Início » Jogos » Este Super Nintendo para TVs modernas traz um jogo exclusivo de 1993

Este Super Nintendo para TVs modernas traz um jogo exclusivo de 1993

Felipe Ventura Por

A Nintendo não é a única a apostar na nostalgia com um relançamento do Super NES. A empresa Analogue anunciou um clone deste console para rodar cartuchos antigos em resolução Full-HD sem lag em TVs modernas.

O Analogue Super Nt possui um chip Altera Cyclone V, que simula o hardware do Super Nintendo original. Ele não depende de emuladores de software, e por isso é compatível com mais de 2.200 cartuchos — inclusive do Super Famicom japonês.

Além disso, o console vem com saída HDMI para se conectar a TVs modernas. Ele produz imagens em Full-HD e promete zero lag para maior precisão nos jogos. E há uma entrada de cartão de memória para atualizar o firmware.

Ele tem portas compatíveis com os controles originais do Super Nintendo, e suporte ao 8Bitdo SN30 sem fio. Vale notar, no entanto, que o produto não vem acompanhado pelos controles — é necessário comprá-los à parte.

Esta semana, a Analogue revelou mais um detalhe sobre o Super Nt: ele virá com uma versão especial de Super Turrican, jogo sidescroller lançado em 1993.

Ele foi inicialmente desenvolvido para cartuchos de 6 megabits, mas a distribuidora Seika não queria pagar pelos chips ROM adicionais, então a Factor 5 precisou reduzi-lo para 4 megabits.

A versão do Super Nt terá uma nova fase final, novas músicas, novos inimigos, efeitos sonoros melhorados e gráficos aprimorados. Super Turrican: Directors Cut vem embutido digitalmente no console, em vez de ser um cartucho. A Analogue diz ao The Verge que queria "disponibilizá-lo a todos sem custo extra".

O Analogue Super Nt está em pré-venda por US$ 190, com lançamento previsto para fevereiro de 2018. Você pode adquiri-lo nas cores preto, clássico, Super Famicom e transparente.

Com informações: Analogue, Ars Technica, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

zoiuduu .
Está mesmo, xD.
Rafael Rocha
Ainda vale, mas eu tenho a impressão de que antes, era mais divertido. Na escola, reunia uma galera e ficávamos discutindo como passar de uma fase, destruir um chefe... Os jogos eram muito mais simples, mas pareciam mais difíceis. Acho que só estou sendo muito nostálgico :D
Caleb Enyawbruce
Pois é, no fim acaba sendo uma decisão de negócio mesmo. Acho que ambos os tipos tem público. Eles fizeram a escolha deles, e essa outra empresa aí seguiu pelo caminho dos cartuchos.
Expedito Neto
Mas eu tmb posso colocar jogos pelo cartão de memória
Alberto Prado
Eu tenho uma LG de 26" apenas HD tb no quarto. A imagem do Snes já ficou legal depois que troquei todos os capacitores por novos. Eu quero fazer o mod do vídeo componente, mas as TVs LGs não aceitam sinal de baixa resolução na entrada vídeo componente. =/
Tô vendo pra compra uma de tubo da Sony, Panasonic, Sharp, Toshiba ou Samsung. Mas elas são iguais mosca branca.
doorspaulo
Eu tenho uma Pana plasma na sala, que é HD apenas, e fica muito boa a qualidade de imagens SD nela.

Recomendo MUITO uma dessas.
Alberto Prado
Realmente o valor não é muito bom. Mas mesmo com a gambi do componente a imagem não fica boa em TVs LCD modernas. O grande atrativo é o seu upscaler. Já que um Framemeister tá mais de mil reais...
Oq eu queria é uma TV LCD que a Sony lançou no Japão (só lá né...) que é de baixa resolução e tem entrada componente. Deve fica muito bonito o jogo.
Lucas Guerra
Só a Fpga, plataforma que foi usada para simular o hardware do Super Nitendo custa mais de 100 dólares, o lucro deles nem é essas coisas.
doorspaulo
Por esse valor, compensa comprar um SNES e fazer a gambi do vídeo componente.
Eduardo Martins
Blz
Catena's Beauty Atelier
Se custasse U$ 30 eu pegaria...
John Smith
Ô se compensa. Três vezes o preço do Classic, se for incluir na conta 2 controles bluetooth. Não, obrigado...
John Smith
Tudo bem que o SNES Classic não tem entrada pra cartucho, mas por 190 dólares SEM nenhum controle? Nesse preço dá pra comprar o Classic com seus 2 controles por fio e mais 2 controles Bluetooth idênticos aos originais com receptores, sobrando dinheiro ainda pra comprar uns bonequinhos do Mario e Luigi...
John Smith
Penso que a permitir a compatibilidade com cartucho, por parte da Nintendo, traria um acréscimo no custo que seria pouco justificado pra maioria das pessoas (afinal, muitos não tem mais cartuchos/console original; quem possui já provavelmente teria um SNES original), subindo além dos 80 dólares pedidos pelo SNES classic.
Mas deveriam ter incluído nele uma loja integrada com o Virtual Console pra permitir baixar legalmente novos jogos...
Também penso que seria uma boa ter mantido a conexão RCA para TVs mais antigas, para quem quisesse uma dose extra de nostalgia. Mas talvez cairíamos aqui no mesmo problema do cartucho, acima...
zoiuduu .
pq hoje nao vale mais a pena?
Rafael Rocha
Os olhos se enchem de lágrimas, as mãos tremem. Jogar videogame naqueles tempos valia muito a pena...
Caleb Enyawbruce
Se não fosse o preço completamente desproporcional, seria perfeito. O que eu mais queria era isso: uma nova versão do SNES com entrada pra cartuchos e atualizado com a tecnologia HDMI.
X-Tudãoᴳᴼᵀ
Esse sim é bom.
Tom
Esse sim é bom.
Trovalds
US$ 190 só o console? Obrigado, não.
Eduardo Martins
ESSE aí compensa comprar
qwertt
Caralho que foda