTPS no Chrome para Windows (contra 41% em 2015). No Chrome para Android, a porcentagem é de 68% (contra 33% há três anos).

Considerando apenas os produtos do Google, 89% do tráfego mundial é criptografado (contra 50% no início de 2014). No caso do Drive, Gmail, YouTube e Agenda, esse valor é de quase 100%.

O HTTPS protege a conexão em ambas as extremidades, evitando que dados sejam interceptados ou manipulados entre você e o servidor — algo útil em um mundo onde é difícil até mesmo confiar no Wi-Fi.

Sua adoção é um esforço conjunto entre diferentes empresas de tecnologia. Este mês, o Chrome passou a avisar quando o usuário digita qualquer coisa em sites inseguros. No ano passado, a Apple passou a exigir conexões HTTPS por padrão em aplicativos do iOS. E em 2013, o Facebook ativou a conexão segura para todos os seus usuários.

O Google tem um guia para desenvolvedores migrarem para o HTTPS, mas lembra de algumas limitações: por exemplo, alguns dispositivos móveis mais antigos “nunca serão compatíveis com a criptografia” porque não recebem atualizações de software.

Com informações: Google, Engadget, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Celestino
Implementar HTTPS, parece simples, mas pode ter muitos problemas. Ñ é desculpa.
Tiago Celestino
haha, propagando a propaganda
Leonardo Oliveira
Você que precisa de um site personalizado 100% responsivo para sua empresa, com certificado SSL que deixa seu site mais seguro com HTTPS e hospedagem grátis por 1 ano, a Website Santos traz essa novidade aos nossos clientes, acesse https://www.websitesantos.com.br e confira nossa promoção!!!
Henrique Seraph
Tanto de informações pessoas da empresa que jogamos nesses sites serve pra hackear qualquer um facilmente
Programador Front-End
Os sites podem ser inseguros mas o Dataprev por exemplo é bem mais protegido. (Se é totalmente seguro é outra história)
Cássio Amaral
Faz sentido, talvez seja o Serpro quem emita os certificados.
Programador Front-End
Isso explica os muitos ataques de hackers que vemos acontecer nos ultimos anos
Vitor Hugo
Acredito que isso acontece porque o Governo usa o próprio certificado (em que a autoridade certificadora é uma empresa estatal com essa função) que, por sua vez, não é reconhecido pelos navegadores.
Cássio Amaral
Sites do governo brasileiro, que em tese deveriam ser seguros por terem o https no enderço, a maioria o Chrome informa que a autoridade certificadora é inválida, ou o próprio certificado é inválido, não tenho certeza. Eis o código de erro: NET::ERR_CERT_AUTHORITY_INVALID Governo brasileiro sempre preocupado com a segurança das informações dos cidadãos de seu país...
Marco Garcia
Não sei se é correto dizer que "seguiram o exemplo", tendo em vista que se meu site não tem https ele é rebaixado na posição orgânica do Google.
Joaomanoel
O melhor é o Google estar do lado do https e não fornecer nos seus próprios serviços, como o Blogger, que uso para um blog como hobby.
Sammy
Cloudflare salva mesmo, mas as vezes ferra, acabei de ver aqui que 5gb de recurso sendo consumido, pelo simples motivos que o cloudflare de boa vontade resolveu desativar o flexible SSL HHUEUHE, eu mereço.
Henrique Seraph
idai
Caio
Técnicamente estamos falando do mesmo dominio né !
Ricardo - Vaz Lobo
Aí, daqui uns meses, a seguinte lead: "Especialistas afirmam que a criptografia do https não é essa maravilha toda." Essa do wifi vulnerável me deixou pra lá de bolado com tudo que é tecnologia.
Exibir mais comentários