Carros e ônibus elétricos estão ocupando as ruas aos poucos, mas não pense que os caminhões foram esquecidos: a Daimler AG aproveitou a edição 2017 da Tokyo Motor Show para apresentar o E-Fuso Vision One, caminhão totalmente elétrico que transporta 11 toneladas e percorre distâncias de até 350 quilômetros com uma única carga completa de bateria.

E-Fuso Vision One

O modelo está sob responsabilidade da divisão Mitsubishi Fuso Truck and Bus e pesa 23,36 toneladas. De acordo com a Daimler, as 11 toneladas de capacidade de carga estão apenas 1,8 tonelada abaixo da capacidade de um caminhão equivalente, mas com motor a diesel.

Para tanto, o E-Fuso Vision One foi equipado com uma bateria de 300 kWh — para efeitos de comparação, os carros da linha Tesla Model S têm baterias com até 100 kWh de capacidade. Como dá para perceber, é um caminhão adequado para médias distâncias. Trechos longos exigirão que o veículo seja recarregado durante o trajeto.

Não há previsão de lançamento do E-Fuso Vision One, afinal, o veículo é um conceito e precisa de uma infraestrutura adequada para rodar. Mas, com relação ao último ponto, a Daimler indica que o Japão e alguns países da Europa estarão aptos para suportar esse tipo de operação em poucos anos.

De todo modo, a Daimler já tem um caminhão elétrico disponível comercialmente: o eCanter, que aparece ao lado do E-Fuso Vision One nas imagens de divulgação. O veículo tem visual mais convencional, digamos assim, possui autonomia de até 120 quilômetros e pode transportar cerca de três toneladas de carga.

E-Fuso Vision One e eCanter

E-Fuso Vision One e eCanter

Pela autonomia e capacidade de carga, fica claro que o eCanter é destinado a rotas urbanas ou trajetos entre cidades próximas. As primeiras unidades do modelo já foram entregues para clientes norte-americanos, japoneses e europeus, incluindo a Yamato Transport (maior empresa de logística do Japão) e a UPS.

Esse é um segmento que deve ganhar bastante fôlego nos próximos meses. Só para dar alguns exemplos recentes, a Cummins revelou um conceito de caminhão elétrico em agosto. Já a Tesla deve apresentar o seu primeiro veículo do tipo na metade de novembro — o caminhão deveria ter sido anunciado neste mês, mas a companhia decidiu atrasar o evento em algumas semanas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Pacheco
Não necessariamente. A Volkswagen Caminhões do Brasil, por exemplo, apresentou na Fenatran 2017 (de 16 a 20 de Outubro) o e-Delivery, um caminhão 100% elétrico desenvolvido no Brasil. As mudanças já estão ocorrendo, o problema é que a mídia mantém o foco apenas nas tecnologias estrangeiras e dissemina esta ideia errônea de que o Brasil não tem capacitação para concorrer com o resto do mundo.
Manuel Souza
Petróleo não é só para movimentar carros não. Provavelmente o aparelho que vc utilizou para bostejar nos comentários tem grande quantidade de derivados do petróleo.
Programador Front-End
Acho que só será assim se for obrigatório as fabricantes produzirem.
Anayran Pinheiro
Cara, dependendo do país de 10 a 15 anos, porque o custo do diesel é muito maior que o da energia elétrica. Um caminhão elétrico se paga em menos tempo até porque lá na Europa as empresas que emitem menos poluentes dependendo do país tem um bonus de desconto de impostos e pans. Carros elétricos são o futuro, e isso é muito bom para todos.
Wellington Gabriel de Borba
Mas no Brasil a gente acredita em Pré Sal.
zoiuduu .
eu acredito em vc, me pergunto quanto tempo leva pro caminhão começar a dar lucro considerando outro normal.
Anayran Pinheiro
Esses caminhões irão revolucionar a indústria da logística! Quem apostar nestes veículos terá uma vantagem econômica a longo prazo ridiculamente alta!