MacMagazine costuma acertar com frequência os preços de lançamentos da Apple no Brasil. Desta vez, eles receberam de fontes confiáveis os valores do iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X. Você já sabe que eles vão custar caro, mas agora terá uma ideia melhor.

A pré-venda do iPhone 8 e 8 Plus deve começar nesta sexta-feira (27), com lançamento em 3 de novembro, e estes devem ser os preços:

  • iPhone 8 de 64 GB: R$ 3.999
  • iPhone 8 de 256 GB: R$ 4.799
  • iPhone 8 Plus de 64 GB: R$ 4.599
  • iPhone 8 Plus de 256 GB: R$ 5.399
  • iPhone X de 64 GB: R$ 5.999
  • iPhone X de 256 GB: R$ 6.999

Nos EUA, eles custam entre US$ 699 e US$ 1.149. Para o iPhone 8 e 8 Plus, a Apple está usando aqui uma taxa de conversão de aproximadamente R$ 5,70 por dólar (a cotação atual é de R$ 3,25). Enquanto isso, para o iPhone X, a taxa de conversão é superior a R$ 6 por dólar!

Os preços também estão altos se comparados com a geração anterior. O iPhone 8 de 256 GB ficou R$ 500 mais caro que o iPhone 7 equivalente no lançamento; o mesmo vale para as versões Plus.

MacMagazine avisa que “eles podem ainda ser meros placeholders no sistema” e sofrer mudanças até o lançamento, mas são valores bem plausíveis. Vale lembrar que o site acertou os preços do iPhone 7 (após uma errata), iPhone 6S e iPhone 6.

Com informações: MacMagazine.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

richardsonvix

Até o Fator Brasil para cálculo é alto quando se trata de iPhone, normalmente gira entre 3,5 e 5 estourando.

Richardson Dos Santos Neves
Até o Fator Brasil para cálculo é alto quando se trata de iPhone, normalmente gira entre 3,5 e 5 estourando.
mord4z
É, e não duvido que vai ter algum tonto que pague 7 conto num celular.
Anderson
Eu sei que não é a pauta do assunto, mas comprar carro financiado no Brasil é praticamente a mesma loucura que comprar um iPhone desses
Marcus Araújo
Por pornográficos 7 mil deputados comprados para rejeitar denúncia, seria mais respeitoso sequer lançar em território nacional.
tuneman
Por 6K? Aqui um Fusca em ótimo estado não sai por menos de 12K
Maicon Bruisma
Vai render assunto e piada no Tecnocast, no Braincast, no Mupoca, e no resto da porra toda.
André Dias
Custos que os outros tem, mas que produzem aqui e os impostos são mais baixos. Galaxy Note 8 feito aqui custa perto dos 5mil. iPhone que foi produzido aqui era o de baixo custo, nunca o Brasil teve iPhones lançados no mesmo ano produzido por aqui. Veja bem, não estou defendendo Apple. Muito pelo contrário. Agora, matematicamente dizer que a Apple é fominha e as outras são mais boazinhas não fecha a conta. TODAS forçam preços. Macbook por exemplo, carissimo! 11-12k num modelo de 13". Porque a Dell também cobra em um XPS que tem *as mesmas especificações* 11k? Ou seja tudo é caro. Mas a Dell tem de 15" por 5k - sim ela tem - mas nem de perto os componentes são os mesmo. Quando ela usa o mesmo padrão, sobe do mesmo jeito. E detalhe, o XPS é montado e tem incentivos no Brasil, ou seja, o lucro é maior ainda do que a Apple. A Dell em produtos High End também força o preço. Isso vale para tudo. Carros por exemplo, porque um GOL produzido aqui e vendido no Chile custa 35mil Reais e na concessionária do lado da nossa casa custa 55mil? Porque um BMW X6 no brasil beiram os 600k e nos EUA $70k? Porque a Samsung cobra numa TV QLED no Brasil 10k - 15k - 20k? E nos EUA custam menos de $1k? Todos abusam porque o Brasileiro deixa. Por isso reescrevo minha ultima frase: "E tem um outro fator: o Brasileiro fica revoltado em seu sofá, e no final do dia, vai e compra. Isso também é levado em consideração no preço."
Alberto Prado
Custos e problemas esses que também são aplicados aos concorrentes deste que ainda assim tem preço menor. Fora que o iPhone já foi produzido aqui no Brasil com muitas isenções fiscais e ainda assim naquela época não teve seu preço reduzido.
Alberto Prado
O iPhone já foi produzido aqui no Brasil com muitas isenções fiscais e ainda assim naquela época não teve seu preço reduzido.
Helbert Luiz Paulino
Tem quem compra. Tem quem vende, simples assim
Fábio de Mello Torquato
Concordo! Cada um faz literalmente o que quiser com o dinheiro. Se a pessoa quiser queimar, ela pode! (na verdade, isso seria considerado um crime... mas é uma figura de linguagem). Eu já pensei diversas vezes em ter um iPhone para poder testar o iOS. Mas sempre que parava para ver o preço, via que não valia a pena gastar tanto assim sendo que o Android mais barato me atende muito bem. Até mesmo quem compra para ostentação não está objetivamente errado, afinal, o dinheiro é dela.
tuneman
Conheço um assim também... Passa sufoco, mas tem iPhone
Humberto Machado
Não ganho 20 mil, mas penso assim. Sempre quis ter um carro. mas os custos operacionais me desestimula
Humberto Machado
Só vim avisar que no dia 11/11 tem promoção nas lojas chinesas
Exibir mais comentários